O smartphone Galaxy A22 se mostrou uma experiência surpreendente e muito positiva para mim. Isso porque ao pegar para testar um smartphone de entrada, eu imaginei que lidaria com um celular ruim. mas fui surpreendido, o Galaxy A22 é bom em todos os aspectos que testei.

Em alguns pontos ele é bom levando em consideração a faixa de preço que está inserido e em outros, ele é bom de uma maneira geral, independente do preço. Se o seu orçamento está mais curto, veja também um artigo com celulares até R$ 1500.

Antes, eu gostaria de falar do sistema. A Samsung começou com seus aparelhos Android oferecendo uma interface desagradável, pesada e que travava muito, o que gerou até mesmo má fama para a linha. Mas a fabricante sul-coreana conseguiu reverter essa situação. A ONE UI, interface do Android desenvolvida por ela, é leve, rápida e possui atalhos e comandos que vão além do pacote já oferecido pelo sistema Android. É quase um sistema operacional diferenciado e se tornou o meu favorito. É fã do sistema? Então confira também a nossa lista com os melhores celulares Android!

Página Inicial da One UI (foto: Mosaico)

Então, ao pegar esse smartphone, eu tive inicialmente aquela sensação de uniformidade: é um celular Samsung. Eu já uso o S21 como o meu modelo pessoal, sendo assim o sistema não foi nenhuma novidade. O que é pouco empolgante, mas prático. Está tudo lá, todas as opções e recursos, quase não há diferença entre um modelo de entrada e um premium neste quesito.

Agora, o modelo em si, antes de tudo é um smartphone bonito. Com tela de alta resolução com 6.4 polegadas, ela conta com painel super Amoled com taxa de 90 quadros por segundo, o que é um grande diferencial para a categoria. Embora seja fino, ele tem bateria de 5000mAh e sua traseira composta por uma peça única de plástico, lembra muito vidro.

O modelo testado aqui foi na cor roxa e só posso falar que é lindo, bem diferenciado e chamou muito a atenção de todos que o viram.

A versão que testei foi a 4G. Existe também a versão compatível com rede 5G, que torna o modelo um tanto mais caro e precisa de uma avaliação diferenciada, pois o custo/benefício muda drasticamente.

Para a análise, levei em consideração design, tela, câmera, desempenho, bateria e custo-benefício. Se quiser entender nossos critérios e notas para a avaliação de produtos, veja como avaliamos os celulares.

Design

O Samsung Galaxy A22 conta uma tela de 6.4 polegadas, traseira em plástico e bordas em alumínio seguindo o padrão de cor da traseira. Seu módulo de câmera quadrado é levemente protuberante e segue o mesmo padrão de cores. Isso traz ao aparelho uma sensação de robustez, uma peça única. O modelo é oferecido em 4 cores que são violeta, verde, branco e preto.

O modelo de teste é na cor Violeta (Foto: Mosaico)

Na parte frontal ele conta com entalhe no formato de gota e um grande queixo na parte superior, o que o deixa com bordas relativamente grandes para os padrões atuais da Samsung.

Na lateral direita ele contém os botões de volume e botão de ligar que também é o leitor de impressão digital. Eu achei rápido e bem localizado. Como o smartphone é grande, a Samsung possui a opção de utilizar o leitor de digitais como ferramenta para acionar o menu superior, basta deslizar o dedo sobre ele, isso é muito prático para quem está usando com apenas uma mão e fica difícil de alcançar o topo do aparelho.

Detalhe da lateral direita (Foto: Mosaico)

Ao lado esquerdo está localizada a gaveta para SIM Card. A bandeja é tripla, com espaço para dois SIM Card e um micro SD. Já na parte inferior, temos a saída de áudio, a entrada USB-C e entrada P2 para fone de ouvido.

Detalhe da lateral esquerda (Foto: Mosaico)

Tela

Por aqui, temos uma tela Super Amoled de 6.4 polegadas com taxa de atualização de 120hz. São configurações que eu não imaginei ver tão cedo em um smartphone de entrada.

O que deixa um pouco a desejar é a resolução HD+. Ao comparar com o S21, por exemplo, percebi que a densidade de pixels é muito menor, tornando ícones do menu e jogos, imagens em geral menos definidas.

Mas isso é um corte de custos muito lógico para este smartphone e não chega a incomodar, é apenas algo que dá para reparar quando comparado a outro modelo. Já a taxa de atualização é um ponto muito positivo, que o torna rápido e deixa vídeos com cenas de ação mais detalhados.

Prós e Contras

Prós

Começamos aqui por sua tela, que entrega muito brilho e cores vibrantes, boa até mesmo para ser utilizada em ambientes externos. A presença da taxa de atualização de 90hz, pouco comum em modelos de entrada, é um ponto positivo.

O A22 conta também com entrada para fone de ouvido e bandeja tripla para SIM CARD e micro SD. E sua bateria de 5.000mAh com longa capacidade de duração, são pontos de destaque.

Seu conjunto de câmeras entrega bons resultados. As fotos possuem cores vivas e são bem definidas. Em selfies, ainda há um baixo grau de saturação, deixando o rosto mais pálido que o normal, mas a definição é bem aceitável.

Contras

Embora a tela seja um ponto positivo, a resolução HD+ entra especificamente como algo ruim. Pois ela tira parte da qualidade surpreendente que essa tela poderia ter.

Outro ponto é o carregador incluso na caixa, de apenas 15W. Com ele o aparelho leva mais de 2 horas para chegar em 100%. Embora a bateria seja boa, o carregamento é um ponto negativo. Em uma carga rápida de 15 minutos, apenas 12% foram recuperados.

Além disso, o Samsung A22 possui alto-falante mono e não acompanha fones de ouvido na caixa. De qualquer forma, vale ressaltar que é comum não encontrar áudio estéreo em celulares nessa faixa de preço.

Por fim, a falta de proteção contra água e poeira. O modelo não apresenta certificado IP. Então é preciso tomar cuidado com chuvas eventuais, e areia, que pode acabar entrando nas câmeras ou saída de som.

O que vem na caixa?

O Galaxy A22 acompanha apenas o carregador (Foto: Mosaico)

Assim como outros aparelhos de entrada da Samsung, o Galaxy A22 vem acompanhado apenas do carregador, sem fone, capinha ou outros acessórios. A caixa do smartphone traz:

  • Cabo USB-C para USB-A;
  • Adaptador de tomada de 15W;
  • Chave para abrir a gaveta do chip;
  • Manual do usuário

Ficha Técnica do Galaxy A22

Câmera

O Galaxy A22 possui um conjunto de 4 câmeras, organizadas em formato de cooktop. Aqui contamos com lentes variadas para diferentes tipos de fotografia. A principal com 48 MP e abertura F1.8 que entrega bom balanço de cores e fotos bem definidas.

Foto realizada com a câmera principal (Foto: Nicollas Bento/Mosaico)

Em boas condições de iluminação, a câmera principal  é capaz de tirar boas fotos. É claro, tendo como parâmetro de comparação smartphones do mesmo segmento. Já a lente grande-angular é um pouco mais lavada, as cores decepcionam deixando clara a mudança entre as lentes. Além disso, ela possui efeito olho de peixe, que distorce a imagem, sendo uma péssima opção para tirar fotos de pessoas.

Na câmera principal vemos bom contraste e fotos definidas, já na grande-angular temos muita distorção de imagem (Foto: Nicollas Bento)

Um ponto negativo está na compatibilidade com a câmera de aplicativos como Instagram e Tiktok. Ao utilizar a câmera do app, a imagem perde qualidade e os filtros são mal aplicados. A Samsung melhorou muito isso em seus dispositivos na última atualização do One UI 4. Porém até o momento do teste, este modelo ainda está com a versão 3.1. Uma dica é utilizar o aplicativo de câmera do smartphone para postar as fotos.

A Samsung utiliza muitos recursos diferenciados em seu modo de câmera, como Pro, Panorâmica, Food e câmera lenta. Mas o que mais me chamou atenção foi o modo noturno. Ele necessita de estabilidade e pode acabar demorando um pouco mais para tirar a foto, mas o resultado é muito positivo.

Aqui temos um exemplo, a primeira foto foi tirada com boa condição de iluminação na câmera normal e a segunda foi tirada com luzes apagadas e o modo noturno ativado. Podemos perceber que a segunda foto apresenta até alguns detalhes a mais, como as ranhuras da madeira.

Comparação do modo noturno desativado (esquerda) com ele ativo (direita) (Foto: Nicollas Bento/Mosaico)

Este modelo não oferece zoom óptico, somente o zoom digital. Ele funciona como um corte automático da foto, que tira bastante a definição dela, e se tentar aproximar a imagem mais de 4x, o resultado será bem decepcionante.

A câmera frontal conta com resolução de 13MP e abertura F2.2. Mesmo com as configurações de suavização de imagem desligadas, ela ainda não possui tanta definição, deixando o rosto um pouco mais suavizado do que deveria. As cores são pouco saturadas, tendendo para o natural e sob boas condições de iluminação, ele entrega boas fotos. Porém, quando a situação se trata de fotos noturnas, mesmo com luz ambiente, as fotos já não são tão boas. Pelo menos o recurso de flash simulado na tela ajuda bastante.

Durante o dia, a selfie fica com boas condições de iluminação. Não é possível dizer o mesmo da selfie tirada à noite (Foto: Nicollas Bento/Mosaico)

Dito tudo isso, podemos dizer que este é um telefone que vai satisfazer quem utiliza a câmera despretensiosamente. Para os entusiastas com foto, sugiro investir um pouco mais. Mas para quem deseja um modelo bom para o dia a dia, não vai se decepcionar com essa câmera.

Bateria

O Galaxy A22 conta com bateria de 5.000mAh e seu desempenho é surpreendente. Em meu teste, carreguei até 100% e deixei rodando diversos vídeos Full HD no Youtube, com brilho no máximo e volume alto. O smartphone suportou 23 horas e 21 minutos, demonstrando excelente capacidade de bateria.

Em stand by, ele suporta com facilidade três dias de uso moderado.Já com uso de jogos, o desempenho da bateria despenca consideravelmente. Isso se deve ao seu processador mais simples, que demanda bastante energia para suportar processos pesados.

Como a Samsung entrega um carregador de apenas 15W para este modelo, seu tempo de carregamento é consideravelmente longo. Foram quase 2 horas e 30 minutos para alcançar de 0 a 100%. Para uma carga rápida de 15 minutos, ele consegue recuperar cerca de 10%.

Desempenho

O smartphone apresentou resultados surpreendentes para um modelo de entrada. Equipado com processador MediaTek Helio G80, eu esperava que houvesse alguns engasgos em atividades básicas. Porém a abertura de apps é rápida e a navegação por feeds, vídeos e notícias também.

Parte da experiência positiva se dá pela tela de 90hz, que ajuda a deixar a navegação mais fluida. Mas o processador tem seu ponto positivo por desempenhar bem essas tarefas básicas, sem travar, esquentar ou consumir bateria em excesso.

Mas um ponto que fica a desejar é a memória RAM de apenas 4GB. Ela impede que muitas tarefas sejam executadas ao mesmo tempo. Ao abrir 3 apps ou mais, o software automaticamente vai suspender os mais antigos, fazendo com que ao retornar nele, seja preciso iniciar novamente. Isso também deixa o uso com aquela sensação de engasgo. Por isso sugiro utilizar na página inicial a ferramenta de limpeza de cachê.

Um ponto positivo do Galaxy A22 é a memória interna. O modelo tem 128 GB, valor suficiente para guardar diversos aplicativos, fotos e outros arquivos. Além disso, você pode ainda pode usar um cartão de memória de até 1 TB para expandir essa capacidade.

Em relação ao sistema operacional, o A22 sai de fábrica com Android 11 e já possui atualização garantida para o Android versões 12 e 13, que devem ocorrer respectivamente ainda este ano e em 2023. A interface do Android oferecida pela Samsung, a One UI, é agradável, simples e fácil de utilizar.

O A22 traz recursos como NFC para realizar pagamentos e troca de informações em um campo de curto alcance, bluetooth com versão atualizada, transcrição instantânea para facilitar a digitação e game booster, para melhorar o desempenho na hora de jogar. Porém deixa de lado outros recursos, como o alto- falante estéreo e Dolby Atmos para melhorar a qualidade de áudio com fones de ouvido.

E reiterando, a versão testada aqui foi com modelo com rede 4G. mas o Galaxy A22 também possui uma versão 5G. Acredito que pela diferença de preço, a versão 4G está valendo mais a pena no momento. Mas antes de comprar é bom conferir as duas e avaliar se esta diferença vale a pena.

Quando o assunto é jogos, o Galaxy A22 manda bem em títulos leves, como o aqui testado Sonic Forces. Já os jogos mais pesados, como Genshin Impact, mesmo com gráficos no mínimo ainda sofrem dificuldades para rodar. É o esperado para o segmento, afinal de contas esse não é um smartphone gamer.

Galaxy A22 Preço e Custo-benefício

O Galaxy A22 chegou aos mercados brasileiros em Abril deste ano pelo preço de R $1.999 em sua versão 5G. Atualmente já encontramos a mesma versão em torno de R $1.399,00* e a versão 4G por R $1.149,00*. Esse valor está compatível com a categoria de celulares básicos e com os recursos que o Samsung A22 entrega. Por isso, consideramos que o aparelho tem um bom custo-benefício.

*Alerta de flutuação de preços. Valores coletados no dia 23/05/2022 e sujeitos à variação.

Acessórios Compatíveis

Dois acessórios que indico para tornar o uso do seu smartphone mais completo são a capinha e os fones de ouvido. Este modelo possui entrada P2, sendo assim é possível utilizar um fone com fio. Mas eu indico a compra do Galaxy Buds 2, que é o mais recente fone bluetooth oferecido pela Samsung.

Este modelo possui diferenciais como a estabilidade do bluetooth 5.0, possibilidade de customização do som através da equalização e cancelamento ativo de ruídos. Isso tudo com ótimo custo-benefício, saindo muito mais barato do que modelos até mesmo mais antigos.

E claro, se preferir economizar, o Redmi Airdots 2 é uma opção bem interessante, com som equilibrado e conexão bluetooth estável.

O conjunto capinha e película ajudam a manter seu smartphone protegido e estiloso. Separei aqui algumas opções interessantes:

Produtos semelhantes

Se você ainda tem dúvidas sobre a compra do Galaxy A22,ou prefere manter uma base de comparação, vamos indicar outros modelos na mesma categoria.

Para quem quer economizar, vale conferir a nossa lista de celular bom e barato em 2022, com opções de até R $1.200. Na mesma faixa de preço, é possível encontrar opções semelhantes da Motorola, da Xiaomi e até da própria Samsung. O Moto G30, por exemplo, também conta com memória RAM de 4GB, armazenamento de 128 GB, câmera quádrupla e bateria de 5.000 mAh.

Já o Redmi Note 11 é um modelo interessante para quem busca um intermediário da Xiaomi. O celular tem algumas especificações parecidas, mas conta com uma versão com memória RAM de 6GB, que deve oferecer melhor performance.

Para quem está disposto a gastar um pouco mais e levar um intermediário mais potente, a própria Samsung tem ótimas opções. Dois modelos que nós testamos e aprovamos foram o Galaxy A72 e o Galaxy M62. Ambos têm ótimo desempenho e conjunto de câmeras. Além disso, se destacam pela boa relação custo-benefício. Confira alguns detalhes nos reviews do Galaxy A72 e do Galaxy M62

Por fim, a atualização deste modelo, o Galaxy A23 já está disponível e pode ser uma boa opção para quem deseja a opção mais atualizada. Mas vale comparar bem o preço, pois as mudanças não estão muito expressivas. Neste artigo você pode conferir tudo sobre o Galaxy A23

Se ainda assim não encontrar o seu modelo ideal, veja esta matéria, confira qual é o melhor celular Samsung do momento, divididos por faixa de preço, e escolha o seu.

Conclusão

Em uma escala de 5 a 10 (onde 5 representa aparelhos medíocres, em que não vale a pena investir, e 10 significa um ótimo celular, sem pontos negativos), a nota final para o Galaxy A22 é 8. Nessa categoria, encontram-se modelos com bom desempenho e poucos problemas.

O Galaxy A22 é um smartphone básico, com boas ferramentas para uso no dia-a-dia e corporativo. Seu desempenho é bastante agradável, não apresenta travamentos nem superaquecimento com uso cotidiano. Suas câmeras apresentam bons resultados para a categoria, mas deixam a desejar na panorâmica e na selfie principalmente.

Este modelo é indicado para quase todos os perfis de usuários, exceto para aqueles que buscam fotos com qualidade premium e excelente desempenho para jogos. Possui pontos de destaque que o tornam uma das melhores escolhas da categoria, como a tela Amoled de 90hz, a presença do NFC para pagamentos e a conexão P2 para fone de ouvido.

Ferramentas do Buscapé

Agora que já sabe tudo sobre o Samsung Galaxy A32, que tal aprender a pagar o melhor preço por ele? Para isso você precisa conhecer as ferramentas do Buscapé.

Para acompanhar todas as variações do valor do produto, conheça o Histórico de Preço. Mas se o que quer é ser avisado quando o produto estiver com o preço que deseja pagar, você precisa conhecer o Alerta de Preços. Não deixe de saber como funciona o Cashback Buscapé e ver tudo sobre os Cupons de Desconto Buscapé, com eles você vai economizar e ainda ganhar dinheiro de volta para gastar como quiser.