Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Review: Marvel vs. Capcom: Infinite

Novo jogo da série une bem dois universos bastante populares entre seus fãs

  • Por: João Henrique Furtado SilvaJoão Henrique Furtado Silva07/11/2017
  • 07/11/2017

Marvel vs. Capcom: Infinite é o game de luta desenvolvido e publicado pela Capcom lançado em 19 de setembro para Xbox One, Playstation 4 e PC. Juntando dois universos bastante populares (sobretudo com a grande quantidade de filmes envolvendo a Marvel), o jogo vem com uma proposta bem interessante que deve alegrar tanto aqueles que já estão há anos nesse universo de jogos de luta quanto aqueles que só sabem acionar o famoso meia lua soco.

Algo bem interessante que podemos ver nos primeiros contatos com o game é o fato de ele trazer vários modos de jogo. O modo Estória já está lá, apenas esperando para ser desfrutado, assim como o clássico Arcade (ou seja, conforme você for ganhando as lutas, você vai avançando), além dos tradicionais versus e treinamento.

O modo Estória não traz muitos segredos. Então, se você já jogou algo do tipo em outros jogos de luta, deve saber: a ideia é ir vencendo todas as lutas, avançando no enredo e aproveitando para testar o máximo de personagens diferentes possíveis. Quanto à história em si, ela cumpre seu papel com estrelinhas de destaque. A história no geral tem bons elementos e é até bem interessante de se acompanhar, unindo bem os dois universos.

Falando na dupla da pesada, Marvel e Capcom, a lista de personagens é bastante extensa, mas ainda sentimos falta de personagens de maior destaque por parte da Capcom. A impressão que temos é que o pelotão presente em MvsC:I vem de uma lista secundária, uma espécie de série B da companhia. De qualquer forma, apesar dessa falta, os personagens presentes também merecem destaque e também cumprem sua cota de diversão.

Visualmente, Marvel vs Capcom: Infinite não é um jogo espetacular, mas possui um visual singular. Ou seja, espere muitas cores, efeitos especiais e diversos elementos aparecendo na tela a todo o momento. Se você gosta desse tipo de visual, MvsC:I segue com louvor essa linha. Se você prefere gráficos mais caprichados, vai acabar se decepcionando com o game da série.

Agora, algo bem interessante é que o game se comporta como uma boa porta de entrada para novos jogadores do gênero de luta. Claro, para quem já está habituados com diversos combos e golpes, o jogo terá um aspecto mais tranquilo, sem tanta dificuldade. Mas para quem pouco se aventurou em jogos desse tipo, MvsC:I traz uma dinâmica de luta bem simples de ser assimilada no começo. Mas é aquela velha história: é um jogo fácil de se entender, mas que se torna mais complexo a partir do momento em que você tenta adicionar novos elementos ao seu estilo de luta.

  • #Marvel vs Capcom: Infinite
  • #Review

Mat�rias Relacionadas