Adquirir um ar-condicionado automotivo é sinônimo de conforto para o dia a dia. Afinal, o equipamento é o único capaz de tornar o clima a bordo mais agradável. Mas os benefícios não param por aí: ele também desempenha outras funções que podem garantir o seu bem-estar. A purificação do ar dentro da cabine, por exemplo, é uma das delas. Além disso, o ar-condicionado para carro é uma opção a mais de segurança ao permitir rodar com as janelas fechadas, evitando possíveis assaltos.

Mas, assim como qualquer outro equipamento elétrico, o ar-condicionado automotivo também exige manutenções frequentes. Na maioria das vezes, o intervalo de seis meses é suficiente para garantir o bom funcionamento do sistema. No entanto, o prazo pode variar de acordo com as características e o tempo de uso da máquina. Para entender melhor o assunto, preparamos um guia completo sobre a manutenção do ar-condicionado para carro. Dê uma olhada nessas dicas!

Como funciona o ar-condicionado automotivo?

Entenda os passos necessários para ocorrer a refrigeração feita pelo ar-condicionado automotivo (Imagem: Reprodução/Shutterstock) 

Antes de descobrir os cuidados necessários com o ar-condicionado para carro, é importante entender como o equipamento funciona. De maneira geral, o seu sistema é bem semelhante aos modelos de ar-condicionado doméstico. O seu funcionamento é baseado em quatro princípios: evaporação, condensação, compressão e expansão. Na prática, isso permite que o sistema opere como um trocador de calor, usando mudanças de estado de um fluido refrigerante para controlar a temperatura no veículo.

Todo o processo se inicia no compressor, que conectado ao motor por meio de uma correia, envia o fluído ao condensador para resfriá-lo. Com a alta pressão e a queda de temperatura, esse fluído se transforma em líquido e é enviado para o filtro de ar. Nessa etapa, ocorre a remoção de todas as impurezas e umidades. Por fim, o material refrigerante passa pela redução de temperatura e pressão, adquirindo a aparência de névoa característica do ar-condicionado automotivo.

A importância da manutenção do ar-condicionado para carro

Não é novidade que a manutenção do ar-condicionado automotivo pode fazer toda a diferença no desempenho do seu sistema. Mas, além de aumentar a durabilidade do equipamento, os cuidados podem preservar a saúde de quem utiliza o veículo. Isso porque o processo impede o acúmulo de sujeiras, mofo e bactérias no interior do ar-condicionado para carro - evitando problemas respiratórios e alérgicos. Com isso, é possível que o aparelho filtre o ar corretamente e garanta o bem-estar dentro do veículo.

Também vale ressaltar que respeitar o intervalo entre as manutenções pode prevenir possíveis problemas no funcionamento do sistema. Na prática, isso pode impactar diretamente o seu bolso, evitando altos custos em revisões extras.

Se você está em busca de dicas de como limpar um ar-condicionado doméstico, nós temos um tutorial que pode te ajudar!

Manutenção do ar-condicionado para carro: como e quando fazer?

Geralmente, o ideal é realizar a manutenção do ar-condicionado automotivo, pelo menos, duas vezes ao ano ou a cada 10 mil km rodados. Por isso, carros usados em aplicativos de transporte ou táxis costumam exigir um intervalo menor entre as revisões. No entanto, existem outros fatores que também podem indicar a necessidade da manutenção. Um ar-condicionado para carro que demora a resfriar a cabine, por exemplo, é o primeiro deles.  Se a intensidade que você costumava usar para o resfriamento não é mais suficiente, isso significa que houve queda de desempenho. Outra condição que serve de alerta é a presença de odores ruins no veículo. Isso porque o cheiro pode estar relacionado à um ar-condicionado automotivo sujo e com acúmulo de bactérias.

Por fim, fique atento aos barulhos vindo do ar-condicionado para carro. Caso você o ligue e escute um ruído incomum, isso pode ser um sinal de problema. Nesse sentido, sons constantes podem indicar que o compressor do ar não está funcionando corretamente.

Uma boa alternativa para economizar é realizar a manutenção do ar-condicionado automotivo em casa. Embora o serviço profissional seja mais duradouro, as técnicas certas podem garantir que um bom trabalho seja feito por você.

Confira algumas opções de ar-condicionado automotivo para comprar

Se o seu ar-condicionado automotivo precisa ser substituído ou você quer instalar um ar-condicionado no seu carro caso ele não possua essa comodidade, vale a pena investir num kit universal. Confira as opções abaixo:

Kit TechnoAuto de ar-condicionado automotivo universal para carros de grande porte

Prós do kit de ar-condicionado automotivo da TechnoAuto:

  • É mais moderno e potente do que outros modelos similares;
  • Opera com menos força de atrito;
  • É um dos únicos modelos que não gera alta pressão mesmo depois que o motor aquece;
  • Oferece garantia de 1 ano.

Contras do kit de ar-condicionado automotivo da TechnoAuto:

  • Deve ser utilizado apenas em carros grandes, como caminhões e pickups;
  • Não possui  suporte do compressor.

Kit TechnoAuto de ar-condicionado automotivo universal para carros pequenos

Prós do kit de ar-condicionado automotivo da TechnoAuto:

  • Conta com condensador multi flow tech, o que permite maior capacidade de dissipação do calor;
  • Possui alta capacidade de absorção da umidade do sistema, protegendo-o contra "golpes de líquido";
  • Oferece garantia de 1 ano.

Contras do kit de ar-condicionado automotivo da TechnoAuto:

  • Só pode ser instalado em veículos de baixa cilindrada, como carros de passeio;
  • Não possui suporte do compressor.