Nesta quinta-feira (14), a Samsung anunciou sua nova linha de celulares S. Trata-se do Galaxy S21, Galaxy S21 Plus e Galaxy S21 Ultra, que são os melhores modelos da linha até então. O Buscapé já noticiou o lançamento do Galaxy S21 e S21 Plus, e você pode conferir mais detalhes sobre os aparelhos aqui. Além disso, a sul-coreana mostrou os novos fones Galaxy Buds Pro. Saiba tudo aqui!

O Galaxy S21 Ultra é o melhor aparelho da linha S21 e, além de muito potente, tem um conjunto de câmeras “épico”, conforme ressaltou a Samsung em apresentação online no Galaxy Unpacked. Ele custará a partir de R$ 8.300 em países europeus e, como já havia sido noticiado, chegará sem carregador na caixa.

Veja abaixo as características completas do Galaxy S21 Ultra.

Galaxy S21 Ultra

Construção

Design do Galaxy S21 Ultra. (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 Ultra possui chassi de vidro com proteção Gorilla Glass Victus, além de laterais feitas em alumínio. A traseira tem pintura totalmente lisa com um módulo “metálico” para alocar as quatro câmeras. Na parte frontal, o aproveitamento de bordas é excelente, sendo que o celular usa apenas um pequeno furo para a câmera de selfies.

É válido destacar que, assim como em modelos anteriores, o Galaxy S21 Ultra tem certificação IP67, que garante proteção contra água, suor e poeira.

Tela e suporte a S Pen

O Galaxy S21 Ultra é compatível com a S Pen. (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 Ultra tem a maior tela dentre os modelos da linha, com 6,8 polegadas. Ele também é o único a ter resolução 2K e suporte a S Pen, o que foi possível graças a uma mudança no display. Com isso os usuários podem usar a caneta para fazer anotações, desenhos, ativar apps, entre outras funções. O acessório não acompanha o celular, mas a notícia positiva é que os usuários podem usar qualquer versão de canetas já lançadas para a linha Note.

A tela do Galaxy S21 Ultra usa a tecnologia Dynamic AMOLED, e além da já citada resolução 2K, também tem proteção contra arranhões e o  recurso "Eye Confort Shield", que ajusta o filtro de luz azul para oferecer uma imagem mais confortável ao usuário. O sensor biométrico continua integrado ao painel e está quase duas vezes mais rápido e seguro que a versão anterior. A empresa afirma que o S21 Ultra é o celular com o display mais brilhante do mundo, com taxa de brilho de 1.500 nits.

A cereja do bolo é a taxa de atualização de 120 Hz, que possui recurso adaptativo. Com ela a “troca de imagens” fica mais rápida, deixando as animações mais naturais e fluidas. O fato de essa função ser adaptativa faz com que o próprio celular escolha quais são os melhores valores de taxa de atualização dependendo do que o usuário estiver assistindo.

Processador e armazenamento

O Galaxy S21 Ultra tem suporte às redes 5G. (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 Ultra usa o processador Exynos 2100, recentemente anunciado pela empresa. Ele é um chip octa-core com potência o suficiente para disputar com os melhores do mercado. Feito em litografia de 5 nanômetros, ele é mais rápido e mais econômico que as versões anteriores. De acordo com a Samsung, o ganho em performance é de até 20%.

A Samsung costuma lançar seus celulares em duas versões, uma com processador Snapdragon e a outra com Exynos. No entanto, na apresentação a empresa não entrou em detalhes sobre o processador da Qualcomm. É possível que, devido às grandes melhorias que o Exynos 2100 apresentou em relação ao Exynos 880, a fabricante opte por trabalhar apenas com o chip de fabricação própria na linha S21 em alguns países.

No entanto, pode ser que, em outros, a empresa utilize o Snapdragon 888. Em dezembro de 2020, por exemplo, o Galaxy S21 foi homologado nos EUA com o processador da Qualcomm.

O celular terá incríveis 12 GB de memória RAM, mas caso o usuário queira a versão mais “parruda”, serão até 16 GB de RAM. O S21 Ultra será vendido em versões com 128 GB, 256 GB e 512 GB de armazenamento interno. Ele terá suporte às redes 5G e já chegará com Android 11 instalado de fábrica, além da One UI 3, interface personalizada da Samsung.

Câmeras

Câmeras do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 Ultra tem o melhor conjunto de câmeras da linha. O sensor principal tem 108 MP e estabilização óptica; a secundária tem 12 MP e lente ultra-wide; a terceira e quarta possuem 10 MP e lente teleobjetivas, sendo que uma tem abertura f/2.2 e a outra f/2.4, além de oferecerem zoom óptico de 3 vezes e 10 vezes, respectivamente. O celular ainda oferece um sensor de foco a laser e câmera frontal de incríveis 40 MP.

Já é esperado que o aparelho consiga fotos incríveis, mas a novidade é que agora a Samsung deixou de usar a tecnologia quad-pixel para usar a Nona Binning, então ao invés de transformar 4 pixels em 1, ela irá transformar 9 pixels em 1, melhorando ainda mais a qualidade do seu modo noturno.

O Galaxy S21 Ultra filma com todas as câmeras simultaneamente. (Foto: Divulgação/Samsung)

O celular faz gravações em 8K, mas o grande destaque para vídeos é o modo Director’s View. Com ele o usuário pode alternar entre as câmeras durante a gravação, e o grande “pulo do gato” será as miniaturas das outras câmeras, que serão exibidas em tempo real. Dessa forma, é possível ter a “visão de diretor” e escolher qual a melhor câmera para cada momento, já que você terá a visão das três lentes.

As filmagens ainda contam com super estabilização e o recurso de Bluetooth Mix, que permite gravar com mais de um microfone ao mesmo tempo, usando a conexão bluetooth para se conectar a um microfone externo sem fio. Modos como o Space Zoom e Single Take, que já estavam presentes na linha S20, foram aprimorados para melhores resultados no S21 Ultra. A empresa também destaca o modo HDR 12, que dá até 60 vezes mais cores às filmagens feitas com o celular.

Bateria

O Galaxy S21 Ultra tem carregamento reverso. (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 Ultra tem 5.000 mAh de bateria, com suporte ao carregamento turbo de 25W, carregamento reverso e carregamento sem fio de 15W. A Samsung afirma que o celular consegue entregar no mínimo um dia de autonomia mesmo com o 5G ligado constantemente. A boa autonomia se dá também pela boa eficiência do Exynos 2100, que está mais econômico que as versões anteriores do chip.

Conforme já citado, o S21 Ultra chegará sem carregador na caixa, adotando a mesma estratégia da Apple, empresa que a Samsung chegou a tirar sarro na época em que lançou o iPhone 12 sem carregador.

Outras características

Galaxy S21 Ultra. (Foto: Divulgação/Samsung)

A Samsung também anunciou que eles serão mais compatíveis com carros inteligentes, podendo servir de chave digital para esses veículos. Isso será possível graças ao sensor UWB, que também dará outras possibilidades, por exemplo, buscar objetos perdidos como o Galaxy Buds e Galaxy Watch.

Para uma conexão rápida, o Galaxy S21 e S21 Plus estão equipados com o módulo Wi-Fi 6e, que é indicado para altas taxas de download. Apesar da tecnologia precisar de roteadores compatíveis, o celular pode chegar a velocidades de download que baixaram um jogo como o Fornite, por exemplo, em menos de 10 segundos.

Para aproveitar essa “super velocidade”, ambos possuem suporte ao Xbox Game Pass e tecnologia de jogos na nuvem, assim como os Galaxy Note 20 possuem. Dessa forma, os usuários podem jogar seus games preferidos dos consoles diretamente no celular.

Preços e lançamento no Brasil do Galaxy Ultra

Até o momento a empresa ainda não comentou sobre datas de lançamento dos celulares no Brasil. Lá fora, o Galaxy S21 Ultra será vendido por 1.279 euros, cerca de R$ 8.300 em conversão direta e sem a adição de impostos.

Leia mais sobre