O Xiaomi 12 Pro é o novo celular top de linha apresentado pela gigante chinesa no fim de dezembro de 2021. O modelo chegará ao mercado com o Snapdragon 8 Gen 1. Esse chipset é um dos mais potentes da atualidade, garantindo uma melhor performance.

O modelo tentará fazer frente aos celulares mais avançados do mercado, como o Iphone 13 Pro Max. Ainda não há uma data oficial de lançamento global. A previsão é que o Xiaomi 12 Pro chegue ao mercado entre o fim de fevereiro e o início de março. O Brasil não deverá ficar para trás. A expectativa é que o aparelho chegue ao país assim que for lançado lá fora.

O novo celular da Xiaomi chegará ao mercado ao lado de versões mais simples, como o Xiaomi 12, e o Xiaomi 12X, que será o modelo de entrada da nova geração da marca chinesa. Aqui, vamos analisar o aparelho top de linha, o Xiaomi 12 Pro.

Xiaomi 12 Pro no evento da marca chinesa (Foto: Reprodução/YouTube)

Processador poderoso

O Xiaomi 12 Pro chegará ao público com o chipset mais poderoso da Qualcomm, o Snapdragon 8 Gen 1. O processador será usado nos principais celulares Android do mercado em 2022. A tecnologia garante um desempenho superior durante o uso do aparelho, inclusive durante jogos. O processador também permite uma transferência mais rápida de arquivos, além de uma maior eficiência na hora de tirar fotos e gravar vídeos.

Tela com resolução 2K

O Xiaomi 12 Pro terá a maior tela da categoria, com 6,73 polegadas, mas menor que o Mi 11, modelo anterior. O aparelho terá tecnologia que permitirá adaptar a performance para reduzir o consumo de bateria. Assim, os 120 Hz só serão utilizados quando realmente necessário. A resolução também será a top da linha da Xiaomi: 2K. Além disso, o Xiaomi 12 Pro contará com a proteção Gorilla Glass Victus, que dará mais resistência ao painel.

Câmeras traseiras potentes

O Xiaomi 12 Pro vai contar com três câmeras traseiras, todas equipadas com sensores de 50 MP. A principal delas também contará com o sensor IMX707, que melhora a captação de luminosidade em ambientes com baixa luz, além de estabilização óptica. Além disso, poderá fazer vídeos com qualidade em até 8k.

Nas outras duas câmeras traseiras, a Xiaomi 12 Pro terá uma lente ultra-wide e outra dedicada para fotos em modo retrato. Na parte da frente, o aparelho virá com uma lente com sensor de 32 MP.

Xiaomi 12 Pro terá carregamento rápido

O Xiaomi 12 Pro terá uma bateria de 4.600 mAh. Não será a maior do mercado, mas contará com o aguardado carregador de 120 Hz. A tecnologia vai permitir um carregamento muito mais rápido por fio. Na opção pelo carregamento sem fio, a velocidade também será satisfatória, com 50 Hz de potência.

Armazenamento potente

O Xiaomi 12 Pro terá duas opções de armazenamento, de 128 GB ou 256 GB. A memória RAM também virá com duas opções, de 8 GB e 16 GB. O aparelho também chegará ao mercado com Android 12 e MIUI 13, versões mais recentes do sistema do Google. Ele não terá suporte para cartão de memória, portanto, atenção na versão que vai comprar.

Preço ainda indefinido

Ainda não é possível dizer quanto o Xiaomi 12 Pro custará no Brasil. Na China, o modelo terá preço sugerido de 5.399 iuanes, cerca de R$ 4.780 na conversão direta. O valor, porém, poderá mudar de acordo com os impostos sobre o produto.

Ficha Técnica do Xiaomi 12 Pro

  • Tela: 6,73 polegadas, resolução 2K, taxa variável entre 10-120 Hz, OLED, tipo LTPO;
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1;
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Câmeras traseiras: principal de 50 MP, ultrawide de 50 MP e sensor de profundidade de 50 MP;
  • Bateria: 4.600 mAh, carregamento rápido de 120W com fio, 50W sem fio, 10W reverso;
  • Extras: NFC, 5G, Wi-Fi 6, biometria na tela
  • Dimensões: 163,6 x 74,6 x 8,16 m;
  • Peso: 205 gramas;
  • Cores disponíveis: verde, rosa, azul e preto;
  • Sistema operacional: Android 11, interface MIUI 13.

Enquanto o Xiaomi 12 Pro não chega por aqui, confira indicações de celulares com bom custo-benefício que testamos. Talvez uma linha antecessora da fabricante te interesse. Leia a análise completa do Xiaomi Mi 11.

Leia mais sobreCelular+