Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Smartphone Motorola Moto X Play XT1563 32GB
Ícone de Favorito

9/10 (Baseado em 302 avaliações)
Menor preço R$ 1.789,00Comprar por R$ 1.789,00
Informações Básicas
TipoSmartphone
MarcaMotorola
LinhaMoto X
ModeloPlay XT1563 32GB
ChipsDual Chip
CoresBranco, Preto
Câmera
Câmera Traseira21 Megapixels
Funções da CâmeraFilma em 4K, Flash Duplo, HDR, Modo Contínuo, Panorama, Slow Motion, Zoom de 4x
Câmera Frontal5.0 Megapixels Frontal
Tela
Tamanho da Tela5.5 polegadas
Tipo de TelaFull HD
Hardware
ProcessadorQualcomm Snapdragon 615
NúcleosOcta-Core (8 Núcleos)
Velocidade do Processador1.7 GHz
Memória Interna32 GB
Memória RAM2 GB RAM
EntradasFone de Ouvido
Software
Sistema OperacionalAndroid
VersãoLollipop
Características e Conectividade
Internet4G, Wi-Fi
RecursosBluetooth 4.0, MP3 Player, NFC
ProteçãoRepelente à Água
Bateria
Bateria3630 mAh
Dimensões
Largura75 mm
Altura148 mm
Profundidade10,9 mm
Peso169 g
Por Colaborador em 24/09/2015
Com bateria de grande autonomia e câmera de 21 megapixels, o Moto X Play tenta bater os concorrentes

O Moto X Play conta com hardware mediano, mas bateria de grande autonomia, câmera de altíssima resolução e tela Full HD.

Prós
  • Bateria de longa autonomia

  • Ótima ergonomia

  • Espaço interno de sobra 

  • Dual-chip

Contras
  • Tela TFT perdeu em qualidade para o IPS ou AMOLED

     

  • Acabamento de qualidade inferior ao que já existe na linha Moto X

A Motorola dividiu a linha Moto X em duas vertentes, sendo o Moto X Play a versão mais simples. O processador não é tão potente como no Moto X de segunda geração, mas a bateria melhorou, junto da câmera de maior resolução. A tela ainda é grande e os alto-falantes frontais garantem som estéreo, ou jogo e filme com maior envolvimento pelo áudio que sai de cada um dos lados. Confira, nesta análise, se este pode ser seu próximo celular inteligente da Motorola.

A Motorola dividiu a linha Moto X em duas vertentes, sendo o Moto X Play a versão mais simples. O processador não é tão potente como no Moto X de segunda geração, mas a bateria melhorou, junto da câmera de maior resolução. A tela ainda é grande e os alto-falantes frontais garantem som estéreo, ou jogo e filme com maior envolvimento pelo áudio que sai de cada um dos lados. Confira, nesta análise, se este pode ser seu próximo celular inteligente da Motorola.

Características físicas e experiência de uso

O Moto X Play é todo feito em plástico, deixando de lado o metal que estava na borda das duas gerações anteriores do Moto X, o que faz com que seu acabamento fique com menor qualidade, mas sem qualquer rebarba ou defeito de fabricação por aqui. Na parte da frente temos uma tela de 5.5 polegadas, com resolução Full HD, densidade aproximada de 403 pixels por polegada e proteção Gorilla Glass 3, para riscos leves e arranhões mais superficiais. Ainda por aqui estão os dois alto-falantes que reproduzem som em estéreo e a câmera frontal, com seus 5 megapixels e lente com grande angular.

Do lado direito ficam os botões para controle de volume e um para liga/desliga, do outro lado não há nada. Em cima está a gaveta para os dois chips da operadora e cartão microSD de até 128 GB, junto de uma entrada para fone de ouvido. Do lado oposto temos apenas a entrada microUSB. Atrás temos a câmera de 21 megapixels, dois LEDs para flash e a tampa levemente emborrachada, que não oferece acesso para a bateria, mas que pode ser trocada por outra de cor diferente. A bateria, logo abaixo, tem 3.630mAh, capaz de durar um dia e meio de uso normal ou até dois dias de uso moderado.

Suas dimensões são de 14,8 centímetros de altura, por 7,5 centímetros de largura e 1,09 centímetro de espessura, tudo isso somado aos 169 gramas de peso total. As bordas do aparelho são levemente arredondadas e a traseira encaixa bem na mão, que tem a pegada ainda mais confortável por conta da textura áspera da tampa, com sensação de ser algo feito de borracha. O teclado é virtual e tira bom proveito da tela grande, com teclas espaçadas e que garantem uma digitação mais confortável e veloz.

O Moto X Play é todo feito em plástico, deixando de lado o metal que estava na borda das duas gerações anteriores do Moto X, o que faz com que seu acabamento fique com menor qualidade, mas sem qualquer rebarba ou defeito de fabricação por aqui. Na parte da frente temos uma tela de 5.5 polegadas, com resolução Full HD, densidade aproximada de 403 pixels por polegada e proteção Gorilla Glass 3, para riscos leves e arranhões mais superficiais. Ainda por aqui estão os dois alto-falantes que reproduzem som em estéreo e a câmera frontal, com seus 5 megapixels e lente com grande angular.

Do lado direito ficam os botões para controle de volume e um para liga/desliga, do outro lado não há nada. Em cima está a gaveta para os dois chips da operadora e cartão microSD de até 128 GB, junto de uma entrada para fone de ouvido. Do lado oposto temos apenas a entrada microUSB. Atrás temos a câmera de 21 megapixels, dois LEDs para flash e a tampa levemente emborrachada, que não oferece acesso para a bateria, mas que pode ser trocada por outra de cor diferente. A bateria, logo abaixo, tem 3.630mAh, capaz de durar um dia e meio de uso normal ou até dois dias de uso moderado.

Suas dimensões são de 14,8 centímetros de altura, por 7,5 centímetros de largura e 1,09 centímetro de espessura, tudo isso somado aos 169 gramas de peso total. As bordas do aparelho são levemente arredondadas e a traseira encaixa bem na mão, que tem a pegada ainda mais confortável por conta da textura áspera da tampa, com sensação de ser algo feito de borracha. O teclado é virtual e tira bom proveito da tela grande, com teclas espaçadas e que garantem uma digitação mais confortável e veloz.

Características técnicas e desempenho

Do lado de dentro o Moto X Play conta com processador Snapdragon 615 que roda oito núcleos, sendo quatro em 1.7 GHz e outros quatro em 1 GHz, todos em 64 bits, acompanhados de 2 GB de memória RAM e 32 GB de memória interna, que pode crescer com até 128 GB de um microSD. A GPU é uma Adreno 405 e tudo isso resulta em um aparelho que roda bem o Android 5.1.1 que vem instalado, sem qualquer engasgo quando há até 5 aplicativos rodando ao mesmo tempo - depois disso o desempenho começa a cair, o que é natural de qualquer computador, tablet ou smartphone. Em jogos, testamos o Real Racing 3, Asphalt 8 e Mortal Kombat X, que rodaram bem e com gráficos no máximo.

A interface dos menus é de fácil aprendizado, com grande contraste nos ícones e textos simples de entender, mesmo para quem ainda não está acostumado com o Android. A Motorola coloca uma versão do Android quase que pura, o que contribui para um desempenho maior e menor quantidade de memória utilizada pelo aparelho, já que há poucos apps pré-instalados, além do pacote do Google. Dentro, temos apps como Google Chrome, YouTube, Google Maps, pequeno editor de fotos e vídeos, junto do tocador de músicas que é capaz de rodar arquivos MP3, AAC+, WAV e WMA, enquanto o de vídeos (que é apenas a galeria de fotos do Android) reproduz os formatos MP4, H.264 e WMV, sem travamentos até para vídeos de alta definição.

Na parte de conexões temos Wi-Fi 802.11 nos padrões a, b, g e n, Bluetooth 4.0 com A2DP e LE, GPS com A-GPS e 3G quadriband, junto de 4G funcionando no padrão brasileiro, que reconhece qualquer operadora nacional e antena FM com suporte para RDS.

Do lado de dentro o Moto X Play conta com processador Snapdragon 615 que roda oito núcleos, sendo quatro em 1.7 GHz e outros quatro em 1 GHz, todos em 64 bits, acompanhados de 2 GB de memória RAM e 32 GB de memória interna, que pode crescer com até 128 GB de um microSD. A GPU é uma Adreno 405 e tudo isso resulta em um aparelho que roda bem o Android 5.1.1 que vem instalado, sem qualquer engasgo quando há até 5 aplicativos rodando ao mesmo tempo - depois disso o desempenho começa a cair, o que é natural de qualquer computador, tablet ou smartphone. Em jogos, testamos o Real Racing 3, Asphalt 8 e Mortal Kombat X, que rodaram bem e com gráficos no máximo.

A interface dos menus é de fácil aprendizado, com grande contraste nos ícones e textos simples de entender, mesmo para quem ainda não está acostumado com o Android. A Motorola coloca uma versão do Android quase que pura, o que contribui para um desempenho maior e menor quantidade de memória utilizada pelo aparelho, já que há poucos apps pré-instalados, além do pacote do Google. Dentro, temos apps como Google Chrome, YouTube, Google Maps, pequeno editor de fotos e vídeos, junto do tocador de músicas que é capaz de rodar arquivos MP3, AAC+, WAV e WMA, enquanto o de vídeos (que é apenas a galeria de fotos do Android) reproduz os formatos MP4, H.264 e WMV, sem travamentos até para vídeos de alta definição.

Na parte de conexões temos Wi-Fi 802.11 nos padrões a, b, g e n, Bluetooth 4.0 com A2DP e LE, GPS com A-GPS e 3G quadriband, junto de 4G funcionando no padrão brasileiro, que reconhece qualquer operadora nacional e antena FM com suporte para RDS.

Acessórios e o que há na caixa

O Moto X Play conta com acessórios no mercado, como capas protetoras, traseiras de outras cores para o aparelho, película para o vidro, baterias externas, cabos sobressalentes e até caixa de som Bluetooth. Na caixa temos o celular, cabo de dados USB, carregador de tomada que é capaz de carregar a bateria por completo em duas horas e fone de ouvido, que divide espaço com o manual de instruções.

A Motorola oferece 12 meses de garantia.

O Moto X Play conta com acessórios no mercado, como capas protetoras, traseiras de outras cores para o aparelho, película para o vidro, baterias externas, cabos sobressalentes e até caixa de som Bluetooth. Na caixa temos o celular, cabo de dados USB, carregador de tomada que é capaz de carregar a bateria por completo em duas horas e fone de ouvido, que divide espaço com o manual de instruções.

A Motorola oferece 12 meses de garantia.

Conclusão

Se você busca um smartphone que não custa muito e ainda assim oferece um desempenho de ponta, boa autonomia de bateria e espaço de sobra para muitas fotos, vídeos e jogos, o Moto X Play é uma boa pedida. Este modelo conta com processador Snapdragon 615 que roda oito núcleos, com 32 GB de espaço interno e bateria que vai te deixar um dia e meio fora da tomada, sem medo de utilizar pouco o aparelho. Por outro lado, o acabamento perdeu o metal da versão anterior e a tela perdeu a tecnologia AMOLED. Mesmo com estes pontos negativos, o Moto X Play ainda é um ótimo aparelho.

Matérias Relacionadas
10/10Recomendo este produto
10/10Recomendo este produto
8/10Recomendo este produto
10/10Recomendo este produto
10/10Recomendo este produto
Avaliação Geral93%Recomendam a compra
9/10Baseado em 302 avaliações
Aspectos Positivos
  • Câmera
  • Facilidade de Uso
  • Duração da Bateria
  • Design
  • Funções e Características
  • Display
  • Durabilidade
  • Custo-Benefício
Pontos de Atenção
  • Funções Extras
  • Qualidade
  • Desempenho
  • Som
Enviar sua Avaliação