Após meses de rumores, especulações e principalmente expectativa por parte dos fãs e entusiastas, a Samsung finalmente lançou a linha Galaxy S21. O Galaxy S21, Galaxy S21 Plus e Galaxy S21 Ultra foram divulgados no evento Galaxy Unpacked, realizado pela fabricante totalmente online. Conforme já havia sido publicado, os celulares serão vendidos sem carregador na caixa.

Os aparelhos chegam com várias novidades e uma ficha técnica de cair o queixo e, por isso, o Buscapé separou as notícias entre o Galaxy S21 e S21 Plus, que são muito parecidos, e o Galaxy S21 Ultra, o mais potente da linha (saiba mais aqui), além de falar sobre os fones de ouvido Galaxy Buds Pro (confira nesse link). Veja a seguir as características do S21 e S21 Plus.

Galaxy S21 e Galaxy S21 Plus

Construção

Design do Galaxy S21 e S21 Plus (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 é o único que possui parte da sua construção feito em plástico, chamado de “Glastic” pela empresa, pois simula a aparência de vidro. O Galaxy S21 tem construção em vidro com proteção Gorilla Glass Victus, que evita aqueles arranhões do dia a dia.

Ambos possuem a mesma aparência, com traseira lisa e um módulo metálico de câmeras. Na parte frontal, a Samsung continuou adotando apenas um pequeno furo para a câmera de selfies. A proteção contra água também foi mantida.

Tela

Tela do Galaxy S21 e S21 Plus (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 e S21 Plus possuem os vidros mais duros para tela já feitos até hoje, de acordo com a Samsung, com painéis de 6,2 polegadas e 6,7 polegadas, respectivamente. Ambos contam com a tecnologia Dynamic AMOLED 2X, resolução Full HD e recurso "Eye Confort Shield", que ajusta o filtro azul para oferecer uma imagem mais confortável ao usuário.

Os celulares também possuem 120 Hz de taxa de atualização, recurso que faz a “troca de imagens” mais rápido, deixando as animações mais naturais e fluidas. Essa taxa de atualização será adaptativa, ou seja, o próprio celular já alternará entre valores dependendo do conteúdo que o usuário estiver assistindo.

O leitor biométrico continua embutido na tela e com tecnologia ultra sônica. A empresa destacou que ele está quase duas vezes mais rápido e seguro que a versão anterior.

Processador e armazenamento

Os dois celulares usam o Exynos 2100, um dos processadores mais rápidos da atualidade. (Foto: Divulgação/Samsung)

Os dois celulares usam o mesmo processador, o Exynos 2100, recentemente anunciado pela empresa. Ele é um chip octa-core com potência o suficiente para disputar com os melhores do mercado. Feito em litografia de 5 nanômetros, ele é mais rápido e mais econômico que as versões anteriores.

A Samsung costuma lançar seus celulares em duas versões, uma com processador Snapdragon e a outra com Exynos. No entanto, na apresentação a empresa não entrou em detalhes sobre o processador da Qualcomm. É possível que, devido às grandes melhorias que o Exynos 2100 apresentou em relação ao Exynos 880, a fabricante opte por trabalhar apenas com o chip de fabricação própria na linha S21 em alguns países. No entanto, pode ser que, em outros, a empresa utilize o Snapdragon 888. Em dezembro de 2020, por exemplo, o Galaxy S21 foi homologado nos EUA com o processador da Qualcomm.

Os dois celulares terão 8 GB de memória RAM e serão vendidos em versões com 128 GB e 256 GB de armazenamento interno, sem espaço para cartão de memória. Além de potente, o Exynos 2100 também dá suporte às redes 5G. Os aparelhos já terão o Android 11 instalado de fábrica.

Câmeras

Câmeras do Galaxy S21 e S21 Plus (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 e S21 Plus possuem o mesmo conjunto de câmeras. A principal tem 12 MP e abertura f/2.2; a secundária tem 12 MP e lente ultra-wide; a terceira tem 64 MP, lente teleobjetiva e zoom óptico de até 3 vezes. Na parte frontal, os dois possuem câmera de selfie de 10 MP com abertura f/2.2.

Os dois celulares conseguem fazer gravações em 8K, mas o grande destaque para vídeos é o modo Director’s View. Com ele o usuário pode alternar entre as câmeras durante a gravação, e o grande “pulo do gato” serão as miniaturas das outras câmeras, que serão exibidas em tempo real. Dessa forma, é possível ter a “visão de diretor” e escolher qual a melhor câmera para cada momento, já que você terá a visão das três lentes.

Os celulares usam todas as câmeras para filmar simultaneamente (Foto: Divulgação/Samsung)

As filmagens ainda contam com super estabilização e o recurso de Bluetooth Mix, que permite gravar com mais de um microfone ao mesmo tempo, usando a conexão bluetooth para se conectar a um microfone externo sem fio. Modos como o Space Zoom e Single Take, que já estavam presentes na linha S20, foram aprimorados para melhores resultados.

Bateria

A linha S21 chegará sem carregador na caixa (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 tem 4.000 mAh de bateria, enquanto o modelo Plus possui 4.800 mAh. Ambos possuem suporte ao carregamento turbo de 25W, carregamento reverso e carregamento sem fio de 15W. De acordo com a Samsung, a duração é de pelo menos um dia mesmo com o usuário estando com o 5G ligado.

Conforme já citado, os celulares vão chegar sem carregador na caixa, adotando a mesma estratégia da Apple, empresa de quem a Samsung chegou a tirar sarro na época em que lançou o iPhone 12 sem carregador.

Outras características

A Samsung também anunciou que os celulares serão mais compatíveis com carros inteligentes, podendo servir de chave digital para esses veículos. Para uma conexão rápida, o Galaxy S21 e S21 Plus estão equipados com o módulo Wi-Fi 6e, que é indicado para altas taxas de download. Apesar da tecnologia precisar de roteadores compatíveis, o celular pode chegar a velocidades de download que baixaram um jogo como o fornite, por exemplo, em menos de 10 segundos.

Para aproveitar essa conexão rápida, ambos possuem suporte ao Xbox Game Pass e tecnologia de jogos na nuvem, assim como os Galaxy Note 20 possuem. Dessa forma, os usuários podem jogar seus games preferidos dos consoles diretamente no celular.

Preços e lançamento no Brasil do Galaxy S21 e S21 Plus

Até o momento, a empresa ainda não comentou sobre datas de lançamento dos celulares no Brasil. Lá fora, o Galaxy S21 será vendido por 879 euros, cerca de R$ 5.700 em conversão direta e sem a adição de impostos. O Galaxy S21 Plus será vendido por 1.079 euros, cerca de R$ 7.200 em conversão direta e também sem impostos.