Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Smartphone Samsung Galaxy A3 SM-A310M
Ícone de Favorito

8/10 (Baseado em 27 avaliações)

Produto Indisponível

Avise-me quando chegar
Informações Básicas
TipoSmartphone
MarcaSamsung
LinhaGalaxy
ModeloA3 SM-A310M
ChipsDual Chip
CoresDourado, Preto, Rosa
Câmera
Câmera Traseira13.0 Megapixels
Funções da CâmeraDetector de Rosto, Filma em Full HD, Flash, Foco Automático, HDR, Posição Geográfica
Câmera Frontal5.0 Megapixels Frontal
Tela
Tamanho da Tela4.7 polegadas
Tipo de TelaSUPER AMOLED
Resolução720 x 1280 Pixels
DefiniçãoHD
Hardware
NúcleosQuad-Core (4 Núcleos)
Velocidade do Processador1.5 GHz
Memória Interna16 GB
Memória RAM1.5 GB RAM
EntradasFone de Ouvido, MicroSD
Software
Sistema OperacionalAndroid
VersãoLollipop
Características e Conectividade
Internet4G, Wi-Fi
RecursosBluetooth 4.1, MP3 Player, NFC, Rádio, Wi-Fi Direct
Bateria
Bateria2300 mAh
Autonomia em Conversação14 Horas
Dimensões
Largura65,2 mm
Altura134,5 mm
Profundidade7,3 mm
Peso132 g
Por Colaborador em 19/12/2016
O Galaxy A3 de 2016 é um dos smartphones intermediários com melhor custo-benefício

A Samsung criou o Galaxy A3 de 2016 como opção para o mercado de entrada, só que com visual e detalhes de aparelho mais caro.

Prós
  • Corpo em metal é elegante e robusto

  • Tela de alta qualidade e HD

  • Rádio FM

  • Câmera registra boas fotos

Contras
  • Acabamento é escorregadio

  • Pouca memória RAM

O Galaxy A3 de 2016 faz parte de uma releitura da linha A, que trabalha em um mundo de intermediários, só que com visual mais elegante e recursos extras. Ele vem com processador Snapdragon 410, 16 GB de memória interna e 1.5 GB de memória RAM. O corpo é feito em metal e vidro, com tela de 4,7 polegadas e tecnologia Super AMOLED. Confira, nesta análise, se o Galaxy A3 de 2016 é realmente um ótimo aparelho para quem busca o primeiro passo dentro do mundo Android.

O Galaxy A3 de 2016 faz parte de uma releitura da linha A, que trabalha em um mundo de intermediários, só que com visual mais elegante e recursos extras. Ele vem com processador Snapdragon 410, 16 GB de memória interna e 1.5 GB de memória RAM. O corpo é feito em metal e vidro, com tela de 4,7 polegadas e tecnologia Super AMOLED. Confira, nesta análise, se o Galaxy A3 de 2016 é realmente um ótimo aparelho para quem busca o primeiro passo dentro do mundo Android.

Acabamento e design

O acabamento do Galaxy A3 passa uma forte sensação de que você tem um smartphone mais caro em mãos. Ele é um dos raríssimos modelos intermediários que utiliza metal e vidro, deixando de lado o plástico mais frágil. O problema é que a pegada sofre um pouco, já que a traseira escorrega bastante. Na frente temos uma tela de 4.7 polegadas, feita em Super AMOLED e que trabalha com resolução de 1280 x 720 pixels. É mais do que o suficiente para praticamente qualquer ambiente, mas a qualidade se sobressai em luz solar direta e no contraste. Ainda na frente está a câmera frontal de 5 megapixels e os botões sensíveis ao toque - junto do botão físico, que volta para a tela inicial.

Do lado direito estão os botões de controle de volume, com o liga/desliga na outra extremidade. Na parte inferior estão as entradas para cabo de dados e fone de ouvido, junto do alto-falante e do microfone principal. Em cima temos o microfone secundário e a entrada para os dois chips, que pode servir também como expansão de memória com um microSD, de até 256 GB. A traseira, em vidro, apresenta o flash LED e a câmera de 13 megapixels, que sabe bem tirar fotos boas até mesmo em ambientes mais escuros.

Em números, temos 13,4 centímetros de altura, por 6,5 de largura e 0,7 centímetro de espessura, tudo isso somado aos 132 gramas de peso total. Com estes dados em mente, temos um smartphone que não faz tanto volume em uma calça mais apertada, por exemplo. A bateria está atrás e não é removível, trabalhando com 2.300mAh de capacidade e que suporta até um dia inteiro de uso moderado. O teclado é virtual e fica um pouco apertado na tela, mas que acaba entregando uma digitação confortável por mostrar bem os limites de cada tecla.

O acabamento do Galaxy A3 passa uma forte sensação de que você tem um smartphone mais caro em mãos. Ele é um dos raríssimos modelos intermediários que utiliza metal e vidro, deixando de lado o plástico mais frágil. O problema é que a pegada sofre um pouco, já que a traseira escorrega bastante. Na frente temos uma tela de 4.7 polegadas, feita em Super AMOLED e que trabalha com resolução de 1280 x 720 pixels. É mais do que o suficiente para praticamente qualquer ambiente, mas a qualidade se sobressai em luz solar direta e no contraste. Ainda na frente está a câmera frontal de 5 megapixels e os botões sensíveis ao toque - junto do botão físico, que volta para a tela inicial.

Do lado direito estão os botões de controle de volume, com o liga/desliga na outra extremidade. Na parte inferior estão as entradas para cabo de dados e fone de ouvido, junto do alto-falante e do microfone principal. Em cima temos o microfone secundário e a entrada para os dois chips, que pode servir também como expansão de memória com um microSD, de até 256 GB. A traseira, em vidro, apresenta o flash LED e a câmera de 13 megapixels, que sabe bem tirar fotos boas até mesmo em ambientes mais escuros.

Em números, temos 13,4 centímetros de altura, por 6,5 de largura e 0,7 centímetro de espessura, tudo isso somado aos 132 gramas de peso total. Com estes dados em mente, temos um smartphone que não faz tanto volume em uma calça mais apertada, por exemplo. A bateria está atrás e não é removível, trabalhando com 2.300mAh de capacidade e que suporta até um dia inteiro de uso moderado. O teclado é virtual e fica um pouco apertado na tela, mas que acaba entregando uma digitação confortável por mostrar bem os limites de cada tecla.

Desempenho e sistema operacional

Do lado de dentro nós temos um processador Qualcomm MSM8916 Snapdragon 410, que trabalha com quatro núcleos rodando em 1.5 GHz, junto de 1.5 GB de memória RAM, GPU Adreno 306 e 16 GB de memória interna. O desempenho é aceitável para sua categoria, mas há concorrentes que trabalham com mais memória RAM e isso faz com que o Galaxy A3 de 2016 não seja tão ágil assim. Em jogos, títulos mais leves rodaram muito bem (como Asphalt Nitro, Candy Crush e Angry Birds), mas alguns mais pesados mostraram que o limite de processamento já havia sido alcançado, em especial para o Asphalt Xtreme.

O Android que roda por aqui está na versão 5.1.1 e há promessa de atualização para a versão 6.0.1, de graça. Ele roda abaixo da TouchWiz, interface customizada da Samsung e que entrega alguns pontos extras. Um deles, e mais importante, está na barra de atalhos que ficam na parte de notificações. Ela pode ser editada e organizada ao seu gosto. Em apps pré-instalados, temos alguns como o Word, Excel, PowerPoint, OneDrive, Google Chrome, Google Maps, YouTube, Gmail e até o buscador do Google. O tocador de músicas é capaz de reconhecer arquivos MP3, WAV, WMA, eAAC+ e FLAC, enquanto o de vídeos reproduz nos formatos H.264, MP4 e WMV, de até alta definição.

Em comunicações, a Samsung trouxe Wi-Fi 802.11 nos padrões b, g e n, com Wi-Fi Direct e hotspot, Bluetooth 4.1 com A2DP, EDR e LE, GPS com A-GPS, GLONASS e Beidou, NFC e rádio FM. Para entender o mundo ao redor, o smartphone ainda conta com acelerômetro, sensor de proximidade e bússola digital. O Galaxy A3 de 2016 é compatível com qualquer operadora do Brasil em 3G e 4G.

Do lado de dentro nós temos um processador Qualcomm MSM8916 Snapdragon 410, que trabalha com quatro núcleos rodando em 1.5 GHz, junto de 1.5 GB de memória RAM, GPU Adreno 306 e 16 GB de memória interna. O desempenho é aceitável para sua categoria, mas há concorrentes que trabalham com mais memória RAM e isso faz com que o Galaxy A3 de 2016 não seja tão ágil assim. Em jogos, títulos mais leves rodaram muito bem (como Asphalt Nitro, Candy Crush e Angry Birds), mas alguns mais pesados mostraram que o limite de processamento já havia sido alcançado, em especial para o Asphalt Xtreme.

O Android que roda por aqui está na versão 5.1.1 e há promessa de atualização para a versão 6.0.1, de graça. Ele roda abaixo da TouchWiz, interface customizada da Samsung e que entrega alguns pontos extras. Um deles, e mais importante, está na barra de atalhos que ficam na parte de notificações. Ela pode ser editada e organizada ao seu gosto. Em apps pré-instalados, temos alguns como o Word, Excel, PowerPoint, OneDrive, Google Chrome, Google Maps, YouTube, Gmail e até o buscador do Google. O tocador de músicas é capaz de reconhecer arquivos MP3, WAV, WMA, eAAC+ e FLAC, enquanto o de vídeos reproduz nos formatos H.264, MP4 e WMV, de até alta definição.

Em comunicações, a Samsung trouxe Wi-Fi 802.11 nos padrões b, g e n, com Wi-Fi Direct e hotspot, Bluetooth 4.1 com A2DP, EDR e LE, GPS com A-GPS, GLONASS e Beidou, NFC e rádio FM. Para entender o mundo ao redor, o smartphone ainda conta com acelerômetro, sensor de proximidade e bússola digital. O Galaxy A3 de 2016 é compatível com qualquer operadora do Brasil em 3G e 4G.

Acessórios e o que vem na caixa

Na caixa temos o celular, um carregador de tomada, cabo de dados, fone de ouvido, ferramenta para ejetar o chip da operadora e também o manual de instruções. No mercado é fácil encontrar vários acessórios, como capas protetoras, películas, cabos sobressalentes e uma infinidade de periféricos que conversam com o smartphone via Bluetooth.

A Samsung oferece 12 meses de garantia.

Na caixa temos o celular, um carregador de tomada, cabo de dados, fone de ouvido, ferramenta para ejetar o chip da operadora e também o manual de instruções. No mercado é fácil encontrar vários acessórios, como capas protetoras, películas, cabos sobressalentes e uma infinidade de periféricos que conversam com o smartphone via Bluetooth.

A Samsung oferece 12 meses de garantia.

Conclusão

O Galaxy A3 de 2016 não é o smartphone de entrada mais barato, mas passa a sensação de que você tem um smartphone ainda mais caro nas mãos. O acabamento em vidro e metal dá um toque de requinte e aumenta a sensação de aparelho robusto. A câmera é uma das melhores de sua categoria e o mesmo vale para a tela. Pontos negativos ficam no acabamento escorregadio e na quantidade baixa de memória RAM, que afeta diretamente o desempenho.

Matérias Relacionadas
10/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
Verificado
10/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
2/10 Não recomendo este produto
Avaliação Geral92%Recomendam a compra
8/10Baseado em 27 avaliações
Aspectos Positivos
  • Facilidade de Uso
  • Display
  • Design
  • Custo-Benefício
  • Durabilidade
  • Funções e Características
  • Câmera
  • Duração da Bateria
Enviar sua Avaliação