Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Informações Básicas
TipoSmartphone
MarcaAsus
LinhaZenFone
Modelo3 ZE520KL
ChipsDual Chip
CoresBranco, Ouro, Preto
Câmera
Câmera Traseira16.0 Megapixels
Câmera Frontal8.0 Megapixels Frontal
Tela
Tamanho da Tela5.2 polegadas
Tipo de TelaIPS
Resolução1920 x 1080 Pixels
DefiniçãoFull HD
Hardware
ProcessadorQualcomm Snapdragon 625
NúcleosOcta-Core (8 Núcleos)
Velocidade do Processador2.0 GHz
Memória Interna32 GB
Memória RAM3 GB RAM
EntradasMicroSD, USB Type-C
Software
Sistema OperacionalAndroid
VersãoMarshmallow
Características e Conectividade
Internet4G, Wi-Fi
RecursosBluetooth 4.2, Leitor de Impressão Digital, Wi-Fi Direct
Bateria
Bateria2650 mAh
Dimensões
Largura73,9 mm
Altura146,8 mm
Profundidade7,6 mm
Peso144 g
Por Colaborador em 15/12/2016
O Zenfone 3 chega como novo intermediário de alto desempenho da Asus, junto de visual renovado e bastante atraente

Em sua terceira geração no Brasil, o Zenfone 3 chega com visual renovado e hardware mais potente, mas mantendo um preço mais atraente do que seus concorrentes

Prós
  • Novo visual, mais bonito

  • Processador Snapdragon é superior ao Intel

  • Câmera tira boas fotos

  • Bateria com boa autonomia

Contras
  • Acabamento é escorregadio

  • Interface ainda é pesada

  • Você escolhe entre ter dois chips ou memória externa

A Asus trocou muito da linha Zenfone em sua terceira geração. A empresa de Taiwan deixou de lado o processador Intel e agora aposta nos Qualcomm Smapdragon, que são mais velozes e consomem menos energia. Além disso, trocou a roupa e agora o smartphone não é mais de plástico, mas sim vidro e metal. A câmera recebeu melhorias, bateria também e vários outros pontos foram revistos. Confira, nesta análise, se o Zenfone continua sendo um dos queridinhos do Brasil e se ele ainda é um dos melhores aparelhos de sua categoria.

A Asus trocou muito da linha Zenfone em sua terceira geração. A empresa de Taiwan deixou de lado o processador Intel e agora aposta nos Qualcomm Smapdragon, que são mais velozes e consomem menos energia. Além disso, trocou a roupa e agora o smartphone não é mais de plástico, mas sim vidro e metal. A câmera recebeu melhorias, bateria também e vários outros pontos foram revistos. Confira, nesta análise, se o Zenfone continua sendo um dos queridinhos do Brasil e se ele ainda é um dos melhores aparelhos de sua categoria.

Acabamento e design

Um dos pontos que mais chama atenção no Zenfone 3 é justamente seu design. A Asus escolheu vidro e metal, para tomar lugar do plástico e conseguiu, desta forma, um visual muito elegante e sóbrio. O lado negativo disso é que o vidro escorrega bastante nas mãos. Em números, o Zenfone 3 vem com 14,6 centímetros de altura, por 7,4 de largura e 7,7 centímetros de espessura, tudo isso somado aos 144 gramas de peso total. Ele encaixa perfeitamente em uma bolsa não tão grande e em bolsos mais apertados.

Na frente temos a tela IPS LCD de 5.2 polegadas, com resolução de 1920 x1080 pixels e que conta com proteção Gorilla Glass 3. É mais do que o suficiente para exibir cores e detalhes com ótima qualidade, mesmo em ângulos grandes. Ainda na frente está a câmera frontal de 8 megapixels, botões sensíveis ao toque e o alto-falante. A lateral direita guarda a gaveta para os dois chips, ou então um chip e um cartão microSD de até 256 GB (não há possibilidade de utilizar o microSD e mais dois chips). Do outro lado estão os botões de controle de volume e outro para liga/desliga. Abaixo fica a porta USB-C, microfone e alto-falante, enquanto para cima está apenas a entrada para fones de ouvido.

Atrás estão os LEDs para flash, laser para ajudar no foco, leitor de impressões digitais e a câmera de 16 megapixels, que tira boas fotos até mesmo em condições nada bacanas, como de noite ou com pouca luz. A bateria, logo atrás, utiliza 2.600mAh e é capaz de suportar até um dia inteiro de uso moderado, sem ligar o modo econômico de uso.

O teclado é virtual e tira bom proveito da tela grande, exibindo uma fileira extra apenas para números e uma digitação confortável, já que há bastante espaço entre as teclas.

Um dos pontos que mais chama atenção no Zenfone 3 é justamente seu design. A Asus escolheu vidro e metal, para tomar lugar do plástico e conseguiu, desta forma, um visual muito elegante e sóbrio. O lado negativo disso é que o vidro escorrega bastante nas mãos. Em números, o Zenfone 3 vem com 14,6 centímetros de altura, por 7,4 de largura e 7,7 centímetros de espessura, tudo isso somado aos 144 gramas de peso total. Ele encaixa perfeitamente em uma bolsa não tão grande e em bolsos mais apertados.

Na frente temos a tela IPS LCD de 5.2 polegadas, com resolução de 1920 x1080 pixels e que conta com proteção Gorilla Glass 3. É mais do que o suficiente para exibir cores e detalhes com ótima qualidade, mesmo em ângulos grandes. Ainda na frente está a câmera frontal de 8 megapixels, botões sensíveis ao toque e o alto-falante. A lateral direita guarda a gaveta para os dois chips, ou então um chip e um cartão microSD de até 256 GB (não há possibilidade de utilizar o microSD e mais dois chips). Do outro lado estão os botões de controle de volume e outro para liga/desliga. Abaixo fica a porta USB-C, microfone e alto-falante, enquanto para cima está apenas a entrada para fones de ouvido.

Atrás estão os LEDs para flash, laser para ajudar no foco, leitor de impressões digitais e a câmera de 16 megapixels, que tira boas fotos até mesmo em condições nada bacanas, como de noite ou com pouca luz. A bateria, logo atrás, utiliza 2.600mAh e é capaz de suportar até um dia inteiro de uso moderado, sem ligar o modo econômico de uso.

O teclado é virtual e tira bom proveito da tela grande, exibindo uma fileira extra apenas para números e uma digitação confortável, já que há bastante espaço entre as teclas.

Desempenho e sistema operacional

Dentro está um Qualcomm MSM8953 Snapdragon 625, trabalhando como processador de oito núcleos que vão até 2 GHz, acompanhados de 3 GB de memória RAM e 32 GB de memória interna. A GPU é uma Adreno 506 e o desempenho geral é bastante bom. Rodamos mais de seis aplicativos abertos ao mesmo tempo e o Zenfone 3 não engasgou e nem travou. Em jogos, testamos títulos mais pesados como Modern Combat 5, Mortal Kombat X e Asphalt Xtreme, que rodaram bem e sem quedas bruscas na taxa de quadros por segundo. Claro que os gráficos não estavam no máximo em alguns jogos, mas esta é uma escolha inteligente por deixar a jogatina mais confortável.

O Android que está abaixo da tela está na versão 6.0.1 (Marshmallow) e trabalha com a ZenUI como interface proprietária da Asus. Ela altera bastante o sistema e ainda é uma das mais carregadas do mercado. Carregada e que faz com que o desempenho não seja exatamente aquilo que você espera de um intermediário mais poderoso. Ele vem com uma lista grande de apps pré-instalados, como o Kindle, navegador de internet da Asus, discador, galeria de fotos e reprodutor de músicas também da Asus. Vem com Gmail, Google Chrome, YouTube, Google Maps e StreetView também. Por fim, há um reprodutor de vídeos que trabalha com o padrão H.264 em arquivos MP4, AVI ou 3GP. Para músicas, nativamente, há suporte para MP3, WAV e eAAC+.

Na parte de comunicação há Wi-Fi 802.11 nos padrões a, b, g, n e ac, com Wi-Fi Direct e hotspot, Bluetooth 3.2 com A2DP, EDR e LE, GPS com A-GPS, GLONASS e Beidou, rádio FM com RDS e, para entender o mundo ao redor, você encontra acelerômetro, giroscópio, sensor de proximidade e bússola digital. O Zenfone 3 é dual-chip e funciona em qualquer operadora do Brasil em 3G ou 4G, sem problemas.

Dentro está um Qualcomm MSM8953 Snapdragon 625, trabalhando como processador de oito núcleos que vão até 2 GHz, acompanhados de 3 GB de memória RAM e 32 GB de memória interna. A GPU é uma Adreno 506 e o desempenho geral é bastante bom. Rodamos mais de seis aplicativos abertos ao mesmo tempo e o Zenfone 3 não engasgou e nem travou. Em jogos, testamos títulos mais pesados como Modern Combat 5, Mortal Kombat X e Asphalt Xtreme, que rodaram bem e sem quedas bruscas na taxa de quadros por segundo. Claro que os gráficos não estavam no máximo em alguns jogos, mas esta é uma escolha inteligente por deixar a jogatina mais confortável.

O Android que está abaixo da tela está na versão 6.0.1 (Marshmallow) e trabalha com a ZenUI como interface proprietária da Asus. Ela altera bastante o sistema e ainda é uma das mais carregadas do mercado. Carregada e que faz com que o desempenho não seja exatamente aquilo que você espera de um intermediário mais poderoso. Ele vem com uma lista grande de apps pré-instalados, como o Kindle, navegador de internet da Asus, discador, galeria de fotos e reprodutor de músicas também da Asus. Vem com Gmail, Google Chrome, YouTube, Google Maps e StreetView também. Por fim, há um reprodutor de vídeos que trabalha com o padrão H.264 em arquivos MP4, AVI ou 3GP. Para músicas, nativamente, há suporte para MP3, WAV e eAAC+.

Na parte de comunicação há Wi-Fi 802.11 nos padrões a, b, g, n e ac, com Wi-Fi Direct e hotspot, Bluetooth 3.2 com A2DP, EDR e LE, GPS com A-GPS, GLONASS e Beidou, rádio FM com RDS e, para entender o mundo ao redor, você encontra acelerômetro, giroscópio, sensor de proximidade e bússola digital. O Zenfone 3 é dual-chip e funciona em qualquer operadora do Brasil em 3G ou 4G, sem problemas.

Acessórios e o que há na caixa

O Zenfone 3 chega ao mercado com alguns acessórios originais da Asus, como capas e até baterias externas. No mercado é possível encontrar outros modelos, mais baratos, que incluem mais capas, películas e cabos sobressalentes. Na caixa você tem o celular, carregador de tomada, cabo de dados USB, adaptador de USB-C para USB convencional, fone de ouvido, certificado de garantia e manual do usuário.

A Asus oferece 12 meses de garantia.

O Zenfone 3 chega ao mercado com alguns acessórios originais da Asus, como capas e até baterias externas. No mercado é possível encontrar outros modelos, mais baratos, que incluem mais capas, películas e cabos sobressalentes. Na caixa você tem o celular, carregador de tomada, cabo de dados USB, adaptador de USB-C para USB convencional, fone de ouvido, certificado de garantia e manual do usuário.

A Asus oferece 12 meses de garantia.

Conclusão

O Zenfone 3 é outro aparelho, não é um sucessor direto do Zenfone 2. Mesmo assim ele aposta em um visual renovado e o abandono inteligente da Intel pela Asus em smartphones. O processador da Qualcomm é mais veloz, mais inteligente e consome menos energia para fazer a mesma coisa. O visual do smartphone ficou com cara de premium, mesmo custando a mesma coisa que outros modelos mais simples. A interface ainda continua como ponto fraco bastante forte. Mesmo assim, por seu preço, vale o investimento.

Matérias Relacionadas
10/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
Verificado
10/10 Recomendo este produto
Avaliação Geral95%Recomendam a compra
9/10Baseado em 204 avaliações
Aspectos Positivos
  • Câmera
  • Design
  • Facilidade de Uso
  • Display
  • Custo-Benefício
  • Funções e Características
  • Duração da Bateria
  • Durabilidade
Pontos de Atenção
  • Duração
Enviar sua Avaliação