Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Plasma ou LED?

Saiba em quais quesitos cada tecnologia se destaca antes de comprar uma nova televisão

  • Por: João Henrique Furtado SilvaJoão Henrique Furtado Silva16/11/2017
  • 16/11/2017

Plasma, LCD, LED e OLED. São tantas os nomes que encontramos ao comprar uma nova TV que às vezes nem sabemos ao certo quais são as diferenças entre cada uma delas, não é mesmo?. Mas é muito importante que o usuário saiba as qualidades e defeitos de cada tecnologia, já que esse é um dos pontos que difere uma TV com boa qualidade de imagem de uma que traz apenas o básico esperado. Confira todas as informações a seguir.

TV de LED

Atualmente, os painéis de LED atingem quase a totalidade de modelos disponíveis no mercado. Seu grande positivo reside justamente nesse fato - a diversidade de modelos encontrados podem se encaixar nos mais diferentes perfis de usuários. Na prática, os painéis de LED têm a grande virtude de refletirem menos luz do que as de OLED, o que os tornam boas opções para cômodos bem iluminados. Aliado a isso, as TVs trazem imagens mais brilhantes em relação ao LCD e também possuem maior eficiência energética se comparadas às TVs de Plasma.

TV de OLED

As TVs de OLED são uma novidade que vem sendo introduzida aos poucos no mercado. Poucas fabricantes se aventuraram nesse nicho e os modelos ainda são bem escassos. O motivo é bem simples. A tecnologia ainda possui um custo bem salgado e os produtos disponibilizados para os usuários não trazem preços tão sedutores.

Apesar disso, a qualidade é inegável. Isso porque cada pixel da TV possui iluminação própria (ao contrário dos painéis de LCD e LED, que são retroiluminados e possuem uma espécie de cortina para regular a luz e, consequentemente, as cores que serão reproduzidas). Em outras palavras, as cores se mostram mais vivas e com melhores níveis de brilho e de contraste. Como cada pixel é capaz de se desligar totalmente, a reprodução do preto é realmente fiel e diferenciada.

E isso também acaba alterando a eficiência energética. Como não há a necessidade constante de ficar um painel iluminando a parte de trás da TV, a economia de energia é logicamente maior. Mas nem tudo são flores. Ao contrário dos modelos de LED, as TVs de OLED ainda ficam prejudicadas em locais com muita iluminação.

TV de Plasma

Antes de tudo, é necessário ressaltar que as TVs de Plasma estão cada vez mais escassas, tanto no comércio físico quanto no eletrônico. Marcas como Panasonic, Samsung e LG inclusive já tiraram essa tecnologia de suas produções.

A diversidade de tamanhos não é tão abrangente e a eficiência energética é bem menos empolgante que a de outras tecnologias, mas as TVs de Plasma ainda possuem suas virtudes.

Primeiramente, as taxas de atualização desses painéis atingem números consistentes, o que, aliado ao menor tempo de resposta, os tornam boas opções para games, esportes e filmes com muita ação. Além disso, o ângulo de visão amplo e a boa qualidade de imagens também fazem com que as TVs de Plasma sejam boas opções para os cinéfilos.

Mas também há pontos negativos. Além de serem modelos mais pesados, o painel de Plasma pode ser sensível a ponto de ficar marcado por imagens congeladas por muito tempo (efeito conhecido como burn-in). Assim como os modelos de OLED, essas TVs também tendem a refletir muita luz.

Veja os preços

Smart TV HD Philco Plasma 51 polegadas PH51U20PSGW

  • Definição: HD
  • Tecnologia: Progressive Scan
  • Funções: Busca Automática de Canais, Closed Caption, Guia Eletrônico de Programação

Novos a partir de:

R$ Consulte

TV de LCD

Assim como as TVs de Plasma, os painéis de LCD estão aos poucos saindo do mercado. Com a popularização dos modelos de LED (que possuem maior eficiência energética e entregam maior qualidade de imagem), as televisões de LCD foram sendo deixadas em segundo plano, então é muito difícil encontrar modelos disponíveis em lojas físicas e eletrônicas.

No entanto, o LCD ainda é a tecnologia mais barata dentre as quatro. A qualidade de imagem, entretanto, não é tão inspiradora. Se comparada às outras, o nível de brilho, contraste, além da vivacidade de cores, é mais limitado e indicado para uso mais básico. Ou seja, se você quer qualidade de imagem diferenciada, é melhor procurar alternativas.

  • #paineis de TV
  • #tecnologia de TV

Mat�rias Relacionadas