O Galaxy M51 é um celular da Samsung que fez muito sucesso no início de 2021, aparecendo constantemente na lista de smartphones mais vendidos do Buscapé. O aparelho é um intermediário que se destaca pela bateria poderosa de 7.000 mAh. Por isso, muitos usuários podem pensar em comprar o Samsung M51 na Black Friday 2021, que acontece no próximo dia 26.

Entretanto, é preciso analisar com calma, porque o telefone teve um aumento do preço nos últimos meses. Assim, deixou de oferecer um bom custo-benefício. Para te ajudar a não cair em ciladas, a gente preparou este artigo com motivos para não comprar o Galaxy M51 na Black Friday. Veja também outros smartphones que podem ser boas opções para ficar de olho na ocasião.

Galaxy M51 é um smartphone intermediário que ainda faz sucesso, mas custo-benefício não compensa (Foto: Shutterstock)

Galaxy M51: preço

O principal motivo para você não comprar o Samsung Galaxy M51 na Black Friday é justamente o preço. O smartphone ainda tem especificações medianas para o padrão de intermediários atuais. Entretanto, sofreu um aumento de preço muito grande nos últimos meses, após o lançamento dos seus sucessores. Por isso, a compra não compensa mais.

Esse comportamento é comum no mercado de celulares. Os smartphones são lançados por um preço mais alto e meses depois já começam a aparecer com descontos. Entretanto, no ano seguinte, após a chegada de novas gerações, o valor volta a subir. Assim, os usuários tendem a optar pelos modelos mais recentes e não os mais antigos.

O Galaxy M51 foi lançado no Brasil em novembro de 2020 por R$ 2.899. Em pouco tempo, chegou à faixa de R$ 1.500, apresentando um ótimo custo-benefício na ocasião. Entretanto, um ano depois, ele teve um novo aumento. Agora, pode ser visto em uma faixa de R$ 1.900 a R$ 2.100. Por esse preço, é possível encontrar smartphones com especificações superiores. É justamente por isso que a gente diz que não vale mais a pena investir no aparelho.

Galaxy M51 teve um aumento de preço nos últimos meses, o que prejudicou seu custo-benefício (Foto: Mosaico)

A compra do M51 faria sentido apenas se ele estivesse muito mais barato durante a Black Friday, algo na casa de R$ 1.400 ou menos. Entretanto, essa queda parece bem improvável, considerando o Histórico de Preços do celular nos últimos meses. Ele aparece em uma tendência de subida de preço. Confira os valores de hoje abaixo:

Ficha técnica mediana para 2021

O Galaxy M51 não é um smartphone ruim, mas tem uma ficha técnica mediana, principalmente, considerando o mercado de celulares para 2022. Se olharmos os modelos mais recentes, não só da Samsung, mas também de outras marcas, é possível encontrar melhores opções nessa faixa de preço de R$ 2.000.

Por exemplo, a tela do Galaxy M51 tem taxa de atualização de 60 Hz. Esse é o padrão para displays de celulares, mas atualmente já vemos muitos intermediários com, pelo menos, 90 Hz. Além disso, o conjunto de câmera quádrupla, embora faça fotos aceitáveis, não tem estabilização óptica, como no Galaxy A72. Outro ponto é a câmera frontal de 32 MP, que tem dificuldade para equilibrar as cores em selfies noturnas.

Vale ainda destacar que o Samsung Galaxy M51 vem com áudio mono, em vez de som estéreo. Outra desvantagem é o design de plástico que tem facilidade para arranhar. Por isso, provavelmente, você vai precisar de uma capinha para proteger o aparelho.

Galaxy M51 tem pequenos pontos negativos, como áudio mono e tela de 60 Hz (Foto: Shutterstock)

Enfim, são pequenas pontos negativos que não chegam a causar impactos profundos no uso do Galaxy M51. Entretanto, quando somados ao preço atual, eles acabam fazendo a compra não valer a pena. É o custo-benefício que se perdeu.

Lançamento do M62 e do M52 5G

Como falamos mais acima, o lançamento das gerações seguintes é outro fator que torna a compra do Galaxy M51 menos atraente. Isso porque os modelos sucessores têm especificações superiores e podem ser encontrados com preços semelhantes ou até mais baratos.

O Galaxy M62, por exemplo, é uma excelente opção de intermediário no quesito custo-benefício. Ele já teve uma boa queda de preço desde o seu lançamento, em agosto de 2021. Para quem gosta da bateria de 7.000 mAh do M51, o smartphone mantém essa característica, aguentando por até três dias de uso moderado. Além disso, trouxe diversas melhorias em desempenho, incluindo memória RAM de 8 GB, que garante uma performance sem travamentos.

Atualmente, já é possível encontrar o Galaxy M62 com preços entre R$ 1.500 e R$ 1.600. Ou seja, ele está bem mais barato do que o Galaxy M51 e traz ficha técnica superior. Por isso, é uma boa opção para quem procura um intermediário bem completo, com ótimo desempenho e bateria de longa duração, por um preço relativamente acessível. Veja outros detalhes no review do Galaxy M62.

Já o Galaxy M52 5G foi o primeiro modelo da linha Galaxy M compatível com internet 5G, que deve começar a funcionar no Brasil em 2022. Ele traz algumas semelhanças com o antecessor Samsung M51, como memória RAM de 6 GB, armazenamento de 128 GB e tela de 6,7 polegadas com resolução Full HD+. Entretanto, se diferencia pelo conjunto de câmera tripla, com sensor principal de 64 MP, e pela bateria de 5.000 mAh, que é inferior.

O M52 5G já pode ser encontrado por cerca de R$ 1.500. Ou seja, também é mais barato que o Galaxy M51. Nesse caso, se internet 5G é uma característica importante para você, vale investir no modelo, que é um dos mais baratos nessa categoria. Saiba mais sobre o aparelho na análise de ficha técnica do Galaxy M52 5G.

Ao longo deste texto, explicamos diversos motivos pelos quais a gente não recomenda a compra do Galaxy M51 na Black Friday 2021. O preço mais alto é o principal deles, visto que podemos encontrar diversos modelos mais recentes, com especificações melhores e valores mais baixos.

Se você ainda estiver em dúvidas sobre qual celular comprar durante a sexta-feira de promoções, vale conferir a nossa lista de apostas de smartphones para a Black Friday. Selecionamos modelos de diversas marcas que devem ficar mais baratos na ocasia. Para os fãs de Galaxy, a dica é conferir os celulares da Samsung que podem ter desconto.

Veja no vídeo abaixo outras dicas de celulares para comprar na Black Friday 2021:

Leia mais sobreCelular