O Galaxy Tab A7 é um tablet Samsung com foco em custo-benefício. O modelo foi lançado em setembro de 2020 para substituir o Galaxy Tab A10.1, de 2019, e trouxe diversas melhorias. Entre os destaques, estão a tela de 10,4 polegadas, com bordas mais finas, e o poderoso sistema de áudio, com quatro alto-falantes. Sua bateria também chama atenção, com 7.040 mAh, um ganho de 14% em relação à capacidade do modelo anterior.

Além disso, o dispositivo promete ótimo desempenho, com processador intermediário e 3 GB de memória RAM. Por conta de todas essas características, o modelo costuma aparecer frequentemente entre os tablets mais vendidos aqui no site.

Mas será que o Galaxy Tab A7 2020 é isso tudo mesmo? Para te ajudar a decidir se vale a pena investir no tablet da Samsung, nós testamos o aparelho. Todas as nossas impressões estão no review a seguir. Nesta análise, levamos em consideração design, tela, câmera, bateria, desempenho e custo-benefício. Se quiser entender nossos critérios e notas para a avaliação de produtos, veja como avaliamos tablets.

Galaxy Tab A7 é um tablet mais acessível, com foco em custo-benefício (Foto: Buscapé)

Melhores ofertas do Galaxy Tab A7

Antes de começar, é importante ressaltar que o tablet da Samsung está disponível em duas versões. O Galaxy Tab A7 4G é compatível com internet 4G. Por isso, aceita chip de celular e deixa o usuário menos dependente de redes Wi-Fi. No entanto, há uma versão que oferece apenas conexão via Wi-Fi e é um pouco mais barata.

Nós testamos o Galaxy Tab A7 4G, mas a conectividade é a única diferença entre os dois modelos. Então, as observações deste review também valem para o modelo somente com Wi-Fi.

Abaixo, confira as melhores ofertas para cada versão do tablet. A gente já adianta uma coisa: como a diferença de preços costuma ser pequena, pode ser interessante investir no modelo mais completo.

Vale ressaltar que existe ainda o Galaxy Tab A7 Lite, modelo lançado no Brasil em 2021. No entanto, ele traz algumas diferenças significativas na ficha técnica e será abordado apenas mais para o final deste texto.

Prós e contras

Prós

Logo de cara, o Tab A7 já chama atenção pelo visual refinado, com construção em metal e bordas finas. O modelo tem um aspecto moderno e elegante, que lembra os dispositivos mais caros. Além disso, ele chama atenção pelo sistema de áudio, com quatro alto-falantes e tecnologia Dolby Atmos. Para quem quer entretenimento, o produto é ideal para ouvir música, assistir a vídeos ou jogar.

Outro destaque do Galaxy Tab A7 é sua bateria de longa duração. A Samsung promete autonomia para um dia de uso, mas, dependendo da frequência que você utiliza o aparelho, ela pode ir muito além disso. Entre os pontos positivos, também podemos citar o bom desempenho. Certamente, o tablet vai dar conta de todas as tarefas cotidianas e pode rodar até alguns jogos mais leves.

Por fim, uma última vantagem é a versão com internet 4G, que oferece mais mobilidade. Ela é ideal para quem usa o tablet fora de casa e precisa estar o tempo todo conectado. Assim, você pode usar um chip no dispositivo e acessar a internet móvel a qualquer momento.

Contras

Apesar de oferecer um ótimo conjunto, o Galaxy Tab A7 também tem seus pontos fracos. O tablet da Samsung oferece carregamento rápido, mas vem com um carregador de capacidade inferior. Por isso, demora cerca de quatro horas para atingir 100% de carga. Se você quiser diminuir esse tempo, terá que comprar o carregador de 15 W separadamente. Para otimizar nossos testes, usamos um dispositivo que fez a recarga completa em 2h30.

Outro ponto negativo é o conjunto de câmeras. Essa não costuma ser uma característica de destaque nos tablets e com o Tab A7 não é diferente. O produto tem câmeras traseira e frontal medianas, que entregam fotos com poucos detalhes. Certamente, não é a melhor opção para quem curte fotografia.

O que vem na caixa

O Galaxy Tab A7 vem apenas com o carregador na caixa, que é bem lento, por sinal. Além disso, ele acompanha uma chavinha para abrir a gaveta onde ficam o chip e o cartão de memória. De resto, o tablet não traz acessórios extras, como fone de ouvido.

O Tab A7 vem com:

  • Cabo USB-C
  • Adaptador de tomada de 10 W
  • Chave para abrir a gaveta do chip
  • Manual do usuário
Galaxy Tab A7 acompanha apenas o carregador (Foto: Buscapé)

Ficha técnica

Design

O Galaxy Tab A7 é um tablet grande, com tela de 10,4 polegadas. Como tem bordas mais finas e simétricas, o display acaba causando menos impacto no tamanho do dispositivo. Obviamente, a moldura de um tablet não é igual à de um celular e acaba sendo um pouco mais grossa, visto que se trata de um aparelho que deve ser manuseado com as duas mãos.

De qualquer forma, a Samsung acertou em cheio ao colocar uma borda menor, que dá um aspecto mais elegante ao dispositivo, mas não compromete a pegada. Você consegue manusear o tablet tranquilamente sem toques acidentais na tela. Essa característica costuma estar presente em modelos mais premium, e é legal que a fabricante tenha trazido para um dispositivo mais barato.

Além disso, o design do Tab A7 é bem clean, com poucas interferências visuais, o que colabora para um aspecto mais refinado e elegante. Na traseira, o tablet tem apenas a câmera (sem flash), que fica levemente saltada na parte superior esquerda. Além disso, ele traz a marca Samsung escrita de forma bem discreta.

Na lateral direita, estão os botões power e de volume. Já na lateral esquerda, fica a gaveta para chip e cartão de memória. No Galaxy Tab A7 4G, você pode utilizar um cartao SIM, para acessar a internet 4G, e um microSD simultaneamente. No caso da versão com Wi-Fi, é possível utilizar apenas o cartão microSD para expandir o armazenamento.

Galaxy Tab A7 tem compartimento para chip e cartão de memória (Foto: Buscapé)

Na parte inferior, está ainda a porta USB-C para carregador, o microfone e uma entrada bem discreta para fone de ouvido.

Um detalhe interessante é o posicionamento da câmera frontal. Ela não fica na parte superior do dispositivo, mas na lateral. Assim, fica bem centralizada quando o tablet está na posição horizontal, sendo ideal para chamadas de vídeo. Um ponto de atenção, porém, é que, se você usa muito o tablet na vertical, pode acabar encostando na câmera acidentalmente e deixando-a com marcas. Por isso, vale passar um paninho sempre que for usar a câmera de selfies para fotografar ou fazer uma ligação.

Outro ponto de destaque do Tab A7 é seu sistema de som, sobre o qual entraremos em detalhes mais à frente. O aparelho traz quatro alto-falantes, sendo dois na parte inferior e dois na superior. Essa disposição é ideal para quando o tablet está posicionado na horizontal, pois distribui bem o áudio pelo ambiente. No entanto, também funciona bem quando o dispositivo está na vertical. O som não fica abafado em nenhuma posição que você usar o aparelho. Esse é uma característica incomum em tablets. Por isso, é um ótimo ponto positivo do modelo da Samsung.

As características da câmera e do alto-falante mostram que o Tab A7 é ideal para ser usado na horizontal. De qualquer maneira, a experiência com o dispositivo também é muito boa na vertical. Tudo depende do aplicativo que você está utilizando: o Instagram, por exemplo, funciona apenas na vertical.

Câmera frontal do Galaxy Tab A7 fica na lateral, quando o dispositivo está em pé (Foto: Buscapé)

Um dos destaques do Galaxy Tab A7 2020 é sua espessura bem fina, de 0,7 cm. O modelo é 7% mais fino em relação ao Galaxy Tab A10.1, lançado em 2019. Além disso, o tablet é leve, com peso de 477 gramas. Em relação às dimensões, ele tem 157,4 cm de altura x 247,6 cm de largura (na horizontal).

De forma geral, a pegada do Tab A7 é boa e você consegue usar o dispositivo por horas seguidas, tanto na horizontal como na vertical. Um ponto que vale mencionar é que, por ter uma traseira muito lisa, o dispositivo tem facilidade para escorregar das mãos. Então, é preciso segurar com firmeza. Por outro lado, o metal usado na construção se mostrou bastante resistente e não ficou com marcas de uso ou arranhões.

Ainda em relação ao design, o Galaxy Tab A7 está disponível em duas cores: grafite e dourado (modelo que nós testamos). Ambas são bem bonitas e têm um acabamento elegante em metal.

Vale ressaltar que o Tab A7 não traz leitor de impressões digitais. O recurso é bem útil e facilita o desbloqueio do dispositivo. Então, seria uma boa adição se o tablet contasse com a tecnologia. Nesse caso, ele traz apenas reconhecimento facial para desbloqueio rápido.

Tela

Como já adiantamos, o Galaxy Tab A7 tem uma tela de 10,4 polegadas, com proporção 16:9. O dispositivo sofreu um aumento em relação à versão de 2019, que tinha 10,1". Esse tamanho de display é ótimo para realizar diferentes tarefas, como estudar, assistir a vídeos, navegar na internet ou jogar. No entanto, é praticamente impossível manuseá-lo com uma mão só.

Apesar da resolução mais baixa, Galaxy Tab A7 tem tela com boa qualidade (Foto: Buscapé)

Em relação à qualidade, o produto tem 2000 x 1200 pixels de resolução. Além disso, traz um painel LCD TFT. Essas não são as melhores configurações que poderíamos ver em um tablet. Um painel do tipo AMOLED, por exemplo, seria mais interessante para ter cores mais vivas e imagens mais nítidas. A resolução também poderia ser maior, considerando que o dispositivo tem uma tela bem grande.

No entanto, por se tratar de um produto com foco maior em custo-benefício, é compreensível que a Samsung tenha feito esses cortes. De qualquer forma, a experiência com o display do Tab A7 é muito boa, seja para navegar nas redes sociais ou para assistir a vídeos, por exemplo. O dispositivo apresenta cores reais, com bom nível de contraste e nitidez.

O brilho da tela também é satisfatório. No entanto, como o display reflete muito, é possível que você tenha uma dificuldade maior para enxergar em lugares mais iluminados, mesmo que o brilho esteja no máximo.

Câmera traseira do Galaxy Tab A7 tem 8 MP e não conta com flash (Foto: Buscapé)

Câmera

Antes de começar a falar da câmera do Galaxy Tab A7, é importante frisar que, nesse ponto, os tablets são muito diferentes dos celulares. Atualmente, temos smartphones com diferentes tipos de lentes e sensores de alta capacidade. Especialmente no caso dos aparelhos tops de linha, é possível esperar imagens com alta qualidade, semelhante às câmeras profissionais.

No entanto, a situação é bem diferente quando falamos de tablets, principalmente em um modelo mais acessível. Por isso, não dá para ter uma expectativa muito alta em relação ao Tab A7.

O dispositivo tem duas câmeras: uma traseira de 8 MP e uma frontal de 5 MP, ambas sem flash. Falando do sensor traseiro, o resultado é razoável. Dependendo das condições de iluminação, você consegue ter boas fotos, mas o nível de detalhes é bem baixo. Se você der zoom na imagem, por exemplo, isso fica bastante evidente. À noite, a situação é um pouco pior e as fotos ficam com um aspecto pixelado. Vale ressaltar que não há modo noturno na câmera do aparelho.

Foto tirada com a câmera traseira do Galaxy Tab A7 (Foto: Buscapé)

Já em relação à câmera frontal, a situação é um pouco pior. Além do baixo nível de detalhes, o Galaxy Tab A7 apresenta certa dificuldade em equilibrar as cores de fundo e primeiro plano. Na foto abaixo, por exemplo, a pessoa fotografada ficou com uma aparência bem branca.

Selfie tirada com a câmera frontal do Galaxy Tab A7

Outro ponto negativo é que o tablet demora uns segundos para executar o aplicativo de câmera e também para focar no objeto fotografado. Por outro lado, o dispositivo traz alguns recursos voltados para fotografia, como Foco Dinâmico, que desfoca o fundo, Panorama, Moto Pro e Timelapse. Além disso, o aparelho também oferece filtros divertidos, semelhante ao Instagram, e efeitos de embelezamento.

Sobre os vídeos, ambas as gravam em Full HD a 30 frames por segundo. As filmagens não têm qualidade muito boa, nem são muito estáveis. Ainda assim, podem render vídeos razoáveis para as redes sociais.

Considerando o uso que as pessoas costumam fazer de um tablet, a câmera mais simples do Galaxy Tab A7 não deve ser um problema. Muitos usuários já têm smartphones com câmeras melhores. Além disso, não é muito corriqueiro usar um tablet para tirar fotos. De qualquer forma, em algumas situações mais eventuais, dá para o dispositivo "quebrar um galho". Já a câmera de selfies, mesmo com sua simplicidade, é uma boa alternativa para chamadas de vídeo.

Se você preza por ótimas câmera, um tablet talvez não seja o melhor produto para isso. Normalmente, esses dispositivos têm câmeras mais simples, mesmo os aparelhos mais caros. Nesse caso, um bom smartphone é o melhor investimento. Aproveite para conferir a nossa lista de celulares com melhores câmeras e a seleção de smartphones bons para fotos por até R$ 2.000.

Bateria

A bateria é um dos pontos fortes do Galaxy Tab A7. O dispositivo tem um componente com 7.040 mAh de capacidade, que está de acordo com o conjunto de hardware e com a tela maior, que acaba consumindo mais energia. A Samsung não divulga uma estimativa em horas, mas promete bateria para o dia todo.

Carregador que acompanha o Galaxy Tab A7 é bem lento e leva 4 horas até 100% (Foto: Buscapé)

Em nossos testes, não chegamos a utilizar o tablet de forma recorrente durante um dia inteiro, ao contrário do que acontece com um celular, por exemplo. O dispositivo foi usado algumas vezes ao dia para diferentes atividades, como estudar, acessar redes sociais, aplicativos de streaming e jogos.

Mantendo uma média de cerca de duas horas e meia de uso por dia, o Tab A7 aguentou cinco dias de uso com uma única carga. Para que você tenha uma noção do consumo, assistir a um filme na Netflix por uma hora, com a tela no brilho máximo, consome cerca de 15% de bateria.

Considerando esses dados, é possível fazer uma boa estimativa de uso do dispositivo em uso moderado. Certamente, o Galaxy Tab A7 vai atender os usuários que precisam de um aparelho que dure o dia todo.

Carregamento é lento e deixa a desejar

Apesar da bateria com ótima duração, o Tab A7 deixa a desejar em um ponto: o tempo de carregamento. Novamente, a Samsung não revela uma estimativa de tempo para chegar a até 100%. No entanto, promete carregamento rápido de até 15 W. O problema é que o tablet vem com um carregador de capacidade inferior (10 W) e o modelo que garante carregamento mais rápido deve ser adquirido separadamente.

Em nossos testes, o Galaxy Tab A7 levou quatro horas para ir de 0 a 100%, um tempo muito alto para os padrões atuais. Resolvemos refazer o teste com um carregador de 20 W de outra marca e esse tempo caiu para duas horas e meia, significativamente mais rápido.

É natural que uma bateria grande leve mais tempo para carregar completamente. Sabendo disso, seria interessante que a Samsung enviasse um carregador que agilizasse esse processo e não obrigasse o usuário a comprar por fora. Por se tratar de um dispositivo extremamente portátil, o ideal seria que ele ficasse menos tempo conectado à tomada.

Traseira do Galaxy Tab A7 tem visual elegante, com acabamento em metal (Foto: Buscapé)

Desempenho

O Galaxy Tab A7 tem a proposta de ser um tablet mais acessível, com foco em custo-benefício. Portanto, não dá para esperar um desempenho ultrarrápido. Ainda assim, o dispositivo não decepciona em performance.

O Tab A7 tem um processador Snapdragon 662, um modelo octa-core da Qualcomm, com velocidade máxima de 2 GHz. O chipset trabalha em conjunto com 3 GB de memória RAM. Embora seja possível encontrar smartphones com ficha técnica superior, essas especificações são muito boas para um tablet mais básico. O processador e os 3 GB de memória RAM dão conta das principais tarefas e aplicativos do dia a dia e até mesmo de alguns jogos.

Em nossos testes, conseguimos acessar redes sociais, aplicativos de streaming e navegar em sites da internet sem problemas. O dispositivo respondeu bem a todos os comandos e não apresentou travamentos ao lidar com multitarefas, conseguindo rodar diversos aplicativos simultaneamente.

Em games, tivemos uma experiência boa na maioria deles. O Galaxy Tab A7 rodou jogos leves com facilidade, como Candy Crush, Paciência e palavras-cruzadas. O problema apareceu somente em Asphalt 9, que é mais pesado. Nesse caso, o dispositivo até abriu o app com certa rapidez, mas os gráficos ficaram bem prejudicados e a experiência de jogar não foi das melhores.

Em relação ao desempenho, podemos dizer que o Tab A7 é bem versátil. Ele vai atender aos que procuram um tablet apenas para entretenimento, mas também aos que desejam utilizar o dispositivo para estudar ou trabalhar em tarefas mais leves.

Um ponto de atenção é a memória interna, visto que o dispositivo traz apenas 64 GB. Esse valor é suficiente para armazenar alguns aplicativos e arquivos. No entanto, deve ser pequeno para a maioria dos usuários, especialmente, porque o sistema consome uma parte dele: dos 64 GB, apenas 48 GB estão disponíveis para uso.

Detalhe dos alto-falantes inferiores e da porta para carregador do Traseira do Galaxy Tab A7 (Foto: Buscapé)

A parte boa é que tablet aceita cartões de memória de até 1 TB, então dá para aumentar esse valor. De qualquer forma, seria mais interessante que ele tivesse uma maior capacidade de armazenamento.

Uma característica que faz falta no Galaxy Tab A7 é a compatibilidade com a caneta S Pen. O acessório da Samsung é bastante útil para quem trabalha no tablet e ajuda a melhorar a produtividade. No entanto, por ser um produto mais barato, o tablet fica devendo nesse sentido.

Interface do sistema

O Galaxy Tab A7 vem de fábrica com Android 10, mas já recebeu atualização para a versão 11, que é mais recente. Assim como os outros dispositivos da Samsung, o tablet roda a interface personalizada One UI, da própria Samsung. Seu funcionamento é simples e intuitivo, com um visual simples de mexer. O único problema é a quantidade de aplicativos dispensáveis que já vêm pré-instalados.

O sistema personalizado traz alguns recursos exclusivos e bem interessantes para o Tab A7. Um dos destaques é o Modo Noturno, que ajuda a diminuir o cansaço dos olhos e a economizar bateria. O usuário ainda pode usar sua Samsung Account para acessar facilmente informações de outros dispositivos da marca, como fotos e agenda.

Além disso, para quem já tem um celular da própria Samsung, é possível usar o Auto Hotspot, que permite rotear a internet 4G do tablet de forma automática para outro aparelho. Outra ferramenta interessante é a "Chamada e texto em outros aparelhos". Com ele, você pode usar o número e o plano móvel do seu smartphone para fazer ligações e enviar mensagens do tablet sem que o chip tenha que estar nele.

Detalhe da gaveta para chip e cartão de memória do Galaxy Tab A7 (Foto: Buscapé)

Em nossos testes, tentamos configurar essas funções em um Galaxy A12 conectado à mesma Samsung Account, mas o tablet não reconheceu o aparelho. De qualquer forma, vale ressaltar que são recursos bastante interessantes e aumentam a integração entre os dispositivos da marca.

Já para quem pretende comprar o tablet para presentear os filhos, o Samsung Kids ajuda a manter as crianças mais seguras online. Com o serviço, os pais podem definir diversas restrições para que os filhos utilizem o tablet, além de monitorar o uso dos pequenos.

Som de alta qualidade

Um dos destaques do Galaxy Tab A7 é seu sistema de áudio quádruplo, com quatro alto-falantes com tecnologia Dolby Atmos. Na prática, a experiência sonora no tablet é bastante agradável. Além de ter um volume alto, o aparelho tem áudio de qualidade, com graves e agudos bem definidos. Por isso, é ideal para ouvir músicas, assistir a filmes ou jogar.

Outro ponto positivo é o posicionamento dos alto-falantes, que não deixam abafar o som, independente da orientação do dispositivo. Nesse ponto, a Samsung mandou muito bem e não economizou nos recursos, mesmo sendo um aparelho mais barato.

Detalhe dos botões e do alto-falante superior do Galaxy Tab A7 (Foto: Buscapé)

Conectividade

O Tab A7 também se destaca em conectividade. O dispositivo traz Bluetooth 5.0, que é uma versão mais estável e segura da tecnologia. Assim, você pode parear outros aparelhos, como um fone de ouvido ou o smartphone. Além disso, o tablet traz Wi-Fi, para se conectar à internet, e diversos outros recursos, como GPS e Glonass, que são voltados para localização.

O Galaxy Tab A7 4G traz ainda outro destaque: uma gaveta para cartão SIM que permite acessar a internet 4G de forma fácil. A tecnologia é útil para pessoas que utilizam o dispositivo fora de casa e precisam estar sempre conectadas. O funcionamento é bem semelhante ao de um celular e dá até para fazer ligações e enviar mensagens SMS pelo tablet.

Como a diferença de preços é pequena, a gente sugere que você invista nesse modelo, que é mais completo. No entanto, se não quiser contratar mais um plano de dados com a operadora, você tem a opção de rotear a internet do seu smartphone e criar uma rede Wi-Fi para acessar no Tab A7.

Galaxy Tab A7: preço e custo-benefício

Antes de entender o custo-benefício, vamos falar sobre o preço do Galaxy Tab A7. O tablet da Samsung foi lançado no Brasil em setembro de 2020 pelos preços de R$ 1.799 (só Wi-Fi) e R$ 1.999 (Wi-Fi + 4G). Na loja da Samsung, o dispositivo permanece com esses valores, que não são muito atraentes para um modelo básico.

Galaxy Tab A7 tem bordas mais finas (Foto: Buscapé)

No entanto, em lojas do e-commerce, já é possível encontrar o tablet bem mais barato. A A versão com apenas Wi-Fi custa cerca de R$ 1.230, enquanto o modelo com 4G sai por R$ 1.320 (valores coletados em 21/07/2021, data de publicação deste review). Como a diferença de valores não é tão grande, pode ser mais interessante investir na opção mais completa. Agora, vamos falar de custo-benefício: o Tab A7 vale a pena mesmo?

No nosso review do iPad 8ª geração, questionamos a utilidade de um tablet, visto que é um aparelho dispensável para a maioria das pessoas e que pode ser facilmente substituído por outros dispositivos, como celulares ou notebooks. Apesar do ótimo desempenho, se tratava de um produto muito caro e que não dizia para quê veio.

Com o Galaxy Tab A7, porém, a situação é diferente, visto que o dispositivo tem um foco maior em custo-benefício. Além disso, o tablet apresenta um ótimo conjunto, com bateria de longa duração, bom desempenho e tela de qualidade. Como o preço é mais amigável, principalmente no e-commerce, a compra acaba valendo a pena.

Nesse caso, ele pode ser interessante para quem precisa de um dispositivo portátil para trabalhar ou estudar, mas não tem como comprar um notebook, por exemplo. Além disso, é uma ótima opção para quem quer só entretenimento. Com sua tela grande e sistema de áudio quádruplo, o aparelho é bom para assistir a vídeos, navegar nas rede sociais e jogar games mais leves.

Acessórios compatíveis

O principal acessório que você pode investir ao comprar o Galaxy Tab A7 é uma capa. Além de proteger o dispositivo, esse item também facilita o uso, pois permite apoiar e manusear o aparelho em outras superfícies, como mesas.

Além disso, você pode investir em um bom fone de ouvido para usar com o Tab A7. Para quem prefere um modelo com cabo P2, o JBL Tune 110 é uma opção com bom custo-benefício.

Agora, se você quer um modelo Bluetooth e com alta qualidade de som, vale investir nos dispositivos da própria Samsung. O Galaxy Buds Live, por exemplo, tem um ótimo encaixe no ouvido. Já o Galaxy Buds Pro traz recursos avançados, como cancelamento de ruído e modo ambiente. Confira o review do Buds Live e os nossos testes com o Buds Pro. Aproveite para conhecer outros modelos na lista de melhores fones Bluetooth de 2021.

Por fim, se você estiver precisando de um celular e for comprá-lo junto com o tablet da Samsung, vale investir em um modelo da marca também. Os dispositivos da fabricante possuem maior integração e até alguns recursos exclusivos, como já citamos acima. O Galaxy A32 e o Galaxy A72 são ótimas opções entre os intermediários, mas você pode conferir outros modelos nas listas de melhores celulares Samsung e de smartphones Samsung baratos.

Produtos similares

O Galaxy Tab A7 é um tablet bem completo entre os modelos mais baratos. Por isso, é até difícil encontrar alguns concorrentes na mesma faixa de preço, principalmente, porque o mercado de tablets no Brasil não é tão amplo quanto o de celulares. De qualquer forma, se você estiver em busca de outras opções, vamos mostrar alguns modelos.

Para quem busca economia e não se incomoda em sacrificar um pouco o quesito desempenho, alguns modelos de fabricantes brasileiras podem agradar. É o caso do Positivo T770 e do Multilaser M9S GO. Esses dispositivos são bem mais baratos, mas terão performance inferior. Nesse caso, vale dar uma olhada também na lista de tablet bom e barato.

Já para quem quer um modelo com alto desempenho, a Samsung tem o Galaxy Tab S6 e o Galaxy Tab S7 Plus como ótimas opções. Nesse caso, recomendamos que você avalie bem as suas necessidades e verifique se um tablet é o melhor produto para atender a todas elas, visto que esses são aparelhos bem mais caros.

Além disso, a Samsung tem outras opções com preços mais amigáveis e características diferentes. O Galaxy Tab A 2019, por exemplo tem desempenho intermediário, opção com 4G e bateria para dez horas de uso. Já o Galaxy Tab A S Pen é uma versão mais acessível com tela de 8 polegadas e caneta S Pen, que facilita o uso.

Outra opção é o recém-lançado Galaxy Tab A7 Lite. O dispositivo tem tela menor, de 8,7 polegadas, mas ganha na quantidade de memória RAM, 4 GB. Por isso, deve oferecer ótimo desempenho, além de ser mais barato. Aproveite para conferir outras opções de tablets Samsung.

Por fim, se você é do time Apple e prefere um iPad, vale dar uma olhada no iPad 8ª geração, que é o modelo mais acessível da marca. Para quem busca alto desempenho, a dica é conferir iPad Pro, ideal para quem precisa de um dispositivo poderoso para trabalhar.

Para quem ainda tem dúvidas, vale conferir também as listas abaixo, voltadas para usos mais específicos:

  • Melhor tablet para jogos em 2021: confira a lista
  • Melhor tablet com chip: confira boas opções
  • Tablet para estudar: veja as melhores opções
  • Tablet infantil: os 10 melhores modelos para comprar

Conclusão

Em uma escala de 5 a 10 (onde 5 representa aparelhos medíocres, em que não vale a pena investir, e 10 significa um ótimo tablet, sem pontos negativos), a nota final do Buscapé para o Galaxy Tab A7 é 9. Nessa gradação, encontram-se os melhores modelos, com bom desempenho e poucos problemas. Dependendo das características que você procura em um tablet e do quanto está disposto a pagar, consideramos que produto vale a pena.

O Tab A7 tem ótimo conjunto e garante bom desempenho nas principais tarefas do dia a dia. Com bom custo-benefício, o dispositivo é ideal para estudar, trabalhar ou mesmo para entretenimento. Entre seus principais destaques, estão a bateria de longa duração, a tela grande de alta qualidade e ótimo sistema de áudio. Além disso, os pontos negativos, como carregamento lento e a câmera mediana, não chegam a ofuscar as vantagens.

Leia mais sobreTablet