O Galaxy Z Fold 3 5G é o novo celular dobrável da Samsung. O smartphone trouxe diversas inovações, como câmera frontal sob o display, compatibilidade com a caneta S Pen e resistência à água. Isso tudo sem deixar de lado a performance: o aparelho traz processador de 5 nm e 12 GB de memória RAM. O sucessor do Galaxy Z Fold 2 também ganhou melhorias nas telas, aumentando sua qualidade ainda mais.

O modelo foi apresentado durante o Galaxy Unpacked 2021, que também revelou o Galaxy Z Flip 3 5G, o Galaxy Watch 4 e o Galaxy Buds 2. No mercado brasileiro, a pré-venda começa no dia 16 de setembro pelo site da Samsung e a venda geral, no dia 8 de outubro. De qualquer forma, você já pode conhecer todas as novidades Galaxy Z Fold 3 5G a seguir.

Galaxy Z Fold 3 é o novo modelo dobrável da Samsung (Divulgação/Samsung)

Design

O design é um dos grandes destaques dos aparelhos da linha Fold e com o Galaxy Z Fold 3 não seria diferente. O smartphone traz uma dobra vertical e, por isso, tem duas telas: a externa, de 6,2 polegadas, e a principal, de 7,6 polegadas, usada quando o aparelho está aberto.

Em relação às dimensões, o modelo se assemelha a um celular tradicional quando está fechado, sendo um pouquinho mais grosso: 67,1 x 158,2 x 16 mm. No entanto, quando está aberto, ele lembra um tablet, com medidas de 128,1 x 158,2 x 6,4 mm. Seu peso é de 271 gramas, ou seja, ele está mais leve do que a geração anterior. O Galaxy Z Fold 3 5G será vendido em três cores: preto, verde e prata.

Galaxy Z Fold 3 na versão prata (Divulgação/Samsung)

Se você pensa que o fato de ser dobrável torna o smartphone mais frágil, está enganado. De acordo com a Samsung, o Z Fold 3 foi feito para ser um aparelho durável. Para isso, ele conta com construção em Armor Aluminum, que é mais forte, tecnologia Sweeper, que ajuda a repelir poeira e outras partículas da dobradiça, e Gorilla Glass Victus, que deixa o display mais resistente a arranhões e possíveis quedas. Por fim, o smartphone ainda inclui uma nova película protetora feita de PET, fazendo com que a tela principal seja 80% mais durável.

Outra novidade é a resistência à água, com certificação IPX8, algo que já era esperado segundo os rumores. Esse é o primeiro celular dobrável com tal característica. Da mesma forma, também é o primeiro dobrável com câmera frontal sob o display.

Galaxy Z Flip 3 ao lado do Galaxy Z Fold 3 (Divulgação/Samsung)

O Galaxy Z Fold traz três câmeras: um conjunto triplo na traseira, uma câmera frontal na tela menor, que fica alocada em um furo no display, e um câmera frontal para usar quando o dispositivo está aberto. É essa última que está sob a tela. Assim, o usuário tem maior sensação de imersão ao assistir a vídeos ou durante jogos, sem que um furo no display atrapalhe a experiência.

Caneta S Pen

A Samsung já havia revelado que não iria apresentar novos modelos da linha Galaxy Note em 2021. No entanto, o principal diferencial da família, que é a caneta S Pen, foi adotado por outros aparelhos. O Galaxy S21 Ultra, anunciado em janeiro, ganhou compatibilidade com o acessório. Agora, foi a vez do Galaxy Z Fold 3.

Galaxy Z Fold 3 aberto com mão escrevendo com a S Pen da Samsung (Divulgação/Samsung)

O novo celular dobrável funciona com a caneta S Pen Fold Edition ou com a S Pen Pro, oferecendo maior produtividade e diversas possibilidades de uso, como fazer anotações ou enviar mensagens. O acessório é ideal para quem utiliza o telefone para trabalhar e quer aproveitar os recursos do celular dobrável da melhor forma.

Para que o Galaxy Z Fold 3 5G fosse compatível com a S Pen, a Samsung precisou realizar algumas mudanças no display do smartphone e na própria caneta, que está mais precisa. A parte ruim é que o acessório não acompanha o celular e deve ser adquirido separadamente.

Tela

Como já falamos, o Galaxy Z Fold 3 tem duas telas: a principal, que é interna e só fica visível quando o smartphone está aberto, e o display externo, para usar quando o aparelho estiver fechado. Ambas apresentam painéis de ótima qualidade e devem oferecer uma experiência muito satisfatória.

A tela externa tem 6,2 polegadas, com painel Dynamic AMOLED 2x, resolução HD+ (2268 x 832 pixels) e taxa de atualização de 120 Hz, que deixa as imagens mais fluidas. Sua proporção é de 24.5:9, mais alongada. Esse é o display ideal para realizar as ações básicas do dia a dia, como fazer uma ligação ou pesquisar algo na internet rapidamente.

Galaxy Z Fold 3 ao lado do Galaxy Z Flip 3 

Já a tela principal, usada quando o celular está aberto, oferece 7,6 polegadas, com proporção de 22.5:18 e bordas mínimas. O painel também é Dynamic AMOLED 2x, com taxa de atualização de 120 Hz, mas a resolução é superior: 2208 x 1768 pixels. Esse display oferece diversas possibilidades de uso, sendo ideal para assistir a filmes, jogar, navegar nas redes sociais ou até mesmo trabalhar em multitarefas. Para completar a experiência, o aparelho conta com alto-falantes estéreos e tecnologia Dolby Atmos.

Desempenho

A Samsung não revelou qual o processador usado no Galaxy Z Fold 3 5G, apenas disse que se trata de um modelo 64-bit octa-core, feito na litografia de 5 nm e com velocidade máxima de 2,84 GHz. O chipset trabalha com 12 GB de memória RAM, para garantir velocidade e eficiência em todas as tarefas, incluindo jogos. Ou seja, desempenho não será problema para o celular dobrável.

Galaxy Z Fold 3 na versão preta (Divulgação/Samsung)

Em relação ao armazenamento, o smartphone tem versões de 256 GB ou 512 GB, suficientes para guardar diversos apps e arquivos. Para garantir maior segurança no desbloqueio, o Galaxy Z Fold 3 5G possui um sensor de impressão digital capacitivo na lateral. Além disso, o smartphone conta com reconhecimento facial na câmera frontal, quando está desdobrado.

O smartphone roda Android 11 e vem com a interface One UI 3, que traz ferramentas para que o usuário possa aproveitar melhor o visual dobrável do smartphone. Como o próprio nome já sugere, o Galaxy Z Fold 3 também é compatível com internet 5G, que oferece uma conexão mais rápida.

Falando de bateria, o Z Fold 3 tem capacidade de 4.400 mAh. A Samsung não revela uma estimativa em horas de uso. No entanto, considerando que a tela maior tende a consumir mais bateria, a autonomia deve ser de um dia de uso moderado, em média. O smartphone ainda conta com carregamento rápido de até 25 W e carregamento sem fio. Seguindo a tendência dos modelos premium, ele não virá com carregador na caixa.

Câmera

O conjunto traseiro do Galaxy Z Fold 3 tem três câmeras, ambas com sensores de 12 MP. A diferença está nas lentes: uma grande angular, uma ultra-wide, para fotos com ângulos mais abertos, e uma telefoto, que ajuda no zoom óptico de 2x e zoom digital de 10x. O smartphone traz estabilização óptica e grava vídeos com HDR10+. Na prática, ele deve garantir ótimas fotos e vídeos em diferentes condições de iluminação.

Galaxy Z Fold 3 na versão verde (Divulgação/Samsung)

Para as selfies, o Galaxy Z Fold 3 5G traz duas câmeras. A primeira tem 10 MP e fica alocada em um furo no display externo. Ela tem abertura de lente de f/2.2. Já a segunda é a câmera sob o display interno. Ou seja, para usá-la o smartphone deve estar aberto. Essa câmera tem uma resolução mais baixa, de 4 MP, mas tem uma abertura de lente de f/1.8, que permite maior entrada de luz.

Preço

No exterior, o Galaxy Z Fold 3 entrou em pré-venda em mercados selecionados, incluindo EUA, Europa e Coreia, pelo preço de US$ 1.799 (cerca de R$ 9.375, em conversão direta, considerando a cotação atual).

Aqui no Brasil, a pré-venda começa no dia 16 de setembro e a geral, no dia 8 de outubro. Nesse período, a versão de 256 GB do Galaxy Z Fold 3 vai custar R$ 12.799, enquanto o modelo de 512 GB chega ao mercado custando R$ 13.799. Mesmo altos, os preços ficam na média esperada em comparação com o Galaxy Z Fold 2, modelo da geração anterior, que custava R$ 12.999 na época do lançamento, em 2020.

Se você quiser conhecer mais modelos parecidos com o Galaxy Z Fold 3, dê uma olhada em outras opções de celulares dobráveis vendidos no Brasil e conheça a ficha técnica completa do Z Fold 2. Também vale a pena conhecer o novo Galaxy Z Flip 3, que foi lançado no evento Unpacked 2021 e chega ao Brasil junto da nova geração do Z Fold.

Ficha técnica do Galaxy Z Fold 3

  • Tela principal: 7,6 polegadas, com painel Dynamic AMOLED 2X, resolução de 2208 x 1768 pixels e taxa de atualização de 120Hz
  • Tela externa: 6,2 polegadas, com painel Dynamic AMOLED 2X, resolução de 2268 x 832 pixels e taxa de atualização de 120Hz
  • Processador: octa-core de 5 nm, com velocidade máxima de 2,84 GHz
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento: 256 GB ou 512 GB
  • Câmera traseira: ultra-wide de 12 MP + grande angular de 12 MP + telefoto de 12 MP
  • Câmera externa para selfies: 10 MP (f/2.2)
  • Câmera sob a tela: 4 MP (f/1.8)
  • Bateria: 4.400 mAh, com carregamento rápido e sem fio
  • Sistema operacional: Android 11 com interface One UI 3
  • Dimensões dobrado: 67,1 x 158,2 x 16,0 (dobradiça) ~ 14,4 mm (extremidade)
  • Dimensões aberto: 128,1 x 158,2 x 6,4 mm
  • Peso: 271 gramas
  • Cores: preto, verde e prata
Leia mais sobreCelular