Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Carregando
Achou caro?
Crie um alerta de preço que a gente avisa você!
Maior preço registrado:R$ 3.558,80
Menor preço registrado:R$ 1.199,00
Me avise quando o preço chegar em:
0%
0%
100%
Arraste a barra para controlar o valor do pedido
Informações Básicas
MarcaSamsung
ModeloGear S3 Frontier SM-R760
MecanismoSmartwatch
Funções
FunçõesGPS, Pedômetro, Sensor de Frequência Cardíaca
Características
Material do VisorGorilla Glass
AlimentaçãoBateria Recarregável
Cor do VisorPreto
Prova d'águaSim
Resistência à Água1,5 M
Por Colaborador em 24/04/2017
Samsung Gear S3 Frontier: um smartwatch focado no exercício físico

Modelo segue a fórmula de continuar sendo um mostrador de notificações do celular, mas traz um design esportivo e ajuda usuário a se mantar focado na saúde

Prós
  • Design esportivo

  • Sistema intuitivo

  • Tela oferece alto brilho e boa visualização

  • Autonomia de 3 dias longe da tomada
Contras
  • É resistente à água, mas a Samsung não recomenda o mergulho... vai entender

  • Demora muito para carregar

  • Baixo custo/benefício, por ainda não oferecer muitos diferenciais

Ano após ano, as empresas que investem nos relógios inteligentes sempre tentam trazer algo mais inovador. Só que essa categoria parece ser uma das mais difíceis, pois estamos sempre falando de um dispositivo que mostra as horas e ainda espelha notificações do seu smartphone. Bom, a Samsung trouxe sua nova versão da categoria, o Gear S3 Frontier, um modelo mais esportivo, voltado para os amantes da prática do esporte. Será mesmo que vale a pena ter um modelito destes? É o que veremos a seguir.

Ano após ano, as empresas que investem nos relógios inteligentes sempre tentam trazer algo mais inovador. Só que essa categoria parece ser uma das mais difíceis, pois estamos sempre falando de um dispositivo que mostra as horas e ainda espelha notificações do seu smartphone. Bom, a Samsung trouxe sua nova versão da categoria, o Gear S3 Frontier, um modelo mais esportivo, voltado para os amantes da prática do esporte. Será mesmo que vale a pena ter um modelito destes? É o que veremos a seguir.

Design + usando no dia a dia

De cara, não tem como negar a beleza do smartwatch da Samsung. Construído todo em aço, o Gear S3 Frontier traz pulseira de borracha e uma borda giratória no estilo esportivo (o Gear S3 Classic oferece pulseira de couro, num visual mais sério). Ele passa facilmente por um relógio comum, inclusive com o padrão de 22 mm, permitindo a troca por pulseiras de seu gosto, em qualquer relojoeiro. Por não ser um modelo dos menores, pessoas com o braço mais fino terão a sensação de estar com o relógio do Faustão (ô loko, meu!). Mas um detalhe curioso é a presença da proteção IP68, que torna o Gear S3 resistente à poeira e água durante 30 minutos e 1,5 metro de profundidade. Até aí, tudo bem. O problema é que a própria fabricante não recomenda nadar ou mergulhar com ele... Como assim? Na água salgada sabemos que estraga mesmo, mas não poder pular na piscina, já é demais. Ao colocar no pulso, você aprende os comandos básicos, mas confesso que leva algum tempo para acostumar que o botão superior é o Voltar, o inferior leva ao Menu Principal e girar a borda para o lado correto (confesso que esse último continuo errando). Mas esse seletor giratório é algo essencial para esse tipo de aparelho, pois a tela fica apenas para a seleção dos apps. Depois de configurar tudo, o que é bastante rápido, pois depende de sincronizar com os apps da Samsung, aí é começar a usar. E chama a atenção o sistema operacional Tizen, bem intuitivo e de manuseio tranquilo. Pena que a gama de aplicativos é de baixa qualidade. A Samsung afirma que são mais de 10 mil apps disponíveis para uso, mas não encontrei nenhum interessante, além dos pré-instalados. Uma das vantagens de um smartwatch é não precisar tirar o celular do bolso toda hora para checar as notificações. Isso diminui a frequência do liga/desliga do smartphone. No relógio, basta fazer o movimento para que a tela se acenda girando o pulso (que nem sempre funciona) ou girar a roda. Todas as notificações ficam do lado esquerdo do relógio, enquanto os aplicativos e widgets ficam no lado direito. O atraso entre a notificação no celular e no relógio é pequena. Não curte o estilo do mostrador das horas? O Gear S3 conta com várias opções carregadas ou dezenas mais que podem ser baixadas pela loja online. Outro detalhe é que ele conta com alto-falante e microfone embutidos, o que permite realizar ligações diretamente do relógio. É estranho? Com certeza, mas funciona. Ah, e pode ficar tranquilo quanto à visualização de todos os conteúdos. A tela Super AMOLED de 1,3 polegadas possui alto brilho e mesmo com muita luz (no sol, principalmente) dá pra ver tudo de boa.

Feito para ser saudável + bateria

Com um processador dual-core de 1 GHz e 768 MB de RAM, o Gear S3 conta com 4 GB de armazenamento interno (apenas 1,5 GB estão disponíveis para uso), o que permite a instalação de novos apps (vimos que não tem muitas opções) e até colocar algumas músicas, pois o relógio também funciona independente do celular (inclusive via Wi-Fi). Ou seja, dá pra conectar um fone Bluetooth e deixar o celular em casa. Assim, a corridinha no parque não é prejudicada. E com o GPS embutido, ele rastreia sua rota para analisar seu exercício.

Mas o grande amigo do atleta aqui é o S Health. Ao identificar alguma movimentação, o próprio S3 já começa a contagem do exercício, caso você tenha se esquecido de iniciar por conta própria. O app oferece uma série de exercícios, desde corrida, ciclismo, até esteira ergométrica, polichinelos e pilates. Ele vai monitorando batimentos cardíacos, consumo de calorias, distância e tempo gasto durante o exercício. Isso sem falar que ele continua contando passos e agora também conta andares (não é lá muito preciso, mas é usado sem você pedir).

Sobre os sensores, além do já comentado leitor de batimentos cardíacos que mede frequentemente como estão as batidas do coração, esse modelo ainda conta com altímetro e barômetro. Além de verificar a altitude, medir a pressão atmosférica ajuda na precisão do app durante a prática esportiva, além de comentar que o clima pode sofrer algumas alterações. Como não dormi com o relógio, ele não mediu meu sono, mas ele consegue dizer se era de maneira leve ou pesada.

No quesito autonomia, são 380 mAh de capacidade e a Samsung promete duração de até 4 dias. Comigo, não durou tudo isso, mas usei durante 3 dias numa boa, sempre desligando o relógio ao dormir. Um resultado, em certo ponto, bacana. O que irritou mesmo foi o carregamento lento. São mais de 2 horas para ir de 0 a 100%. Algo bem negativo para um modelo com baixa capacidade.

Com um processador dual-core de 1 GHz e 768 MB de RAM, o Gear S3 conta com 4 GB de armazenamento interno (apenas 1,5 GB estão disponíveis para uso), o que permite a instalação de novos apps (vimos que não tem muitas opções) e até colocar algumas músicas, pois o relógio também funciona independente do celular (inclusive via Wi-Fi). Ou seja, dá pra conectar um fone Bluetooth e deixar o celular em casa. Assim, a corridinha no parque não é prejudicada. E com o GPS embutido, ele rastreia sua rota para analisar seu exercício.

Mas o grande amigo do atleta aqui é o S Health. Ao identificar alguma movimentação, o próprio S3 já começa a contagem do exercício, caso você tenha se esquecido de iniciar por conta própria. O app oferece uma série de exercícios, desde corrida, ciclismo, até esteira ergométrica, polichinelos e pilates. Ele vai monitorando batimentos cardíacos, consumo de calorias, distância e tempo gasto durante o exercício. Isso sem falar que ele continua contando passos e agora também conta andares (não é lá muito preciso, mas é usado sem você pedir).

Sobre os sensores, além do já comentado leitor de batimentos cardíacos que mede frequentemente como estão as batidas do coração, esse modelo ainda conta com altímetro e barômetro. Além de verificar a altitude, medir a pressão atmosférica ajuda na precisão do app durante a prática esportiva, além de comentar que o clima pode sofrer algumas alterações. Como não dormi com o relógio, ele não mediu meu sono, mas ele consegue dizer se era de maneira leve ou pesada.

No quesito autonomia, são 380 mAh de capacidade e a Samsung promete duração de até 4 dias. Comigo, não durou tudo isso, mas usei durante 3 dias numa boa, sempre desligando o relógio ao dormir. Um resultado, em certo ponto, bacana. O que irritou mesmo foi o carregamento lento. São mais de 2 horas para ir de 0 a 100%. Algo bem negativo para um modelo com baixa capacidade.

Conclusão

Sendo bem sincero, vai ser difícil algum smartwatch me convencer que um dia eu devo ter um desses. Sim, o Samsung Gear S3 Frontier (e o Classic) é o melhor relógio inteligente disponível no mercado. O problema que todo o conjunto ainda não justifica o alto preço cobrado, deixando esse e outros modelos com baixo custo/benefício.

Para quem é fã de exercícios físicos, as opções e os monitoramentos disponíveis podem justificar a aquisição do aparelho. Para aqueles que buscam design, também.

No lançamento do produto, o Brasil ainda não estava na lista dos países dos que traziam suporte ao Samsung Pay. Mas no lançamento do S8 e S8+ por aqui, foi anunciado que finalmente os usuários poderiam fazer pagamentos com o smartwatch.

Matérias Relacionadas

Este produto ainda não possui avaliações.

Seja o primeiro a avaliar.

Avaliação Geral
Seja o primeiro a avaliar