Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Informações Básicas
TipoSmartphone
MarcaAsus
LinhaZenFone
Modelo2 ZE551ML 16GB Z3580
ChipsDual Chip
CoresCinza, Ouro, Preto, Vermelho
Câmera
Câmera Traseira13.0 Megapixels
Funções da CâmeraFlash, Foco Automático, HDR
Câmera Frontal5.0 Megapixels Frontal
Tela
Tamanho da Tela5.5 polegadas
Tipo de TelaIPS
Resolução1920 x 1080 Pixels
Hardware
ProcessadorIntel Atom Z3580
NúcleosQuad-Core (4 Núcleos)
Velocidade do Processador2.3 GHz
Memória Interna16 GB
Memória RAM4 GB RAM
EntradasFone de Ouvido
Software
Sistema OperacionalAndroid
VersãoLollipop
Características e Conectividade
Internet4G, Wi-Fi
RecursosBluetooth 4.0, MP3 Player, NFC, Rádio
Bateria
Bateria3000 mAh
Dimensões
Largura77,2 mm
Altura152,5 mm
Profundidade10,9 mm
Peso170 g
Por Colaborador em 23/09/2015
Com processador Intel Atom quad-core de 2.3 GHz e 4 GB de RAM, o Zenfone 2 tenta chamar sua atenção na prateleira

Desempenho de sobra e memória RAM acima de seus concorrentes, são nomes que podemos dar para o Zenfone 2 e sua tela Full HD de 5.5 polegadas

Prós
  • 4 GB de memória RAM

     

  • Processador quad-core Intel Atom de 2.3 GHz

     

  • Câmera de alta qualidade

     

  • Pegada confortável e design arrojado

Contras
  • Botão liga/desliga está em local de difícil acesso 
  • Bateria poderia durar mais

O Zenfone 2 é a segunda geração de smartphones da Asus que chega ao Brasil, depois dos modelos Zenfone 5 e 6. Diferente dos aparelhos anteriores, o mais recente tem como objetivo brigar de frente com concorrentes de alto desempenho, como iPhones e aparelhos da linha Galaxy, da Samsung. Ele vem com processador quad-core da Intel, com 2.3 GHz, 4 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento interno. Confira, nesta análise, se este pode ser seu próximo smartphone.

O Zenfone 2 é a segunda geração de smartphones da Asus que chega ao Brasil, depois dos modelos Zenfone 5 e 6. Diferente dos aparelhos anteriores, o mais recente tem como objetivo brigar de frente com concorrentes de alto desempenho, como iPhones e aparelhos da linha Galaxy, da Samsung. Ele vem com processador quad-core da Intel, com 2.3 GHz, 4 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento interno. Confira, nesta análise, se este pode ser seu próximo smartphone.

Características físicas e ergonomia

O Zenfone 2 é um smartphone todo criado em plástico, com a traseira que lembra metal escovado e que conta com certa curvatura, que ajuda na hora da pegada mais confortável. A parte da frente exibe uma tela IPS LCD de 5.5 polegadas, com resolução Full HD, densidade aproximada de 401 pixels por polegada e proteção Gorilla Glass 3, para evitar riscos e arranhões mais leves. Ainda por aqui temos os três botões do Android, impressos e que não são iluminados (ponto negativo, principalmente para quem utiliza o aparelho em ambiente escuro), um detalhe com efeito concêntrico e, mais acima, fica a câmera frontal com seus 5 megapixels, junto de sensores de luz e proximidade.

Abaixo de tudo temos a entrada microUSB e o microfone principal, enquanto acima fica a entrada para fone de ouvido e o botão liga/desliga, que está em um local bem ruim para o tamanho do aparelho - é difícil alcançar com o dedo indicador, mesmo quando utilizando o smartphone com duas mãos. Os botões de volume estão na parte traseira, deixando as laterais livres de qualquer coisa. Junto deles está a câmera de 13 megapixels e os dois LEDs para flash (dual tone), com uma grelha larga que esconde, na parte inferior da tampa traseira, o alto-falante. A tampa conta com pintura fosca e levemente áspera. Abrindo, temos a bateria de 3.000mAh. Junto dela estão as duas entradas para chip da operadora (padrão micro-SIM) e outra, para o cartão de memória microSD que suporta até 64 GB de espaço extra.

Suas dimensões são de 15,25 centímetros de altura, por 7,7 centímetros de largura e 1 centímetro de espessura em seu local mais espesso. Tudo isso somado aos 170 gramas, que entregam um aparelho que poderia ser menor, com bordas mais finas, mas que mesmo assim oferece uma pegada de certa forma confortável. O teclado é virtual e tira proveito de toda tela, oferecendo uma linha extra apenas para os números e espaço de sobra entre cada tecla, o que ajuda na hora de digitar com mais velocidade e precisão.

O Zenfone 2 é um smartphone todo criado em plástico, com a traseira que lembra metal escovado e que conta com certa curvatura, que ajuda na hora da pegada mais confortável. A parte da frente exibe uma tela IPS LCD de 5.5 polegadas, com resolução Full HD, densidade aproximada de 401 pixels por polegada e proteção Gorilla Glass 3, para evitar riscos e arranhões mais leves. Ainda por aqui temos os três botões do Android, impressos e que não são iluminados (ponto negativo, principalmente para quem utiliza o aparelho em ambiente escuro), um detalhe com efeito concêntrico e, mais acima, fica a câmera frontal com seus 5 megapixels, junto de sensores de luz e proximidade.

Abaixo de tudo temos a entrada microUSB e o microfone principal, enquanto acima fica a entrada para fone de ouvido e o botão liga/desliga, que está em um local bem ruim para o tamanho do aparelho - é difícil alcançar com o dedo indicador, mesmo quando utilizando o smartphone com duas mãos. Os botões de volume estão na parte traseira, deixando as laterais livres de qualquer coisa. Junto deles está a câmera de 13 megapixels e os dois LEDs para flash (dual tone), com uma grelha larga que esconde, na parte inferior da tampa traseira, o alto-falante. A tampa conta com pintura fosca e levemente áspera. Abrindo, temos a bateria de 3.000mAh. Junto dela estão as duas entradas para chip da operadora (padrão micro-SIM) e outra, para o cartão de memória microSD que suporta até 64 GB de espaço extra.

Suas dimensões são de 15,25 centímetros de altura, por 7,7 centímetros de largura e 1 centímetro de espessura em seu local mais espesso. Tudo isso somado aos 170 gramas, que entregam um aparelho que poderia ser menor, com bordas mais finas, mas que mesmo assim oferece uma pegada de certa forma confortável. O teclado é virtual e tira proveito de toda tela, oferecendo uma linha extra apenas para os números e espaço de sobra entre cada tecla, o que ajuda na hora de digitar com mais velocidade e precisão.

Características técnicas e desempenho

Do lado de dentro o aparelho conta com um processador Intel Atom Z3580 que roda quatro núcleos em 2.3 GHz, acompanhados de 4 GB de memória RAM, GPU PowerVR G6430 e 16 GB de memória interna, que pode crescer com mais um microSD de até 64 GB. Toda esta sopa de letrinhas resulta em um aparelho que tem desempenho de sobra para fazer o Android, que por aqui está na versão 5.0 Lollipop, rodar sem qualquer engasgo mesmo com muitos aplicativos abertos ao mesmo tempo. Em nossos testes, foi possível rodar mais de 10 apps ao mesmo tempo, sem qualquer travamento ou queda no desempenho geral. O mesmo vale para jogos, que o Zenfone 2 roda com um pé nas costas. Asphalt 8, Mortal Kombat X e Real Racing 3 rodaram de forma ótima, com todos os três jogos abertos ao mesmo tempo e sem engasgos - um aberto e outros dois no fundo, claro.

Os menus são de fácil acesso mesmo para quem ainda não utilizou o Android, com textos claros e alto contraste entre ícones da interface. Falando nela, chamada de ZenUI, temos uma enorme quantidade de apps pré-instalados, o que ocupa boa parte da memória interna com soluções que você pode nem utiliar, como o Omlet Chat (que não faz sentido, quando moramos no país onde WhatsApp é extremamente popular, junto do Messenger do Facebook), ZenCircle (uma espécie de Instagram, só que para os usuários do Zenfone 2). Há o conjunto de apps do Google, com direito ao Chrome, YouTube, Google Maps e Hangouts, que serve como plataforma de mensagens entre usuários do Android, computador, iPhones e outros dispositivos.

O tocador de músicas é capaz de reproduzir formatos MP3, WAV e também eAAC+, enquanto o de vídeos trabalha com os arquivos em MP4 e H.264, de alta definição e sem engasgos durante a reprodução. Em comunicações temos Wi-Fi 802.11 nos padrões a, b, g, n e ac, Bluetooth 4.0 com A2DP e EDR, GPS com A-GPS e GLONASS e 3G quadriband e 4G funcionando em qualquer operadora brasileira. Há também rádio FM com suporte para RDS.

Do lado de dentro o aparelho conta com um processador Intel Atom Z3580 que roda quatro núcleos em 2.3 GHz, acompanhados de 4 GB de memória RAM, GPU PowerVR G6430 e 16 GB de memória interna, que pode crescer com mais um microSD de até 64 GB. Toda esta sopa de letrinhas resulta em um aparelho que tem desempenho de sobra para fazer o Android, que por aqui está na versão 5.0 Lollipop, rodar sem qualquer engasgo mesmo com muitos aplicativos abertos ao mesmo tempo. Em nossos testes, foi possível rodar mais de 10 apps ao mesmo tempo, sem qualquer travamento ou queda no desempenho geral. O mesmo vale para jogos, que o Zenfone 2 roda com um pé nas costas. Asphalt 8, Mortal Kombat X e Real Racing 3 rodaram de forma ótima, com todos os três jogos abertos ao mesmo tempo e sem engasgos - um aberto e outros dois no fundo, claro.

Os menus são de fácil acesso mesmo para quem ainda não utilizou o Android, com textos claros e alto contraste entre ícones da interface. Falando nela, chamada de ZenUI, temos uma enorme quantidade de apps pré-instalados, o que ocupa boa parte da memória interna com soluções que você pode nem utiliar, como o Omlet Chat (que não faz sentido, quando moramos no país onde WhatsApp é extremamente popular, junto do Messenger do Facebook), ZenCircle (uma espécie de Instagram, só que para os usuários do Zenfone 2). Há o conjunto de apps do Google, com direito ao Chrome, YouTube, Google Maps e Hangouts, que serve como plataforma de mensagens entre usuários do Android, computador, iPhones e outros dispositivos.

O tocador de músicas é capaz de reproduzir formatos MP3, WAV e também eAAC+, enquanto o de vídeos trabalha com os arquivos em MP4 e H.264, de alta definição e sem engasgos durante a reprodução. Em comunicações temos Wi-Fi 802.11 nos padrões a, b, g, n e ac, Bluetooth 4.0 com A2DP e EDR, GPS com A-GPS e GLONASS e 3G quadriband e 4G funcionando em qualquer operadora brasileira. Há também rádio FM com suporte para RDS.

Acessórios e o que há na caixa

A lista de acessórios para o Zenfone 2 inclui capinhas protetoras, películas para o vidro e cabos sobressalentes, indo até flash externo de xênon e baterias externas. Na caixa temos o celular, carregador de tomada com tecnologia que carrega 60% da bateria em 40 minutos, cabo USB com ponta microUSB e fone de ouvido, junto do manual de instruções.

A Asus oferece 12 meses de garantia.

A lista de acessórios para o Zenfone 2 inclui capinhas protetoras, películas para o vidro e cabos sobressalentes, indo até flash externo de xênon e baterias externas. Na caixa temos o celular, carregador de tomada com tecnologia que carrega 60% da bateria em 40 minutos, cabo USB com ponta microUSB e fone de ouvido, junto do manual de instruções.

A Asus oferece 12 meses de garantia.

Conclusão

Se você busca o melhor smartphone em desempenho, com poder de fogo de sobra para durar muito tempo na sua mão e abrindo tudo que é aplicativo sem engasgos, o Zenfone 2 é uma ótima pedida. O aparelho vem com monstruosos 4 GB de memória RAM, acompanhado de um processador Intel Atom de quatro núcleos e rodando tudo isso em 2.3 GHz, com instruções para 64 bits. Por outro lado, o design deixou o botão de liga/desliga em uma posição não muito ergonômica e a bateria poderia ter maior autonomia. Mesmo assim, considerando seu custo-benefício, ele é um dos melhores Androids do mercado.

Matérias Relacionadas
10/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
Verificado
10/10 Recomendo este produto
Verificado
8/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
Avaliação Geral90%Recomendam a compra
9/10Baseado em 140 avaliações
Aspectos Positivos
  • Facilidade de Uso
  • Design
  • Display
  • Funções e Características
  • Câmera
  • Custo-Benefício
  • Durabilidade
Aspectos Negativos
  • Duração da Bateria
Enviar sua Avaliação