O processador Intel é um dos mais conhecidos e vendidos do mercado, tem confiabilidade alta e performance adequada para qualquer perfil de usuário. As “famílias” i3, i5, i7 e i9 têm características distintas, mas sempre com muita qualidade.

Se você vai montar um PC, certamente vai encontrar o chip perfeito nessa lista. Aliás, caso você não conheça bem essa peça, ela é uma das mais importantes de qualquer computador, uma espécie de “cérebro” capaz de executar todos os cálculos matemáticos gerados por todo o sistema.

O desempenho da máquina está diretamente ligado ao processador Intel que você vai escolher, por isso, uma boa dica é dar também uma olhada no nosso artigo que explica o que é o processador e qual é a sua importância.

Os processadores Intel

Intel e AMD estão guerreando desde os anos 1980 pelo melhor chip do mercado. A cada nova tecnologia de uma das empresas, a outra contra-ataca. Foi assim que, em 2010, surgiu a primeira geração dos chips Intel Core i3, i5 e i7.

A cada ano, surge uma nova geração desses processadores e cada uma, é claro, tem avanços tecnológicos em relação à anterior. Mais velocidade, melhor aproveitamento de energia e soluções para que o calor gerado pelo processamento seja menor são constantes nessa evolução.

Todos os anos uma nova geração do Processador Intel é lançada no mercado (Foto: Shutterstock)

Em 2018, uma grande novidade. A Intel lançou a série i9, de olho no crescimento da demanda por processadores de performance ainda mais alta, voltada principalmente para o público gamer e para quem usa programas gráficos e de edição de vídeo.

Agora que já demos um pitaco na história das linhas i3, i5, i7 e i9, vamos aos detalhes de cada uma delas – essa é uma boa oportunidade para você comparar processadores Intel, inclusive! Está preparado? Então siga a leitura, conheça os recursos e escolha o melhor processador Intel para comprar em 2022!

Processador Intel Core i3: melhores modelos básicos

O menor custo é encontrado entre os processadores da Intel está na “família” i3. Essa é uma opção para quem faz uso básico do computador. Vai muito bem em computadores para estudos, trabalho com programas do pacote Office e navegação na internet.

Fique atento se o processador Intel Core i3 que você escolheu tem placa de vídeo integrada, no entanto. Caso contrário, será necessário investir em uma GPU dedicada.

Intel Core i3-10100F

Mesmo modelos de entrada dos processadores Intel, como o Intel Core i3-10100F (10ª geração), têm bastante tecnologia e vão muito bem para o uso mais básico.

Esse modelo tem quatro núcleos, oito threads, cache de 6MB, frequência de 3,60GHz e tecnologia Intel Turbo Boost, que leva a frequência a 4,30GHz quando mais velocidade for necessária.

No entanto, é bom reforçar que o chip não possui uma placa gráfica integrada. Se for para comparar processadores Intel, em relação à versão Coffee Lake Core i3-9100F, esse modelo ganha mais pontos no quesito velocidade boost, já que pode ter 100MHz a mais, além de suporte para memória DDR4 mais rápida.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,6GHz de frequência
  • 4,3GHz de frequência máxima
  • 4 núcleos
  • 8 threads
  • 6MB de memória cache
  • Placa gráfica integrada: não

Intel Core I3-10105F

Outra opção de processador Intel Core i3 (10ª geração) que integra a lista de modelos de entrada, mas que garante bom desempenho para atividades básicas.

Esse modelo apresenta 4 núcleos, 8 threads, 6MB de cache e ainda frequência turbo em 4,40 GHz. Todas essas características permitem atestar tecnologias atuais e que darão conta do recado para desenvolver com boa qualidade os recursos do seu dispositivo.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,7GHz de frequência
  • 4,4GHz de frequência máxima
  • 4 núcleos
  • 8 threads
  • 6MB de memória cache
  • Placa gráfica integrada: não

Intel Core i3-8100

Se você quiser economizar um pouco, dá para escolher uma geração um pouco mais antiga. Claro, gerações mais novas têm recursos mais modernos, mas isso não significa que o processador Intel mais antigo vai ser necessariamente ruim. É só ficar ligado nos recursos.

O processador Intel Core i3-8100, por exemplo, é um chip de oitava geração e, mesmo assim, tem quatro núcleos e quatro threads, memória cache de 6MB. A frequência é de 3,6GHz de frequência, mas esse modelo não conta com a tecnologia Turbo Boost para maiores velocidades.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,6GHz de frequência
  • 4 núcleos
  • 4 threads
  • 6MB de memória cache
  • Gráficos UHD Intel 630

Processador Intel Core i5: os intermediários da marca

A série i5 é para quem quer um pouco mais de poder de processamento. Essa “família” conta com o recurso Turbo Boost para atingir maiores velocidade e com modelos que têm de 6 a 12 threads (que otimiza o potencial de trabalhar com múltiplas tarefas). Chips ideais para o trabalho básico, mas com mais velocidade.

Intel Core i5-11500

O Processador Intel Core i5-11500 conta com frequências que vão de 2,70GHz a 4,6GHz (Divulgação/ Intel)

Um processador Intel Core i5 representa uma injeção a mais de tecnologia, apesar de se tratar ainda de um chip que vai do básico para o intermediário, com preços mais “acessíveis” e desempenho acima da média.

Um bom exemplo é o Intel Core i5-11500, um modelo de 11ª geração, seis núcleos e 12 threads, frequências de 2,70GHz a 4,6GHz e cache de 12MB. Compare as especificações com as de um processador Intel Core i3 e repare que a diferença é grande.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 2,7GHz de frequência
  • 4,6 GHz de frequência máxima
  • 6 núcleos
  • 12 threads
  • 12MB de memória cache
  • Intel UHD Graphics 750

Intel i5-11400F

Mais um processador Intel Core i5 de 11ª geração, o i5-11400F tem especificações bem parecidas com o modelo anterior, mas perde (por pouco) na comparação entre as frequências. Outro ponto importante: esse processador i5 não tem placa de vídeo integrada, por isso você terá que investir em uma GPU se optar por esse chip.

Note que um processador da mesma “família”, como é o caso da i5, e de mesma geração sempre tem especificações bem próximas. Vale a pena ficar de olho em cada detalhe e no preço para escolher o modelo que realmente atenda suas necessidades.

E, já que estamos falando sobre essa geração de processadores, que tal conhecer mais sobre os diferenciais da 11ª geração da Intel?

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 2,6GHz de frequência
  • 4,4GHz de frequência máxima
  • 6 núcleos
  • 12 threads
  • 12MB de memória cache
  • Placa gráfica integrada: não

Intel Core i5-10400

O processador Intel Core i5-10400 é um pouco mais caro do que o modelo anterior, mas tem a vantagem de contar com uma placa de vídeo integrada, então você não vai precisar gastar mais dinheiro para comprar uma GPU dedicada.

Ademais, as especificações são bem parecidas com as dos outros chips da série i5: 2,9GHz a 4,3GHz de frequência, seis núcleos, 12 threads e 12MB de cache. Pode ser considerado o melhor processador Intel no quesito custo-benefício!

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 2,9GHz de frequência
  • 4,3GHz de frequência máxima
  • 6 núcleos
  • 12 threads
  • 12MB de memória cache
  • Placa gráfica integrada: não

Intel Core i5-9600KF

Se você chegou até aqui, ao comparar processadores Intel entre todas as famílias poderá perceber alguns pontos importantes! Um deles é que, mesmo que a geração mais moderna seja a 11ª, é possível encontrar boas opções para comprar na nona geração. Um exemplo é o Intel Core i5-9900KF. Fique atento: esse é mais um processador que não conta com placa gráfica integrada.

O chip é bem rápido, com clock de 3,7GHz a 4,6GHz de frequência. No entanto, ele tem um pouco menos de memória cache, 9MB, e também não conta com placa gráfica integrada.

Não se engane: apesar de ter uma óbvia desvantagem em relação a gerações mais modernas, esse ainda é um processador com características mais do que suficientes para fazer bonito no dia a dia.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,7GHz de frequência
  • 4,6GHz de frequência máxima
  • 6 núcleos
  • 6 threads
  • 9MB de memória cache
  • Placa gráfica integrada: não

Intel Core i5 10600K

O processador Intel Core i5 10600K é um produto intermediário interessante para usuários que busquem bom desempenho. Isso se dá, principalmente pelos seus 6 núcleos com 12 threads, que permitem elevar o potencial desse processador Intel diante de aplicações profissionais. Além disso, ele demonstra bons resultados para games modernos.

Por isso, dá para dizer que ele fica no meio do caminho entre os modelos que apresentam um bom custo-benefício. Outro ponto que merece destaque são suas taxas de frequência, que até mesmo se aproximam de modelos mais robustos como no caso do i7 e também o i9.

O que impacta na redução de custo aqui é a sua configuração mais básica com 6 núcleos. Como resultado, ele é uma opção para quem quer elevar sua experiência na hora de jogar, mas não quer gastar um valor muito elevado.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 4,10GHz de frequência
  • 4,80GHz de frequência máxima
  • 6 núcleos
  • 12 threads (sem cooler)
  • 12MB de memória cache
  • Intel UHD Graphics 630

Processador Intel Core i7: alta performance é com ele

Na série i7, o desempenho é ainda melhor, com mais cache e velocidades altíssimas. Esse já é um modelo de processador Intel mais avançado, embora não seja o top de linha. Um processador Intel Core i7 pode ser usado até mesmo nos computadores gamer que exigem grande capacidade de processamento.

Intel Core i7-11700K

Repare nas especificações e note que a linha i7 representa um bom salto de desenho quando comparada com os processadores Intel que você já viu nessa lista.

O Intel Core i7-11700K, por exemplo, tem frequências que vão de 3,6GHz a 5,0GHz no turbo boost. O chip de 11ª geração tem oito núcleos e 16 threads e ainda 16MB de cache. Tudo isso representa poder de processamento suficiente até para um computador gamer.

Uma dica! Se você não se lembra qual é o chip do seu computador, saiba como ver o processador do PC passo a passo.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,6GHz de frequência
  • 5,0GHz de frequência máxima
  • 8 núcleos
  • 16 threads
  • 16MB de memória cache
  • Intel UHD Graphics 750

Intel Core i7-10700K

O Intel Core I7-10700K tem ainda mais velocidade, com uma frequência de 3,8GHz que chega a 5,1GHz no modo turbo. O processador Intel tem ainda oito núcleos, 16 threads e 16MB de memória cache.

No entanto, esse modelo não tem placa gráfica, o que não chega a ser um problema para gamers e quem usa programas gráficos, uma vez que esse público costuma a preferir uma placa de vídeo dedicada, essencial para rodar essas aplicações mais pesadas.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,8GHz de frequência
  • 5,1GHz de frequência máxima
  • 8 núcleos
  • 16 threads
  • 16MB de memória cache
  • Placa gráfica integrada: não

Intel Core i7-9700K

O Intel i7 9700K é um processador de alto nível, indicado para aqueles que desejam montar um “supercomputador”, seja para jogos ou softwares que exigem mais poder de processamento.

Este processador Intel é octa-core, mas como não usa a tecnologia Hyperthread, trabalha “apenas” com oito threads. Seu clock é de 3,6GHz, mas pode chegar em 4,9GHz com a tecnologia turbo da empresa. Atenção! Esse é mais um modelo sem placa de vídeo integradaSe você quiser mais detalhes, pode ver a nossa análise completa do Intel Core i7-9700K.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,6GHz de frequência
  • 4,9GHz de frequência máxima
  • 8 núcleos
  • 8 threads
  • 12MB de memória cache
  • Placa gráfica integrada: não

Processador Intel Core i9: top de linha poderoso

Para quem busca alta performance, a série ideal é a i9, os modelos mais modernos de processador Intel. Essa série conta com ainda mais núcleos e threads, velocidades altíssimas e muita memória cache. Isso tudo significa desempenho avançado, mas também um preço mais elevado.

Intel Core i9-10980XE Extreme Edition

O Intel Core i9-10980XE Extreme Edition é um bom exemplo de processador top de linha (Foto: Divulgação)

Chegamos aos processadores Intel top de linha e um bom exemplo é o Intel Core i9-10980XE Extreme Edition, um chip de 10ª geração. Ele tem incríveis 18 Núcleos e 36 threads, 24,75MB de memória cache e um clock que vai de 3,0GHz a 4,6GHz.

Importante notar que a grande maioria dos usuários não precisa de tanto poder de processamento. Por isso, o investimento só vale a pena se você pretende montar um computador para games ou programas mais pesados. Para uso mais básico, dá para economizar bastante com modelos menos potentes. Mas, sim: se a sua ideia é o máximo de desempenho, esse modelo integra a lista de melhor processador Intel sem a menor sombra de dúvidas!

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,0GHz de frequência
  • 4,6GHz de frequência máxima
  • 18 núcleos
  • 36 threads
  • 24,75MB de memória cache
  • Placa gráfica integrada: não

Intel Core i9-10900K

Quem busca um processador superpoderoso, mas não quer investir também em uma placa de vídeo, pode apostar no Intel Core i9-10900K, que conta com a placa gráfica UHD Intel 630.

As velocidades são altíssimas: 3,7GHz a 5,3GHz no overclock. O processador Intel de nona geração tem ainda 10 núcleos com 20 threads e 20MB de memória cache.

Você sabe qual é a geração do chip do seu computador? Se quiser descobrir, leia o nosso artigo que ensina como saber a geração do processador.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,7GHz de frequência
  • 5,3GHz de frequência máxima
  • 10 núcleos
  • 20 threads
  • 20MB de memória cache
  • Gráficos UHD Intel 630

Intel Core i9-10850K

Caso você prefira uma geração um pouco mais nova, o Intel Core i9-10850K (de 10ª geração) é uma ótima opção para comprar em 2022.

As especificações são bastante parecidas com as do processador Intel anterior, 10 núcleos, 20 threads, 20MB de memória cache e gráficos UHD Intel 630. No entanto, as velocidades são levemente menores (3,6GHz e 5,2Hz no turbo). A diferença é tão baixa que você provavelmente nem vai notar.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,6GHz de frequência
  • 5,2GHz de frequência máxima
  • 10 núcleos
  • 20 threads
  • 20MB de memória cache
  • Gráficos UHD Intel 630

Intel Core i9-9900

Se você quiser um processador Intel i9, mas quer economizar uns bons reais, o Intel Core i9-9900 é uma grande opção. Ele não é tão poderoso quanto os modelos anteriores, mas com certeza não faz feio.

A frequência é de 3,1GHz e chega a 5,0GHz no Turbo Boost. São oito núcleos e 16 threads, 16MB de cache e placa gráfica UHD Intel 630. Mesmo não sendo o modelo mais poderoso, esse processador Intel tem especificações suficientes para agradar qualquer usuário.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,1GHz de frequência
  • 5,0GHz de frequência máxima
  • 8 núcleos
  • 16 threads
  • 16MB de memória cache
  • Gráficos UHD Intel 630

Intel Core i9-9900K

O Intel Core i9-9900K é uma evolução do modelo anterior, com especificações muito parecidas (oito núcleos e 16 threads, 16MB de memória cache e gráficos UHD Intel 630), mas com velocidades mais altas.

O clock base é de 3,6 GHz, e a frequência chega a até 5 GHz em turbo boost. Nada mal para quem quer para reproduzir jogos com boa taxa de quadros ou usar softwares de edição de vídeo sem se preocupar com o desempenho da máquina.

Por que esse processador Intel vale a pena?

  • Litografia: 14nm
  • 3,6GHz de frequência
  • 5,0GHz de frequência máxima
  • 8 núcleos
  • 16 threads
  • 16MB de memória cache
  • Gráficos UHD Intel 630