Você prepara um belo assado e, na hora de colocá-lo no forno, vem aquela dúvida cruel: como saber se o gás está acabando? Essa é uma preocupação comum para quem usa gás de botijão, também conhecido como GLP. Sua duração depende de fatores como a quantidade de pessoas que moram na casa e qual a frequência de uso do fogão, principalmente do forno. Só mesmo depois de uma rotina prolongada é que fica mais fácil prever a duração do botijão.

Vamos ajudar você a não passar pelo perrengue de ficar com a comida assada ou cozida pela metade. Reunimos aqui dicas simples de como saber se o gás está acabando e se já é hora de trocar o botijão.

Leia mais: Saiba o que é GLP e gás encanado e conheça ainda fogões que funcionam sem gás

Separamos quatro dicas de como saber se o gás do botijão está acabando (Foto: Shutterstock)

O peso do botijão é um bom indicativo

O primeiro sinal de como saber se o gás está acabando é o peso do botijão. Geralmente, pode-se perceber que o gás está no fim quando o recipiente fica bem mais leve. Isso porque quando o botijão está perto de esvaziar, o gás muda de estado líquido para o gasoso por causa da compressão.

Isso não revela exatamente quanto tempo o gás restante vai durar. Mas dá uma ideia aproximada de quantos dias será possível cozinhar com segurança e se planejar para a próxima troca. Importante: não caia na tentação de deitar o botijão na posição horizontal para aproveitar um possível resquício de gás. Isso é mito! Sem falar no perigo que pode trazer provocando vazamentos ou danificando o regulador de pressão.

Observe as chamas do fogão

Também tem como saber se o gás está acabando observando a cor das chamas do fogão. Em situação normal, as chamas são azuis, mas, quando o gás está no final, as pontas ganham um tom de avermelhado a amarelado, além de ficar trepidantes. Quando acontece isso, é sinal de que, em breve, o fogo vai falhar completamente. O motivo é que a combustão não está sendo suficiente, porque a quantidade de oxigênio está maior do que a de GLP na queima.

Essa alteração nas chamas traz outra consequência desagradável além do gasto com outro botijão: o fundo das panelas fica preto. O responsável é um gás interno chamado pentano que também acaba sendo expelido pelo queima e mancha as panelas.

Conheça as principais diferenças entre cooktop elétrico, a gás e por indução.

Anote a data da última troca

Marcar a data da instalação do botijão e também o dia em que ele foi substituído é mais uma dica de como saber se o gás está acabando. Obviamente é outra forma aproximada de cálculo, afinal, o consumo varia de mês a mês. Mas, sendo feita junto com os outros métodos, você começa a entender mais facilmente a duração média do botijão de acordo com seu uso diário.

Tenha um manômetro em casa

Você pode ainda lançar mão de um equipamento para tentar encontrar a melhor forma de como saber se o gás está acabando. É o regulador com manômetro, que mede a pressão interna de um recipiente ou rede, estimando a quantidade disponível de gás dentro dos botijões. Quando o gás está no final, a pressão vai caindo até ficar zerada.

Sem dúvida, é um recurso que pode auxiliar no controle do consumo e programação para a troca do botijão. Além disso, indica ao consumidor que o botijão está cheio na hora da compra. Mas é bom reforçar que ele não mede a quantidade de gás do mesmo. Veja alguns tipos de regulador com manômetro para comprar:

Se você está à procura de um fogão novo, veja esses artigos que reúnem os melhores modelos de diferentes marcas:

Leia mais sobreFogão