O iPhone 12 é a versão convencional da linha de celulares mais recentes da Apple. O modelo foi lançado no Brasil em novembro de 2020 junto com o iPhone 12 Mini, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max. O smartphone possui o mesmo processador das versões Pro, tem um bom conjunto de câmeras e tela de 6,1 polegadas com tecnologia OLED Retina.

Além disso, o aparelho também tem suporte às novas tecnologias da empresa, como a gravação em Dolby Vision e o MagSafe. No entanto, seu preço é alto, o que pode causar dúvidas nos usuários sobre a compra. Quer saber mais sobre o smartphone? Então, confira todos os detalhes sobre a ficha técnica do celular da Apple, incluindo o preço do iPhone 12.

iPhone 12 tem câmera dupla, tela OLED e processador poderoso: veja se o celular da Apple vale a pena (Foto: Shutterstock)

iPhone 12: preço e melhores ofertas

O iPhone 12 está disponível em três versões, com armazenamentos diferentes. Confira as melhores ofertas para cada modelo:

Design "nostálgico"

iPhone 12 tem laterais achatadas, semelhantes às do iPhone 4 (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple não costuma fazer muitas mudanças no design dos iPhones entre um lançamento e outro. No entanto, no iPhone 12, a fabricante surpreendeu os fãs mais "nostálgicos". O smartphone possui laterais retas com curvas no canto, design que apareceu pela primeira vez no iPhone 4 e fez sucesso na época.

A construção continua sendo em vidro, com proteção Gorilla Glass para que o celular não arranhe fácil, e aço inoxidável nas laterais. Na parte traseira, temos uma pintura lisa, com o logo da empresa ao centro e um módulo quadrado para as câmeras, igual ao iPhone 11. Na parte frontal, as bordas foram reduzidas e a tela ganhou mais destaque, enquanto o notch retangular foi mantido.

O iPhone 12 foi lançado inicialmente em cinco cores: preto, branco, vermelho, verde e azul. No entanto, em abril de 2021, ele ganhou uma versão na cor roxa. É válido dizer que ele não possui entrada para fones de ouvido. Por isso, o usuário precisará usar modelos sem fio ou adaptador lightning.

Em relação às medidas, ele está mais fino e leve do que o iPhone 12. Suas dimensões são de 146,7 x 71,5 x 7,4 mm, com peso de 162 gramas. Vale ressaltar que o iPhone 12 também conta com certificação IP68, que o torna resistente à água.

Tela com Super Retina XDR

O iPhone 12 possui tela com tecnologia OLED (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 tem tela de 6,1 polegadas e usa um painel OLED, com bordas mínimas. Ele ainda conta com a tecnologia Super Retina XDR, que promete entregar cores vívidas, um bom contraste e brilho alto, que pode chegar a até 1200 nits. Em relação à qualidade de imagem, o celular fica acima do Full HD, com resolução de 1170 x 2532 pixels.

Entre as tecnologias da tela, destacamos o HDR, que melhora as cores e brilho das imagens, e o True Tone, que ajusta a tonalidade da tela de acordo com a luminosidade do ambiente. Isso significa que, na prática, a experiência de usar o iPhone 12 para assistir a vídeos ou jogar deve ser muito boa.

Além disso, o smartphone possui uma camada antioleosidade e impressões digitais, para que a tela não fique marcada com facilidade. A empresa também destaca a nova proteção Ceramic Shield, que dá uma resistência contra impactos quatro vezes maior que a tecnologia adotada em modelos anteriores.  

Desempenho incrível

iPhone 12 tem processador Apple 14, o mesmo das versões Pro (Foto: Shutterstock)

O iPhone 12 vem com o processador Apple A14 Bionic, novo chip da Apple que é o primeiro a ter fabricação em 5 nanômetros e tem 11,8 bilhões de transistores. Além de ser mais rápido que a geração passada, a empresa o classifica como o mais rápido do mercado.

O novo chip faz o uso de inteligência artificial e rede neural para entregar um poder de processamento excelente. Essa rede neural está 80% mais rápida e consegue trabalhar com até 16 núcleos. Os aceleradores de aprendizado da máquina também foram melhorados e estão 70% mais rápidos, resultando em mais de 11 trilhões de operações por segundo.

A Apple não revela a quantidade de memória RAM, mas testes de benchmarking indicam que o aparelho tem 4 GB. Junto a processador, essa quantidade é suficiente para rodar todos os aplicativos com eficiência. Por isso, é possível esperar um ótimo desempenho do iPhone 12. Aliás, vale destacar que o chipset é o mesmo presente nas versões Pro.

Além da vantagem de performance, o novo processador tem boa eficiência energética e promete entregar mais autonomia de bateria. Graças a ele, o celular também consegue gravar com Dolby Vision HDR, recurso que não está presente nem mesmo em câmeras profissionais, de acordo com a Apple.

O iOS 14 já estará instalado de fábrica no iPhone 12 (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 está disponível vendido em versões com diferentes quantidades de armazenamento interno: 64 GB, 128 GB ou 256 GB. Como o smartphone não oferece espaço para cartão de memória, vale apostar nos modelos com mais espaço para não ter problemas relacionados à falta de memória.

O celular já chega com o iOS 14, versão mais recente do sistema operacional da empresa. A plataforma está mais inteligente e oferece uma experiência melhor para o usuário. O smartphone já está previsto para receber a atualização para o iOS 15 ainda em 2021. É válido ressaltar a linha iPhone 12 foi a primeira da empresa equipada com suporte a redes móveis 5G.

Câmeras com muitos recursos

iPhone 12 tem conjunto de câmera dupla de 12 MP (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 tem o mesmo conjunto de câmeras da versão Mini. São dois sensores de 12 MP, sendo o principal abertura f/1.6, dual-pixel, foco automático por detecção de fase e estabilização óptica. O secundário tem abertura f/2.4 e lente ultra-wide, para fotos com o enquadramento maior. Para quem gosta de fazer vídeos, o iPhone 12 consegue realizar gravações em 4K a 60 fps.

Em relação aos recursos de câmera, o iPhone 12 apresenta variedade de funções para melhorar as fotos. O modo noturno é um dos destaques. Agora, a câmera secundária também pode usá-lo, captando 27% mais luz e deixando as imagens nítidas e ricas em detalhes. Outro ponto positivo é que o recurso é ativado automaticamente, pois o celular consegue detectar ambientes com baixa iluminação.

Foto registrada com o modo noturno do iPhone 12, que promete manter muitos detalhes nas fotos (Foto: Divulgação/Apple)

Além disso, a tecnologia Deep Fusion analisa várias exposições para aumentar os detalhes em cenários com iluminação comprometida. Já o HDR 3 usa aprendizado de máquina e inteligência artificial para destacar os detalhes do objeto principal da cena, preservando a cor do restante da cena. O smartphone ainda oferece zoom óptico de 2x e zoom digital de até 5x.

Câmera frontal do iPhone 12 também promete ótimas selfies noturnas (Foto: Divulgação/Apple)

Na parte frontal, o iPhone 12 tem câmera de 12 MP, com abertura f/2.2 e recurso de HDR. Ele também possui sensor SL 3D, que melhora o recorte das selfies no modo retrato e é responsável pelo reconhecimento facial (Face ID), tornando-o mais rápido e seguro. O usuário também pode gravar vídeos em 4K com essa câmera.

Bateria para 17h de reprodução de vídeo

A Apple não tem o costume de informar o tamanho das suas baterias e dessa vez não foi diferente. No entanto, a empresa ressalta que o iPhone 12 tem autonomia de até 17 horas de reprodução de vídeo contínua ou 50 horas de reprodução de áudio. Ele suporta carregamento rápido de até 20W, carregando metade da bateria em apenas 30 minutos.

O sistema MagSafe tem vários acessórios para se "conectarem" ao iPhone 12 (Foto: Divulgação/Apple)

Ele também tem suporte ao carregamento sem fio pelo MagSafe, que é uma das novidades do celular. Com a tecnologia, o usuário pode usar o carregamento sem fio com indução aprimorada. Inclusive, a traseira do celular possui um conjunto de ímãs e NFC para identificação de acessórios, como carregadores, capas, capa-carteira, entre outros, que "grudam" no smartphone pelos ímãs, ativando funções específicas.

Outra novidade revelada no lançamento é que o iPhone 12, assim como os demais aparelhos da linha, não vem com o carregador na caixa, como forma de diminuir a emissão de carbono na atmosfera. O fone de ouvido também foi retirado. Então o cabo USB é o único acessório que acompanha o iPhone em sua caixa.

iPhone 12 é vendidos sem carregador ou fone de ouvido (Foto: Divulgação/Apple)

iPhone 12: ficha técnica

  • Tela: 6,1 polegadas, com painel OLED, tecnologia Super Retina XDR, HDR, True Tone, Dolby Vision, brilho de 1200 Nits e resolução de 1170 x 2532 pixels
  • Processador: Apple A14 Bionic
  • Armazenamento interno: 64 GB, 128 GB ou 256 GB
  • Câmeras traseiras: 12 MP (f/1.6) + 12 MP ultra-wide (f/2.4)
  • Grava em: 4K a 60 fps, com Dolby Vision ativado
  • Câmera frontal: 12 MP (f/2.2)
  • Bateria: Até 17 horas de autonomia em reprodução de vídeo contínua
  • Carregamento turbo: suporta carregadores de até 20W
  • Carregamento sem fio: sim, com sistema MagSafe
  • Proteção contra água: sim, com IP68
  • Face ID: sim
  • Dimensões e peso: 146,7 x 71,5 x 7,4 mm e 162 gramas
  • Cores disponíveis: preto, branco, vermelho, verde, azul e roxo

iPhone 12: preço e custo-benefício

O preço do iPhone 12 na época do lançamento foi de R$ 7.999, para a versão de 64 GB, R$ 8.499, para o modelo de 128 GB, e R$ 9.499, para a variante de 256 GB. Esse ainda é o valor encontrado no site da Apple. No entanto, já é possível achar o smartphone mais barato no e-commerce.

O iPhone 12 de 64 GB já sai na casa de R$ 5.100, enquanto o modelo de 128 GB custa em média R$ 6.000. Por fim, o preço do iPhone 12 de 256 GB está em torno de R$ 6.500.

Falar de custo-benefício dos celulares da Apple é sempre uma questão complicada, visto que a marca costuma ter aparelhos com preços altos, principalmente aqui no Brasil. De qualquer forma, o iPhone 12 é uma das melhores opções entre os modelos mais recentes.

Apesar do preço do iPhone 12 ser alto, modelo tem bom custo-benefício entre os aparelhos da linha (Foto: Shutterstock)

O smartphone combina preço mais baixo e bom desempenho. Inclusive, ele utiliza o mesmo processador da linha Pro. Além disso, tem ótimo conjunto de câmeras e tela de alta qualidade. Por isso, o iPhone 12 se torna uma opção mais equilibrada.

Por outro lado, se você procura alta performance e tecnologias avançadas, mas não se importa em gastar a mais por isso, vale conhecer o iPhone 12 Pro e o iPhone 12 Pro Max. Para quem quer economizar, a dica é dar uma olhada no iPhone 11. Apesar de ter sido lançado em 2020, o modelo ainda tem ótimo desempenho e se destaca pelo custo-benefício. Aproveite para conferir o review do iPhone 11 e conhecer outros detalhes do celular.

Por fim, se estiver aberto a smartphones de outras marcas, recomendamos dar uma olhada nas listas de melhores celulares de 2021 e de aparelhos com bom custo-benefício. Ambas têm modelos de diferentes fabricantes e faixas de preços.

Quer economizar na compra do iPhone 12? Crie um alerta de preço que nós te avisamos quando ele estiver mais barato!