Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Informações Básicas
TipoSmartphone
MarcaApple
LinhaiPhone
Modelo6S Plus 128GB
ChipsSingle Chip
CoresCinza Espacial, Dourado, Ouro Rosa, Prata
Câmera
Câmera Traseira12.0 Megapixels
Funções da CâmeraDetector de Rosto, Filma em 4K, Foco Automático, HDR, Panorama, Posição Geográfica, Timer
Câmera Frontal5.0 Megapixels Frontal
Tela
Tamanho da Tela5.5 polegadas
Tipo de TelaRetina HD
Resolução1920 x 1080 Pixels
Hardware
ProcessadorApple A9
NúcleosDual-Core (2 Núcleos)
Memória Interna128 GB
EntradasFone de Ouvido
Software
Sistema OperacionaliOS
Características e Conectividade
Internet4G, Wi-Fi
RecursosBluetooth 4.2, MP3 Player, NFC, Touch ID
Bateria
Autonomia em Stand-by384 Horas
Autonomia em Conversação24 Horas
Dimensões
Largura77,9 mm
Altura158,2 mm
Profundidade7,3 mm
Peso192 g
Por Colaborador em 24/11/2015
O iPhone 6S Plus de 128 GB é o melhor e mais caro smartphone da Apple que você vai encontrar no Brasil

O iPhone 6S Plus é o maior iPhone que a Apple tem e, em 2015, o mais poderoso e também o mais caro

Prós
  • Uma das melhores câmeras em smartphones

  • 128 GB de memória interna é muito espaço

     

  • Acabamento de primeira, em metal

     

  • 3D Touch é bastante inovador

Contras
  • É caro, muito caro

     

  • Bateria dura menos do que alguns concorrentes

O iPhone 6S Plus foi o maior lançamento da Apple em 2015, para o mundo de smartphones. O aparelho vem com tudo que há de melhor na empresa, com direito ao dobro de memória RAM do que o smartphone anterior, espaço de sobra para memória interna e uma câmera que ganhou mais resolução e mais qualidade final, além de finalmente poder filmar em 4K. Confira, nesta análise, se o iPhone 6S Plus pode ser seu próximo smartphone.

O iPhone 6S Plus foi o maior lançamento da Apple em 2015, para o mundo de smartphones. O aparelho vem com tudo que há de melhor na empresa, com direito ao dobro de memória RAM do que o smartphone anterior, espaço de sobra para memória interna e uma câmera que ganhou mais resolução e mais qualidade final, além de finalmente poder filmar em 4K. Confira, nesta análise, se o iPhone 6S Plus pode ser seu próximo smartphone.

Características físicas e experiência de uso

O iPhone 6S Plus é todo feito em metal nas bordas, com cantos levemente arredondados e que ajudam bastante na pegada, já que o material é áspero e isso faz com que ele não esocrregue com facilidade. Na frente temos uma tela IPS LCD de 5.5 polegadas, com resolução Full HD, densidade aproximada de 401 pixels por polegada e que ocupa aproximadamente 67,7% da frente do aparelho. Ainda na frente temos uma câmera frontal que agora trabalha com 5 megapixels, sensores de luz, proximidade e um leitor de impressões digitais que está em cima do único botão físico do aparelho e que consegue reconhecer a digital em menos de um segundo.

Do lado direito está o botão de liga/desliga e também a gaveta para inserção do chip da operadora, com os controladores de volume do lado oposto, dividindo espaço com uma alavanca que liga e desliga o modo silencioso. A entrada para cabos Lightning fica na parte inferior, com o alto-falante e o microfone. Atrás está a câmera de 12 megapixels, dois LEDs para flash e o microfone secundário, para isolamento de ruídos. Abaixo da tampa metálica está a bateria de 2.750mAh, que é suficiente para um dia inteiro de uso moderado, mas que perde para alguns concorrentes como o Moto X Force e o Galaxy S6 Edge Plus, quando o assunto é autonomia de bateria.

Suas dimensões são de 15,8 centímetros de altura, por 7,7 centímetros de largura e 0,7 centímetros de espessura, tudo isso somado aos 192 gramas de peso total. Em um bolso mais apertado o iPhone vai sim marcar e ficar até visível, para quem coloca o aparelho no bolso da camisa. Em mãos pequenas a operação com apenas uma mão é impossível, já que não dá para alcançar a tela com uma só mão - a mesma que segura o aparelho. O teclado é virtual e tira bom proveito da tela, exibindo teclas espaçadas e bem posicionadas.

O iPhone 6S Plus é todo feito em metal nas bordas, com cantos levemente arredondados e que ajudam bastante na pegada, já que o material é áspero e isso faz com que ele não esocrregue com facilidade. Na frente temos uma tela IPS LCD de 5.5 polegadas, com resolução Full HD, densidade aproximada de 401 pixels por polegada e que ocupa aproximadamente 67,7% da frente do aparelho. Ainda na frente temos uma câmera frontal que agora trabalha com 5 megapixels, sensores de luz, proximidade e um leitor de impressões digitais que está em cima do único botão físico do aparelho e que consegue reconhecer a digital em menos de um segundo.

Do lado direito está o botão de liga/desliga e também a gaveta para inserção do chip da operadora, com os controladores de volume do lado oposto, dividindo espaço com uma alavanca que liga e desliga o modo silencioso. A entrada para cabos Lightning fica na parte inferior, com o alto-falante e o microfone. Atrás está a câmera de 12 megapixels, dois LEDs para flash e o microfone secundário, para isolamento de ruídos. Abaixo da tampa metálica está a bateria de 2.750mAh, que é suficiente para um dia inteiro de uso moderado, mas que perde para alguns concorrentes como o Moto X Force e o Galaxy S6 Edge Plus, quando o assunto é autonomia de bateria.

Suas dimensões são de 15,8 centímetros de altura, por 7,7 centímetros de largura e 0,7 centímetros de espessura, tudo isso somado aos 192 gramas de peso total. Em um bolso mais apertado o iPhone vai sim marcar e ficar até visível, para quem coloca o aparelho no bolso da camisa. Em mãos pequenas a operação com apenas uma mão é impossível, já que não dá para alcançar a tela com uma só mão - a mesma que segura o aparelho. O teclado é virtual e tira bom proveito da tela, exibindo teclas espaçadas e bem posicionadas.

Características técnicas e desempenho

Se do lado de fora as mudanças são pequenas e muito do aparelho é quase que o mesmo do modelo lançado um ano antes, por dentro há novidades bem bacanas e que prometem melhor desempenho geral. Por aqui temos um processador que continua com dois núcleos, mas que agora trabalha com 1.84 GHz, acompanhado do dobro de memória RAM (são 2 GB agora) e uma GPU bem mais poderosa, uma PowerVR GT7600. Este conjunto faz com que o iOS rode sem qualquer engasgo, mesmo quando há muitos apps abertos ao mesmo tempo - muitos, mais de dez. Em jogos, testamos títulos pesados como o Asphalt 8, Modern Combat 5, Real Racing 3 e Mortal Kombat X, que rodaram com todos os gráficos no máximo e sem qualquer travamento.

O iOS que controla tudo isso está na versão 9 e será atualizado por alguns anos, no mesmo momento em que a Apple libera a atualização para todo o mundo. Os menus são de fácil acesso, graças aos textos com forte contraste e ícones coloridos. Em apps pré-instalados temos alguns como o Safari, iTunes, Apple Mapas, Saúde (que serve para monitorar suas atividades físicas) e outros que não são tão necessários para todos, como o bolsa (para acompanhar mercado de ações) e o Watch, que controla o Apple Watch e não pode ser desinstalado mesmo se você não tem o relógio inteligente da marca da maça.

Na parte de comunicações temos Wi-Fi nos padrões a, b, g, n e ac, com duas antenas e roteador, Bluetooth 4.2 com A2DP e LE, GPS com A-GPS e GLONASS, NFC apenas para o Apple Pay e 3G quadriband, que também aceita 4G no padrão brasileiro e para qualquer operadora do Brasil.

Se do lado de fora as mudanças são pequenas e muito do aparelho é quase que o mesmo do modelo lançado um ano antes, por dentro há novidades bem bacanas e que prometem melhor desempenho geral. Por aqui temos um processador que continua com dois núcleos, mas que agora trabalha com 1.84 GHz, acompanhado do dobro de memória RAM (são 2 GB agora) e uma GPU bem mais poderosa, uma PowerVR GT7600. Este conjunto faz com que o iOS rode sem qualquer engasgo, mesmo quando há muitos apps abertos ao mesmo tempo - muitos, mais de dez. Em jogos, testamos títulos pesados como o Asphalt 8, Modern Combat 5, Real Racing 3 e Mortal Kombat X, que rodaram com todos os gráficos no máximo e sem qualquer travamento.

O iOS que controla tudo isso está na versão 9 e será atualizado por alguns anos, no mesmo momento em que a Apple libera a atualização para todo o mundo. Os menus são de fácil acesso, graças aos textos com forte contraste e ícones coloridos. Em apps pré-instalados temos alguns como o Safari, iTunes, Apple Mapas, Saúde (que serve para monitorar suas atividades físicas) e outros que não são tão necessários para todos, como o bolsa (para acompanhar mercado de ações) e o Watch, que controla o Apple Watch e não pode ser desinstalado mesmo se você não tem o relógio inteligente da marca da maça.

Na parte de comunicações temos Wi-Fi nos padrões a, b, g, n e ac, com duas antenas e roteador, Bluetooth 4.2 com A2DP e LE, GPS com A-GPS e GLONASS, NFC apenas para o Apple Pay e 3G quadriband, que também aceita 4G no padrão brasileiro e para qualquer operadora do Brasil.

Acessórios e o que há na caixa

A lista de acessórios compatíveis com o iPhone 6S Plus é imensa e inclui todo tipo de cabos sobressalentes, adaptadores, fones de ouvido, capas para o corpo do aparelho, películas para o vidro e até periféricos que conversam com o smartphone por meio de conexão Bluetooth. Na caixa temos o celular, cabo de dados Lightning, carregador de tomada, fone de ouvido Earpods em sua própria caixinha e manual de instruções.

A Apple oferece 12 meses de garantia.

A lista de acessórios compatíveis com o iPhone 6S Plus é imensa e inclui todo tipo de cabos sobressalentes, adaptadores, fones de ouvido, capas para o corpo do aparelho, películas para o vidro e até periféricos que conversam com o smartphone por meio de conexão Bluetooth. Na caixa temos o celular, cabo de dados Lightning, carregador de tomada, fone de ouvido Earpods em sua própria caixinha e manual de instruções.

A Apple oferece 12 meses de garantia.

Conclusão

Se você ama a Apple, tem muito dinheiro sobrando e quer um smartphone que pode conviver contigo por mais de dois anos, o iPhone 6S Plus de 128 GB é a melhor opção disponível. Ele é o maior e mais parrudo celular que a Apple fez em 2015, com tecnologia inovadora no 3D Touch e muito espaço para músicas, jogos, apps, fotos e vídeos em 4K, gravados com a própria câmera que tira fotos em até 12 megapixels. Seu único problema, se o dinheiro não for um deles, é que a bateria poderia durar mais - já que alguns Androids duram mais.

Matérias Relacionadas
10/10Recomendo este produto
10/10Recomendo este produto
10/10Recomendo este produto
10/10Recomendo este produto
10/10Recomendo este produto
Avaliação Geral100%Recomendam a compra
9/10Baseado em 12 avaliações
Aspectos Positivos
  • Câmera
  • Design
  • Display
  • Funções e Características
  • Facilidade de Uso
  • Durabilidade
  • Duração da Bateria
Aspectos Negativos
  • Custo-Benefício
Enviar sua Avaliação