Já pensou em comprar um iPhone usado? Então é importante que você avalie alguns fatores antes de tomar essa decisão. Para entender se essa é a melhor opção para você, preparamos um artigo com vantagens e desvantagens de adquirir um celular Apple usado. Essa pode ser uma boa alternativa para quem quer usufruir de um iPhone, mas tem o orçamento limitado.

Se for comprar um iPhone usado, é importante se atentar a alguns pontos antes de fazer a compra. A seguir, daremos dicas do que avaliar no aparelho e como saber se o iPhone é original. Além disso, vamos explicar o que significa iPhone de vitrine e mostrar as melhores alternativas em custo-benefício.

Se você quiser saber quais sobre os modelos da marca, veja a nossa seleção dos melhores iPhones de 2022. Ma se quiser conferir os últimos lançamentos da marca, veja como são os novos iPhone SE 3 e iPad Air 5.

O que levar em consideração na hora de comprar iPhone usado?

Smartphones da Apple costumam ter um preço alto, e um iPhone usado pode ser a alternativa mais em conta. Contudo, existem muitos fatores que devem ser levados em consideração antes da compra para não ser enganado.

Por isso, veja o que considerar ao pesquisar por um iPhone usado:

1. Estado de conservação

A primeira coisa que você deve observar é o estado de conservação do celular. Por ser usado, certamente ele pode apresentar algumas marcas, como arranhões, manchas ou até mesmo rachaduras. No entanto, é importante que o estado do iPhone usado esteja minimamente preservado para compensar a compra.

Fique atento a detalhes como as laterais do celular, entrada de fone de ouvido e chip. O ideal é estar com o celular em mãos e avalias todos esses quesitos.

2. Analise o preço e compare com os novos

Em um primeiro momento, a oferta do iPhone usado pode parecer tentadora. Porém, é importante verificar se o valor condiz com o produto. Muitas vezes, trata-se de uma geração muito inferior, com um preço superior ao que o aparelho oferece.

Além disso, diversos modelos têm seu custo reduzido com novos lançamentos, podendo até mesmo compensar a compra de um celular novo direto na loja. Um desses exemplos é o iPhone XR, que ainda consegue atualizar para a versão mais recente do sistema operacional, o iOS 15.

Assim, é fundamental analisar a proposta e conferir se o produto está na faixa de preço da categoria.

3. Saúde da bateria do iPhone

Celulares com a capacidade de carregamento reduzida podem trazer problemas para o novo dono. Por isso, é fundamental conferir a saúde da bateria do iPhone antes da compra. O ideal é que a bateria esteja acima de 80% da capacidade. Os iPhones de outras gerações podem apresentar diferenças nesse quesito.

Para saber a bateria do iPhone usado, basta a acessar o menu em "Ajustes" > "Geral" > "Bateria" > "Saúde da Bateria". A tela vai conseguir fornecer uma estimativa de quanto a bateria ainda está inteira.

4. O iPhone usado já sofreu algum tipo de dano?

Antes de fechar negócio, verifique se o iPhone usado já sofreu algum tipo de dano significativo, como quedas ou trincos. Isso pode afetar a qualidade do aparelho e algumas funções básicas, como sensibilidade da tela, prejudicando a sua experiência com o celular.

Outra dica importante é procurar saber se todas as peças que estão no iPhone são originais. Por exemplo: o atual dono do celular pode ter trocado a tela original, que estava trincada, por uma nova de segunda linha.

5. Verifique o código de serviço do aparelho

Poucas pessoas sabem, mas os smartphones possuem uma função chamada código de serviço do aparelho. Ele permite testar diversas funções, como:

  • Touchscreen;
  • Alto-falante;
  • Câmera;
  • Vibração;
  • Sensores.

Assim, vale a pena acessar e testar esses quesitos antes de comprar iPhone usado. O código de serviço é *#0*#, inclusive sendo o mesmo para outros sistemas operacionais, como o Android. Inclusive, se algum dia você precisar saber o IMEI do celular, basta digitar a sequência *#06#.

6. Constate que o telefone não foi roubado ou furtado

Por fim, antes de comprar iPhone usado é fundamental verificar a procedência dele. Veja se não se trata de um produto furtado, principalmente se o preço estiver muito abaixo da média. Outra dica é confirmar se o celular é original e não se trata de uma imitação mais barata. A idoneidade do vendedor é muito importante também: prefira vendedores bem avaliados, pessoas conhecidas ou mesmo sites confiáveis

Se precisar saber o número de IMEI para rastrear essa questão, use a dica que demos no último item.

Como saber se o iPhone é original?

Como saber se o iPhone é original? Veja dicas para comprar iPhone usado (Foto: Shutterstock)

Um cuidado que deve ser tomado ao comprar um iPhone usado é verificar se ele é mesmo original. Essa verificação pode ser feita de algumas formas, como conferir IMEI e número de série. Além disso, vale conferir se existe a presença da assistente virtual Siri, Botão Home (se for o caso), Touch ID. Também é válido verificar a garantia Apple, caso ainda tenha.

A Apple disponibiliza um site de consultas do iPhone para verificar a cobertura e serviço. Para fazer essa checagem, você precisará do número de série. Basta consulta no próprio iPhone em "Ajustes" > "Geral" > "Sobre".

Um meio usual, mas efetivo, é consultar a nota fiscal do produto. Além de evitar que o iPhone tenha sido fruto de furto ou roubo, ainda dá para verificar se o produto é original. Porém, cuidado com documentos que podem ser fraudalentos. Procure sempre anotar os números presentes na nota fiscal e CNPJ do estabelecimento para fazer uma pesquisa à parte.

Por último e não menos importante, vale olhar com cuidado o acabamento do iPhone usado. O material usado parece de qualidade padrão Apple? Ao abrir a câmera do aparelho, a imagem parece de boa qualidade. Esses são pequenos detalhes que também podem ajudar na hora de saber se o iPhone é original.

iPhone usado: vantagens e desvantagens da compra

Agora, comprar um iPhone usado oferece muitas vantagens e algumas desvantagens para o usuário. Confira algumas das principais:

Vantagens do iPhone usado:

  • Preço acessível: De fato, o preço acessível é o maior benefício de adquirir um produto usado. Embora os novos modelos impressionem, em muitos casos um aparelho com uso pode ter um custo-benefício melhor para o usuário.
  • Celular tem boa revenda: O iPhone não costuma desvalorizar tanto. Embora alguns preços sejam pouco acessíveis aqui no país, os iPhones usados costumam ser populares e, caso você queira revendê-lo no futuro, poderá conseguir um bom retorno.

Desvantagens do iPhone usado:

  • Possíveis defeitos na estrutura: De fato, a principal desvantagem de comprar um iPhone usado é a possibilidade de ter defeitos no aparelho. Seja por tempo de uso ou por falta de cuidado, os novos donos podem enfrentar alguns problemas com a estrutura do celular.
  • Tempo de vida do iOS datado: Em média, o tempo de vida de um iOS é de 4 anos, sem apresentar falhas ou problemas. Assim, é preciso verificar se o modelo do iPhone usado é muito antigo e se vai parar de receber atualizações em breve. Se for comprar agora, por exemplo, recomendamos que o aparelho tenha suporte, no mínimo, até o iOS 15.
  • Maior risco de problemas com peças internas: Em celulares usados, é comum surgirem problemas em peças internas como bateria, touchscreen ou câmera. Isso pode ocorrer por vários motivos, mesmo em modelos novos. Em aparelhos de revenda, as chances de encontrar algum defeito interno com certeza aumentam. Fora que, provavelmente, eles estarão com a garantia expirada.

Vale a pena comprar iPhone usado?

Se você deseja ter um aparelho iOS, mas não tem um orçamento alto, comprar um iPhone usado pode ser uma boa alternativa. No entanto, é importante analisar fatores como estado do aparelho e faixa de preço, conforme explicamos.

Em alguns casos, pode valer a pena procurar por um iPhone antigo, que tem um valor mais em conta, e possui garantia da loja e suporte de fábrica, por exemplo.

Agora que já sabe se o iPhone usado vale a pena, descubra também se o se outros tipos de celulares usados são boas compras.

Confira alguns modelos de iPhone novos mais acessíveis:

iPhone de vitrine vale a pena?

O iPhone de vitrine é uma opção para quem não quer gastar muito (Foto: Shutterstock)

O iPhone de vitrine é o modelo que é usado para testes ou como mostruário nas lojas físicas. Como este modelo fica à disposição dos clientes, ele não pode ser vendido como novo. Em muitas vezes, os descontos são bem interessantes, podendo chegar até 50% do valor de um modelo na caixa.

Este tipo de celular de vitrine vale a pena sim, principalmente para quem não faz questão de um modelo lacrado na caixa. Mas, para isso, é importante que ele esteja em boas condições e conte com os mesmo benefícios que um modelo novo. Caixa, acessórios e garantia do fabricante devem acompanhar o produto. Uma das únicas desvantagens é que você não conseguirá fazer o seu próprio unboxing.

Melhores alternativas de iPhone em custo-benefício

Com lançamentos anuais e entre os queridinhos dos celulares, é difícil determinar qual o melhor iPhone. Mas considerando o custo-benefício dos modelos, pode ser interessante para o usuário considerar um iPhone antigo, como o iPhone 8 usado, iPhone 8 Plus usado ou até mesmo o iPhone XS usado.

Além disso, aparelhos não tão antigos assim, como o iPhone XR usado ou o iPhone 11 usado, também conquistaram boas avaliações e podem ser investimentos interessantes. Por fim, o iPhone 12 usado também é uma das melhores opções em custo-benefício, com ótimo desempenho e boas qualificações.

Por falar em melhor custo benefício da Apple, veja o nosso review do iPhone 11. Confira também como foi a experiência de usar o iPhone 11 pela primeira vez, após usar o Android durante toda a vida.

Veja ofertas de modelos de iPhone usado:

Leia mais sobreCelular+