Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Carregando
Achou caro?
Crie um alerta de preço que a gente avisa você!
Maior preço registrado:R$ 1.199,99
Menor preço registrado:R$ 645,90
Me avise quando o preço chegar em:
0%
0%
100%
Arraste a barra para controlar o valor do pedido
Informações Básicas
TipoSmartphone
MarcaLG
ModeloK10 K430
ChipsDual Chip
CoresBranco, Dourado, Indigo
Câmera
Câmera Traseira13.0 Megapixels
Funções da CâmeraFilma em Full HD, Flash, Foco Automático, Temporizador
Câmera Frontal8.0 Megapixels Frontal
Tela
Tamanho da Tela4.93 polegadas
Resolução720 x 1280 Pixels
Hardware
ProcessadorMediaTek MT6753
NúcleosOcta-Core (8 Núcleos)
Memória Interna16 GB
EntradasFone de Ouvido, USB
Software
Sistema OperacionalAndroid
VersãoMarshmallow
Características e Conectividade
Internet4G, Wi-Fi
RecursosBluetooth 4.0, MP3 Player, Rádio
Bateria
Bateria2300 mAh
Dimensões
Largura74,8 mm
Altura146,6 mm
Profundidade8,8 mm
Peso153 g
Por Colaborador em 31/05/2016
Com boa pinta e hardware com ótimos números, o K10 poderia ser um dos melhores smartphones de sua categoria

Olhando de frente, este é o mais bonito celular de sua categoria, mas a LG escolheu trazer menos memória RAM e isso afeta seu desempenho final

Prós
  • Tela com ótima qualidade de cores

  • Design com belo acabamento

  • Câmera faz bem o serviço 

  • Android com previsão de atualização

Contras
  • Bateria conta com autonomia baixa 

  • Desempenho sofre com memória RAM enxuta

O LG K10 é uma das respostas da marca sul-coreana para o concorrido mercado de smartphones de médio custo, trazendo um design bastante agradável ao olhar, confortável nas mãos e que entrega uma tela com vidro curvado nos cantos. Ele vem com processador Mediatek de oito núcleos e 16 GB de memória interna, mas peca ao trazer uma quantidade de memória RAM inferior ao modelo internacional. Confira, nesta análise, se o K10 pode ser seu próximo celular inteligente com Android.

O LG K10 é uma das respostas da marca sul-coreana para o concorrido mercado de smartphones de médio custo, trazendo um design bastante agradável ao olhar, confortável nas mãos e que entrega uma tela com vidro curvado nos cantos. Ele vem com processador Mediatek de oito núcleos e 16 GB de memória interna, mas peca ao trazer uma quantidade de memória RAM inferior ao modelo internacional. Confira, nesta análise, se o K10 pode ser seu próximo celular inteligente com Android.

Características físicas e experiência de uso

O K10 conta com corpo todo feito em plástico, com ótimo acabamento e que encaixa bem nas mãos - graças à curvatura que há na traseira, junto de sua textura mais áspera. O vidro frontal é levemente curvado nos cantos, o que dá uma sensação de aparelho premium. Na frente temos uma tela de 5.3 polegadas, com resolução de 1280 x 720 pixels, densidade aproximada de 277 pixels por polegada e que preenche quase que 71% da frente do aparelho. O display conta com tecnologia IPS LCD e exibe cores com boa precisão, mesmo quando o usuário utiliza o aparelho em ângulos desafiadores. Ainda por aqui estão os sensores de proximidade e luz, junto da câmera frontal de 8 megapixels.

Nas laterais não há qualquer botão, sendo que no topo temos apenas o microfone secundários, com entradas microUSB e para fone de ouvido abaixo do produto. Atrás ficam os botões de controle de volume e liga/desliga, dividindo espaço com a câmera de 13 megapixels e um flash LED. Para o canto inferior esquerdo, temos o alto-falante que é baixo demais - muito mais baixo do que qualquer concorrente.

Abrindo esta tampa temos as duas entradas para chip da operadora, outra para cartões microSD de até 32 GB e a bateria de 2.300mAh de capacidade, que é suficiente para aproximadamente um dia inteiro de uso moderado, ou quase que seis horas de jogo contínuo. O teclado é virtual e tira bom proveito da tela grande, exibindo até teclas numéricas em uma fileira extra de botões, com bom espaçamento e que oferecem uma digitação rápida.

O K10 conta com corpo todo feito em plástico, com ótimo acabamento e que encaixa bem nas mãos - graças à curvatura que há na traseira, junto de sua textura mais áspera. O vidro frontal é levemente curvado nos cantos, o que dá uma sensação de aparelho premium. Na frente temos uma tela de 5.3 polegadas, com resolução de 1280 x 720 pixels, densidade aproximada de 277 pixels por polegada e que preenche quase que 71% da frente do aparelho. O display conta com tecnologia IPS LCD e exibe cores com boa precisão, mesmo quando o usuário utiliza o aparelho em ângulos desafiadores. Ainda por aqui estão os sensores de proximidade e luz, junto da câmera frontal de 8 megapixels.

Nas laterais não há qualquer botão, sendo que no topo temos apenas o microfone secundários, com entradas microUSB e para fone de ouvido abaixo do produto. Atrás ficam os botões de controle de volume e liga/desliga, dividindo espaço com a câmera de 13 megapixels e um flash LED. Para o canto inferior esquerdo, temos o alto-falante que é baixo demais - muito mais baixo do que qualquer concorrente.

Abrindo esta tampa temos as duas entradas para chip da operadora, outra para cartões microSD de até 32 GB e a bateria de 2.300mAh de capacidade, que é suficiente para aproximadamente um dia inteiro de uso moderado, ou quase que seis horas de jogo contínuo. O teclado é virtual e tira bom proveito da tela grande, exibindo até teclas numéricas em uma fileira extra de botões, com bom espaçamento e que oferecem uma digitação rápida.

Características técnicas e desempenho

No lado de dentro a LG escolheu um Mediatek MT6753 para ser seu processador, que trabalha com oito núcleos rodando em 1.14 GHz, acompanhado de uma GPU Mali-T720MP3 e 1 GB de memória RAM, quantidade inferior aos 1.5 GB que estão disponíveis em versão internacional do smartphone. Estes 512 MB a menos fazem diferença no desempenho, que permite uma quantidade menor de aplicativos abertos ao mesmo tempo antes da velocidade geral do celular cair. Em nossos testes, três apps abertos juntos foi o suficiente para fazer o sistema engasgar e travar em alguns momentos. Testamos jogos mais simples, como Candy Crush e Angry Birds, que rodaram com certa leveza e com os gráficos no máximo. Títulos mais pesados como Real Racing 3 e Asphalt 8 sofreram com taxas de quadros por segundo baixas.

Controlando tudo isso há o Android 5.1.1 Lollipop, com promessa de atualização para a versão 6.0 Marshmallow e que funciona abaixo de uma interface alterada pela LG. Esta interface adiciona alguns recursos bacanas, como maior número de atalhos na barra de notificações, aplicativos de nota e gerenciador de memória RAM, junto de animações diferentes do que está no Android puro. Na lista de apps pré-carregados temos o Gmail, Google Maps, YouTube, Google Chrome e um programa para notas chamado QuickMemo, que é capaz de capturar a tela e permite que o usuário desenhe acima dela. Para músicas o K10 tem suporte nativo para arquivoa MP3, WAV e eAAC+, enquanto que para vídeos é possível rodar os formatos MP4, XviD e H.264 em alta definição.

Em comunicações temos Wi-Fi nos padrões a, b, g, n e ac, com dual-band, Wi-Fi Direct e roteador, Bluetooth 4.1 com A2DP e LE, GPS com A-GPS e GLONASS, NFC, rádio FM com RDS e para entender o mundo ao seu redor, há acelerômetro e sensor de proximidade. Este modelo é compatível com qualquer operadora 3G e 4G do Brasil em ambos os chips.

No lado de dentro a LG escolheu um Mediatek MT6753 para ser seu processador, que trabalha com oito núcleos rodando em 1.14 GHz, acompanhado de uma GPU Mali-T720MP3 e 1 GB de memória RAM, quantidade inferior aos 1.5 GB que estão disponíveis em versão internacional do smartphone. Estes 512 MB a menos fazem diferença no desempenho, que permite uma quantidade menor de aplicativos abertos ao mesmo tempo antes da velocidade geral do celular cair. Em nossos testes, três apps abertos juntos foi o suficiente para fazer o sistema engasgar e travar em alguns momentos. Testamos jogos mais simples, como Candy Crush e Angry Birds, que rodaram com certa leveza e com os gráficos no máximo. Títulos mais pesados como Real Racing 3 e Asphalt 8 sofreram com taxas de quadros por segundo baixas.

Controlando tudo isso há o Android 5.1.1 Lollipop, com promessa de atualização para a versão 6.0 Marshmallow e que funciona abaixo de uma interface alterada pela LG. Esta interface adiciona alguns recursos bacanas, como maior número de atalhos na barra de notificações, aplicativos de nota e gerenciador de memória RAM, junto de animações diferentes do que está no Android puro. Na lista de apps pré-carregados temos o Gmail, Google Maps, YouTube, Google Chrome e um programa para notas chamado QuickMemo, que é capaz de capturar a tela e permite que o usuário desenhe acima dela. Para músicas o K10 tem suporte nativo para arquivoa MP3, WAV e eAAC+, enquanto que para vídeos é possível rodar os formatos MP4, XviD e H.264 em alta definição.

Em comunicações temos Wi-Fi nos padrões a, b, g, n e ac, com dual-band, Wi-Fi Direct e roteador, Bluetooth 4.1 com A2DP e LE, GPS com A-GPS e GLONASS, NFC, rádio FM com RDS e para entender o mundo ao seu redor, há acelerômetro e sensor de proximidade. Este modelo é compatível com qualquer operadora 3G e 4G do Brasil em ambos os chips.

Acessórios e o que vem na caixa

No mercado é possível encontrar alguns acessórios específicos para este modelo, mas não em grande quantidade. Encontramos, por exemplo, capinhas, películas e cabos sobressalentes. Na caixa a LG entrega o smartphone, cabo de dados USB, carregador de tomada, fones de ouvido e manual de instruções.

A LG oferece 12 meses de garantia.

No mercado é possível encontrar alguns acessórios específicos para este modelo, mas não em grande quantidade. Encontramos, por exemplo, capinhas, películas e cabos sobressalentes. Na caixa a LG entrega o smartphone, cabo de dados USB, carregador de tomada, fones de ouvido e manual de instruções.

A LG oferece 12 meses de garantia.

Conclusão

Se você busca um smartphone compacto, com design bem acabado e que encaixa bem nas mãos, pode encontrar tudo isso no K10. Ele tem bons números em hardware, mas no cotidiano o desempenho não acompanha tais números e ele acaba perdendo para seus concorrentes, principalmente em quantidade de memória RAM. Mesmo assim, seu custo é bom e ele pode ser uma boa escolha para os menos exigentes.

Matérias Relacionadas
6/10 Não recomendo este produto
8/10 Recomendo este produto
Verificado
10/10 Recomendo este produto
Verificado
10/10 Recomendo este produto
2/10 Não recomendo este produto
Avaliação Geral77%Recomendam a compra
8/10Baseado em 27 avaliações
Aspectos Positivos
  • Design
  • Facilidade de Uso
  • Custo-Benefício
  • Display
  • Durabilidade
  • Funções e Características
  • Câmera
Aspectos Negativos
  • Duração da Bateria
Enviar sua Avaliação