Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Snapdragon 835 é mais potente e econômico

Novo processador da Qualcomm já equipa os novos Galaxy S8, S8+ (nos EUA) e Xperia XZ Premium, até a publicação dessa matéria

  • Por: Renan FrizzoRenan Frizzo04/08/2017
  • 04/08/2017

Parece surreal pensar que um processador tão potente pode ser menor que uma moeda de 5 centavos. Parece, mas não é. Com a chegada do Snapdragon 835, da Qualcomm, a empresa promete alcançar desempenho e economia superior à geração anterior. Nos parágrafos abaixo, vamos listar alguns benefícios desse novo modelo.

Desempenho aprimorado e econômico

O primeiro processador de 10 nm do segmento, o 835 promete um desempenho superior à família 82x. Nos testes, ele supera em 20 por cento o modelo anterior e com a GPU Adreno 540, a performance gráfica pode chegar 25 por cento acima da versão passada. Voltando a trabalhar com oito núcleos, sendo 4 deles dedicados à força bruta e os outro 4 para tarefas mais simples, a otimização será ainda melhor.

No gerenciamento de energia, também ótimas notícias. Com o Snapdragon 835, o consumo promete ser 35 por cento menor que o modelo anterior. Além disso, oferece suporte ao QuickCharge 4.0, que, segundo a fabricante, é 20 por cento mais rápida e 30 por cento mais eficiente na recarga. A Qualcomm informa que com apenas 5 minutos é possível dar uma autonomia de até 5 horas a mais ao celular.

Veja os preços

Suporte ao HDR10 e redes 4G ainda mais velozes

Compatível com o HDR10, os smartphones com 835 oferecerão a possibilidade de um maior alcance do contraste nas imagens, com uma gama de cores ainda mais vibrante. O número 10 explica como funciona esse processo. Os processador utilizam 8 bits para cada uma das 3 cores (vermelho, azul e verde), gerando 16 milhões de cores. No HDR10 são 10 bits, gerando 60 vezes mais a quantidade de cores.

Sobre a conexão, o novo processador da Qualcomm já é compatível com a categoria 16 das redes LTE (não disponíveis no Brasil ainda), que permite velocidade de até 1 gigabit por segundo. Por aqui, seria necessário unir todas as bandas (256-QAM, 4x4 MIMO e as faixas de 700, 1800 e 2600 MHz) e na teoria atingir quase 980 megabits por segundo.

Mais opções para a câmera e smartphones com o 835

Outro detalhe é que o processador de imagens embutido agora traz suporte para sensores de 32 megapixels ou dividí-lo em 2 de 16 megapixels. E são três combinações possíveis: sensor único, dois sensores (colorido e preto e branco) que combinam as imagens para melhorar a nitidez e fotos noturnas e dois sensores com zoom óptico.

E claro que veremos alguns smartphones no mercado utilizando o novo Snapdragon 835. No Brasil, à principio, temos apenas o Xperia XZ Premium. Lá fora, os Galaxy S8 e S8 , o Xiaomi Mi 6 e Surface Phone, da Microsoft, são os modelos com o Snapdragon 835.

Mat�rias Relacionadas