Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Carregando
Achou caro?
Crie um alerta de preço que a gente avisa você!
Maior preço registrado:R$ 2.063,90
Menor preço registrado:R$ 747,15
Me avise quando o preço chegar em:
0%
0%
100%
Arraste a barra para controlar o valor do pedido
Informações Básicas
TipoTV
DefiniçãoHD
MarcaSamsung
ModeloHG32ND450SG
Tam. da Tela32 polegadas
Tipo de TelaLED
Tela
Resolução de Imagem1366 x 768 Pixel
Frequência120 Hz
Recursos e Conexões
FunçõesBusca Automática de Canais, Conversor Digital Interno, Desligamento Automático, PIP
Entradas HDMI2 Entradas HDMI
ConexõesAV, RF, USB, Ypbpr
Sistema de CorISDB-T
Potência de saída10 W
Sistema de SomDolby Digital Plus, Virtual Surround
Energia
Tipo de VoltagemBivolt
Voltagem110 / 220 V
Consumo de Energia48 W
Consumo Stand-by0,3 W
Dimensões
Largura745,4 mm
Altura433,9 mm
Profundidade54,8 mm
Peso3,8 Kg
Largura com Base745,4 mm
Altura com Base463,1 mm
Profundidade com Base150,5 mm
Peso com Base5,5 Kg
Por Colaborador em 19/10/2015
TV da Samsung para fins corporativos pode não ser a mais indicada para quem deseja satisfazer o cliente

Modelo conta com boas funções de gerenciamento, mas peca no desempenho audiovisual

Prós
  • Funções de gerenciamento

  • Som Dolby e DTS

Contras
  • Resolução HD

  • Potência de áudio de 10 W RMS

  • Não conta com SmartTV

Para aqueles que buscam uma televisão para fins corporativos, isto é, para a rede hoteleira ou para setores comerciais, essa televisão da Samsung pode ser interessante em termos de gerenciamento. Contudo, para aqueles que buscam satisfazer o usuário desse televisor, essa pode não ser a mais adequada, tendo em vista seu baixo desempenho audiovisual e funcional. Confira!

Para aqueles que buscam uma televisão para fins corporativos, isto é, para a rede hoteleira ou para setores comerciais, essa televisão da Samsung pode ser interessante em termos de gerenciamento. Contudo, para aqueles que buscam satisfazer o usuário desse televisor, essa pode não ser a mais adequada, tendo em vista seu baixo desempenho audiovisual e funcional. Confira!

TV indicada para fins corporativos; tela de LED de 32 polegadas

Antes de qualquer análise mais apurada, faz-se necessário mencionar o caráter específico desse televisor: trata-se de um modelo para fins corporativos, ou seja, adequado para ambientes hoteleiros ou para escritórios comerciais, em suma qualquer local que necessite dispor de uma rede de televisões. Dessa maneira, as funções que ela oferece são indicadas para esse tipo de finalidade, como por exemplo a possibilidade de saudar o hóspede com um menu de boas-vindas (algo que seria desnecessário caso o usuário adquirisse o modelo unicamente para fins pessoais).

Outro recurso interessante aqui presente é o USB Cloning, que possibilita ao gerente da rede hoteleira uma cópia rápida e direta das configurações selecionadas em um televisor para um pendrive que, quando conectado a outro, tem as funções duplicadas, o que evita que se tenha que configurar cada televisão separadamente.

Conforme se observa, suas funcionalidades giram em torno dessa praticidade comercial. Não se trata, portanto, de uma televisão que busca ampliar os seus recursos para os fins pessoais. Isso explica, portanto, a ausência de recursos Smart aqui. Dessa maneira, para o hóspede essa não será uma televisão tão agradável, o que pode não ser uma boa opção dependendo da finalidade a que o hotel se destina.

Seu controle remoto, da mesma forma, segue a mesma basicidade dos demais fatores, contando apenas com acesso às funções convencionais de qualquer televisor, como mudança de canais, ajustes de volume ou configurações de imagem e som. O modelo também conta com temporizador que permite programá-lo para desligar automaticamente num tempo desejado, o que é bastante útil para noites de sono.

Trata-se de uma televisão de 32 polegadas com tela LED plana. Por conta disso, seu tamanho não é tanto extenso. Traz apenas 3.73 kg sem a base e 3.82 kg com ela. Seu suporte, no caso dessa Samsung, consiste em uma espécie de pé em cada extremidade, na mesma cor que o aparelho (todo na cor preta, com molduras grossas, com exceção do logotipo da Samsung, em prateado).

Dentre as suas dimensões, o modelo apresenta uma largura de 74,54 cm; uma altura de 43,39 cm e uma profundidade de 4,48 cm. Com a base, essas especificações físicas sofrem um ligeiro aumento, com exceção da largura que permanece a mesma. Aqui, a profundidade chega a 15,05 cm e a altura a 46,31 cm. Não são, portanto, mudanças substanciais, mas devem ser levadas em conta no momento da aquisição.

Antes de qualquer análise mais apurada, faz-se necessário mencionar o caráter específico desse televisor: trata-se de um modelo para fins corporativos, ou seja, adequado para ambientes hoteleiros ou para escritórios comerciais, em suma qualquer local que necessite dispor de uma rede de televisões. Dessa maneira, as funções que ela oferece são indicadas para esse tipo de finalidade, como por exemplo a possibilidade de saudar o hóspede com um menu de boas-vindas (algo que seria desnecessário caso o usuário adquirisse o modelo unicamente para fins pessoais).

Outro recurso interessante aqui presente é o USB Cloning, que possibilita ao gerente da rede hoteleira uma cópia rápida e direta das configurações selecionadas em um televisor para um pendrive que, quando conectado a outro, tem as funções duplicadas, o que evita que se tenha que configurar cada televisão separadamente.

Conforme se observa, suas funcionalidades giram em torno dessa praticidade comercial. Não se trata, portanto, de uma televisão que busca ampliar os seus recursos para os fins pessoais. Isso explica, portanto, a ausência de recursos Smart aqui. Dessa maneira, para o hóspede essa não será uma televisão tão agradável, o que pode não ser uma boa opção dependendo da finalidade a que o hotel se destina.

Seu controle remoto, da mesma forma, segue a mesma basicidade dos demais fatores, contando apenas com acesso às funções convencionais de qualquer televisor, como mudança de canais, ajustes de volume ou configurações de imagem e som. O modelo também conta com temporizador que permite programá-lo para desligar automaticamente num tempo desejado, o que é bastante útil para noites de sono.

Trata-se de uma televisão de 32 polegadas com tela LED plana. Por conta disso, seu tamanho não é tanto extenso. Traz apenas 3.73 kg sem a base e 3.82 kg com ela. Seu suporte, no caso dessa Samsung, consiste em uma espécie de pé em cada extremidade, na mesma cor que o aparelho (todo na cor preta, com molduras grossas, com exceção do logotipo da Samsung, em prateado).

Dentre as suas dimensões, o modelo apresenta uma largura de 74,54 cm; uma altura de 43,39 cm e uma profundidade de 4,48 cm. Com a base, essas especificações físicas sofrem um ligeiro aumento, com exceção da largura que permanece a mesma. Aqui, a profundidade chega a 15,05 cm e a altura a 46,31 cm. Não são, portanto, mudanças substanciais, mas devem ser levadas em conta no momento da aquisição.

Resolução HD; frequência de 120 Hz; 10 W RMS de potência de áudio; som Dolby e DTS

Também não se trata de um modelo avançado em termos de qualidade de imagem e som. Aqui, ela traz uma resolução apenas HD, de 1366 x 768 pixel/linha. Talvez por isso, seja possível até se surpreender por conta da frequência, aqui apresentada, de 120 Hz. Isso porque muitos modelos com resolução FullHD, dos mais básicos, contam com uma frequência desse porte (enquanto modelos HD trazem, normalmente, 60 Hz). Ainda assim, não trata de uma quantia que expresse uma boa nitidez, estando aquém do que se pode encontrar no mercado nesse quesito (uma frequência de 240 Hz não seria tão fora da órbita de um televisor e conferiria um desempenho imagético muito superior). A resolução, por sua vez, pode não ser tão satisfatória para alguns clientes.

O mesmo vale para a potência de áudio, que aqui conta com a metade do desempenho que um televisor deve apresentar, trazendo apenas 10 W RMS. Qualquer televisão atual (e nisso inclui-se até mesmo as mais básicas, não somente as com tecnologias avançadas) que deseja contar com uma qualidade de som razoável deve apresentar 20 W RMS nesse quesito, o que garante à TV uma boa nitidez aliada a uma boa intensidade (isto é, ela consegue chegar a volumes mais altos sem que perca a sua qualidade).

Apesar disso, traz os recursos Dolby Digital Plus, DTS Studio e DTS Premium, que ampliam um pouco a qualidade do áudio realizando uma espécie de distribuição dele em diversos canais, o que cria uma noção espacial que contribui para criar uma sensação realística de imersão em torno da programação.

Também não se trata de um modelo avançado em termos de qualidade de imagem e som. Aqui, ela traz uma resolução apenas HD, de 1366 x 768 pixel/linha. Talvez por isso, seja possível até se surpreender por conta da frequência, aqui apresentada, de 120 Hz. Isso porque muitos modelos com resolução FullHD, dos mais básicos, contam com uma frequência desse porte (enquanto modelos HD trazem, normalmente, 60 Hz). Ainda assim, não trata de uma quantia que expresse uma boa nitidez, estando aquém do que se pode encontrar no mercado nesse quesito (uma frequência de 240 Hz não seria tão fora da órbita de um televisor e conferiria um desempenho imagético muito superior). A resolução, por sua vez, pode não ser tão satisfatória para alguns clientes.

O mesmo vale para a potência de áudio, que aqui conta com a metade do desempenho que um televisor deve apresentar, trazendo apenas 10 W RMS. Qualquer televisão atual (e nisso inclui-se até mesmo as mais básicas, não somente as com tecnologias avançadas) que deseja contar com uma qualidade de som razoável deve apresentar 20 W RMS nesse quesito, o que garante à TV uma boa nitidez aliada a uma boa intensidade (isto é, ela consegue chegar a volumes mais altos sem que perca a sua qualidade).

Apesar disso, traz os recursos Dolby Digital Plus, DTS Studio e DTS Premium, que ampliam um pouco a qualidade do áudio realizando uma espécie de distribuição dele em diversos canais, o que cria uma noção espacial que contribui para criar uma sensação realística de imersão em torno da programação.

Duas entradas HDMI e uma USB

Em termos de conectividade, seu desempenho é apenas eficiente. No entanto, por se tratar de um modelo para fins corporativos, não se faz tão necessária a presença de mais entradas HDMI do que as duas aqui presentes (a não ser que o cliente busque levar seu videogame, player de Blu-Ray ou notebook para conectar à TV).

Em torno do USB, vale o mesmo atestado, embora aqui conte apenas com uma entrada desse tipo. No entanto, em uma viagem, uma conexão pode ser o suficiente caso o usuário queira levar algum vídeo, música ou foto para reproduzir na tela da TV do hotel.

Outras conexões incluem uma entrada de vídeo componente, uma entrada AV, uma conexão Audio Out, além de uma entrada de antena do tipo RF.

Na embalagem, o usuário encontrará a televisão, com seu controle remoto, um kit de pilhas, um cabo de força, além de um guia de instalação rápida.

Em termos de conectividade, seu desempenho é apenas eficiente. No entanto, por se tratar de um modelo para fins corporativos, não se faz tão necessária a presença de mais entradas HDMI do que as duas aqui presentes (a não ser que o cliente busque levar seu videogame, player de Blu-Ray ou notebook para conectar à TV).

Em torno do USB, vale o mesmo atestado, embora aqui conte apenas com uma entrada desse tipo. No entanto, em uma viagem, uma conexão pode ser o suficiente caso o usuário queira levar algum vídeo, música ou foto para reproduzir na tela da TV do hotel.

Outras conexões incluem uma entrada de vídeo componente, uma entrada AV, uma conexão Audio Out, além de uma entrada de antena do tipo RF.

Na embalagem, o usuário encontrará a televisão, com seu controle remoto, um kit de pilhas, um cabo de força, além de um guia de instalação rápida.

Conclusão

Trata-se de uma televisão voltada para o ambiente corporativo. Dessa maneira, todas as suas funções giram em torno de trazer mais praticidade para o gerenciador delas, além de contar com alguns recursos interessantes, como um menu de boas-vindas (que pode ser bastante útil para aqueles que desejam uma TV para a rede hoteleira). Contudo, se for do interesse do gerenciador adquirir uma televisão satisfatória para que o seu cliente usufrua de seus benefícios, esse modelo da Samsung pode não ser o mais adequado, tendo em vista que conta com uma potência de áudio de apenas 10 W RMS, uma resolução pouco atrativa e nenhum recurso Smart.

Matérias Relacionadas
10/10 Recomendo
6/10 Não recomendo
2/10 Não recomendo
2/10 Não recomendo
2/10 Não recomendo
Avaliação Geral40%Recomendam a compra
6/10Baseado em 10 avaliações
Aspectos Positivos
  • Qualidade da Imagem
Pontos de Atenção
  • Custo-Benefício
  • Funções e Características
  • Qualidade do Som
  • Design
Aspectos Negativos
  • Durabilidade
Enviar sua Avaliação