Assim como o Whey Protein, a creatina é um dos suplementos mais populares na rotina dos atletas e praticantes de musculação. Além da variedade de marcas nacionais e importadas, o suplemento também apresenta um ótimo custo-benefício. Sua atuação se dá, principalmente, com relação à performance, de forma a fornecer energia durante os treinos. O suplemento é recomendado para o aumento da força, potência e massa muscular. Mas, qual é a melhor creatina?

Se você pratica atividades físicas que exigem força, a creatina é um suplemento que vale a pena tomar para melhorar o desempenho no exercício. Ao escolher a creatina ideal para você, é importante levar em consideração fatores como o formato do produto e o seu próprio objetivo. Com a colaboração da nutricionista Bruna Ribeiro (@nutri.bbargiel), nós tiramos algumas dúvidas acerca do suplemento e, também, selecionamos as melhores creatinas para comprar em 2021.

Mas, lembre-se: é imprescindível consultar um profissional da saúde antes de adquirir qualquer suplemento.

Nesse artigo, você conseguirá entender um pouco mais sobre o que é, para que serve e quais os benefícios da creatina. Descubra aqui!

Entenda o que é, para que serve, quais os benefícios e qual a melhore creatina para você! (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O que é creatina?

A creatina é um composto produzido pelo fígado (principalmente), rins e pâncreas. Ela é formada pela junção de três aminoácidos (glicina, arginina e metionina). A substância também está presente em carnes, peixes, frango, ovo, frutos do mar, leite e derivados.

Em geral, o fígado sintetiza aproximadamente 1g de creatina por dia, sendo que 1g é fornecido por meio de uma dieta variada e balanceada. O fato de a maior parte da creatina ficar concentrada nos músculos é o que torna este o suplemento ideal para otimizar o desempenho físico.

Já sabe como tomar creatina? Nós explicamos a melhor forma de consumir o suplemento neste artigo aqui!

Para que serve a creatina?

A creatina serve para fornecer energia aos músculos (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

A creatina funciona como um combustível, fornecendo mais energia para os músculos. Ao consumi-la, o organismo a sintetiza em maior quantidade, de forma a proporcionar a melhora do desempenho durante o treino. Dessa forma, é possível aumentar não só a intensidade dos exercícios físicos, mas também a resistência, elevando, assim, a performance.

Basicamente, o que o suplemento faz é elevar a tolerância do usuário ao esforço e retardar a fadiga, o que acaba por gerar ganhos maiores. Além disso, a creatina leva a um aumento do volume muscular por ser armazenada nos músculos juntamente com a água. O resultado se reflete em um ganho de massa muscular, gasto calórico e definição, tanto para os iniciantes na academia quanto para os veteranos.

No entanto, Bruna explica que existe um limite máximo de aumento de creatina nos músculos. "Indivíduos que naturalmente estão próximos desse limite máximo não terão tantas mudanças significativas", destaca. A nutricionista ressalta: "Por isso, como toda suplementação, a creatina deve ser indicada por profissional de acordo com a individualidade e necessidade de cada indivíduo".

Está em dúvida se é melhor tomar a creatina antes ou depois do treino? Confira a nossa explicação!

Quais são os benefícios da creatina?

Existem diversos benefícios associados à suplementação alimentar com creatina. Entre os mais evidentes, podemos destacar:

  • Melhora a performance nos treinos;
  • Acelera a recuperação muscular;
  • Fornece energia para as células;
  • Colabora para o ganho de massa muscular;
  • Combate a fadiga;
  • Aumenta as fibras musculares;
  • Melhora a capacidade cognitiva e as funções cerebrais;
  • Atenua os efeitos do envelhecimento.

É importante lembrar que todos esses benefícios são potencializados com a união de hábitos saudáveis na rotina. Isso inclui, por exemplo, uma alimentação equilibrada e a realização de atividades físicas.

Como escolher a creatina ideal?

A creatina traz benefícios para melhorar a performance (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Para começar, é fundamental que a creatina seja de uma marca aprovada pela ANVISA. Na hora da compra, além da marca ser de qualidade e relevância no mercado, vale prestar atenção na quantidade de creatina por porção. Bruna é quem dá a dica:

"O produto pronto para consumo deve conter de 1,5 a 3g de creatina na porção. Deve ser a creatina mais pura, sem adição de conservantes, tendo uma lista de ingredientes limpa".

Qual a melhor creatina?

A melhor creatina é aquela que se encaixa com os seus gostos e objetivos pessoais. E como escolher a melhor creatina? Antes de qualquer decisão, lembre-se que a creatina existe em dois formatos: em pó ou em cápsulas. A creatina em pó apresenta o melhor custo-benefício, já que pode durar mais do que a creatina em cápsulas. No entanto, a creatina em cápsulas é mais prática que a creatina em pó.

Também existem vários tipos de creatina que transitam o mercado. Dentre elas, podemos citar o tipo mais comercializado: a creatina monohidratada. Por ter uma qualidade superior, ela costuma ser um pouco mais cara. Isso porque a creatina monohidratada possui ótima absorção pelo organismo, além de amenizar efeitos colaterais que possam vir a surgir.

No fim, não se esqueça de sempre conversar com o seu nutricionista antes de iniciar o uso de qualquer suplementação alimentar!

1. Creatina Max Titanium Creatine

A creatina Max Titanium Creatine possui um ótimo valor, tanto para quem não quer arriscar em um investimento alto pela primeira vez, quanto para quem já consome creatina, mas não quer gastar muito. Vale destacar que esse suplemento é uma creatina monohidratada que pode ser consumida em cápsulas com 120 unidades ou em pó, em embalagens a partir de 100g.

  • Forma de consumo: em cápsula ou em pó
  • Dose diária indicada: 4 cápsulas ou 3g diluídos em água
  • Vantagens: tem boa solubilidade, não contém glúten e não contém lactose
  • Desvantagens: embora a embalagem diga não contenha lactose, existe o alerta de que esse suplemento pode conter derivados de leite, ovo e soja

2. Creatina Probiótica Pura

A creatina Probiótica Pura é uma creatina monohidratada micronizada. Na prática, Na prática, ela ajuda nas explosões de força. Esse suplemento é indicado para quem pratica treinos de curta duração e alta intensidade. Ela atua na melhora da performance e no ganho de massa muscular.

  • Forma de consumo: em cápsula ou em pó
  • Dose diária indicada: 4 cápsulas ou 3g diluídos em água
  • Vantagens: suas partículas são menores do que as apenas monohidratadas, o que facilita a absorção pelo organismo
  • Desvantagens: pode conter derivados de leite, de ovo e de soja - portanto, alérgicos precisam ficar de olho

3. Creatina Universal Nutrition Creatine Powder

A creatina Universal Nutrition Creatine Powder possui a certificação internacional Creapure, que garante a qualidade e a pureza da matéria-prima do produto. Por isso, e pelo custo acessível, ela é uma das creatinas mais populares no mercado.

Esse suplemento é indicado para quem deseja aumento de força muscular e desempenho em atividades de alta intensidade. Ele está disponível em embalagens de 200g.

  • Forma de consumo: em pó
  • Dose diária indicada: 3g diluídos em água
  • Vantagens: preço acessível e alta qualidade
  • Desvantagens: alguns consumidores relatam que essa creatina é um pouco mais difícil de dissolver

4. Creatina Darkness Creapure

A creatina Darkness Creapure é do tipo monohidratada 100% pura e também possui o selo internacional Creapure, indicando pureza e qualidade do produto. Ela é ideal para quem quer ter mais força, energia, aumentar o desempenho e ganhar massa muscular. O suplemento está disponível em embalagens de 200g..

  • Forma de consumo: em pó
  • Dose diária indicada: 3g diluídos em água
  • Vantagens: tem efeito crônico, e não agudo, podendo ser consumida em qualquer momento do dia
  • Desvantagens: disponível em apenas um tipo e peso de embalagem

5. Creatina Dux Creapure

A creatina Dux Creapure possui certificação internacional Creapure e é do tipo monoidratada, sem a adição de qualquer outro ingrediente. Ela é indicada para treinos de força ou com cargas, esportes de alto rendimento e de explosão. Esse suplemento está disponível em embalagens de 300g.

  • Forma de consumo: em pó
  • Dose diária indicada: 3g diluídos em água
  • Vantagens: é um produto vegano feito com creatina monohidratada alemã
  • Desvantagens: preço elevado

6. Creatina Integralmédica Hardcore

A creatina Integralmédica Hardcore tem composição pura e não possui adição de outros componentes, o que facilita bastante a absorção. Essa é uma ótima opção para quem não pode comprar produtos importados. Ela está disponível em versões de 150g e 300g.

  • Forma de consumo: em pó
  • Dose diária indicada: 3g diluídos em água
  • Vantagens: ao ser diluído, ele não altera o sabor da bebida escolhida pra acompanhar
  • Desvantagens: não há

7. Creatina Vitafor Creafort

A creatina Vitafor Creafort é um suplemento com ótimo-custo-benefício, que conta com o selo Creapure. Assim, dá para ter a garantia de uma creatina monohidratada pura e de boa qualidade. Ela promete auxiliar no aumento de força durante os exercícios de curta duração e alta intensidade.

  • Forma de consumo: em pó
  • Dose diária indicada: 3g diluídos em água
  • Vantagens: é uma creatina monohidratada de origem alemã
  • Desvantagens: não há

8. Creatina Black Skull Caveira Preta

A creatina Black Skull Caveira Preta é outra creatina monohidratada, com indicação de 2,5g diários, indo contra às 3g do restante da concorrência. Ela fornece mais energia durante o treino, além de ajudar no aumento do desempenho físico durante exercícios repetidos de curta duração e alta intensidade, e contribuir na hipertrofia muscular.

  • Forma de consumo: em pó
  • Dose diária indicada: 2,5g diluídos em água
  • Vantagens: 100% de creatina monohidratada
  • Desvantagens: não há

9. Creatina Atlhetica Nutrition 100% Pure

A creatina Atlhetica Nutrition 100% Pure também possui o selo Creapure, garantindo um suplemento 100% puro. Ela auxilia no aumento muscular e ajuda a manter a massa magra. Apesar de mais cara, essa creatina apresenta altíssima qualidade.

  • Forma de consumo: em cápsulas ou em pó
  • Dose diária indicada: 4 cápsulas ou 3g diluídos em água
  • Vantagens: é um suplemento puro que combina 3 aminoácidos - Glicina, Arginina e Metionina
  • Desvantagens: preço mais elevado

10. Creatina Growth Monohidratada

A creatina Growth Monohidratada tem o selo Creapure de fabricação, oferecendo uma creatina pura. Ela auxilia na melhora do desempenho nos treinos e no ganho de massa muscular. Esse suplemento está disponível em embalagens de 250g.

  • Forma de consumo: em pó
  • Dose diária indicada: 3g diluídos em água
  • Vantagens: a creatina monohidratada tem a maior porcentagem de aproveitamento e absorção pelo tecido muscular
  • Desvantagens: preço mais elevado

Veja mais sobre o universo dos suplementos: