Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Gênero

A reinvenção da filosofia no século XX Por muitos séculos, a filosofia ficou restrita a um grupo seleto de intelectuais que, apesar de terem sido os grandes pensadores de sua era, raramente tinham suas teorias difundidas entre o povo. Além disso, ela era considerada uma disciplina puramente acadêmica, com pouca influência na vida prática das pessoas. No século XX, esse cenário se transformou. Guerras mundiais e revoluções sociais e científicas contribuíram para que grandes mudanças ocorressem em apenas cem anos. Não apenas a tecnologia e as convenções sociais, mas também o próprio significado da filosofia foi se modificando. E, num contexto cada vez mais complexo, ela precisou reencontrar sua relevância, deixando o âmbito exclusivamente intelectual e tornando-se mais acessível. A ascensão de pensadores célebres, como Jean-Paul Sartre e Michel Foucault, que com suas ideias cativaram e conquistaram o grande público, foi um dos propulsores desta reinvenção da filosofia. Em Mestres do pensamento: 20 filósofos que marcaram o século XX, o filósofo e pesquisador francês Roger-Pol Droit apresenta alguns dos mais ilustres intelectuais do século passado, de Bergson a Habermas, passando inclusive por nomes que não costumam ser associados à filosofia, como Freud e Gandhi. Num texto leve, voltado ao público não especializado, o autor reúne a vida e a obra destas grandes personalidades, facilitando o acesso do leitor às suas ideias e incitando-o a iniciar uma jornada pelo multifacetado e apaixonante universo da filosofia contemporânea.