Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Os melhores tênis para triathlon

Opções devem levar em conta a facilidade de calçar e tecidos que eliminem a água

  • Por: da Redação Buscapéda Redação Buscapé07/11/2016
  • 07/11/2016

Modalidade recente, o triathlon estreou na Olimpíada de Sydney em 2000. O esporte consiste em unir, na sequência, a natação, o ciclismo e a corrida e, segundo a Wikipedia, a primeira grande competição foi o Ironman Triathlon, organizado em 1978 no Havaí. Naquela ocasião, a prova foi organizada com o intuito de esclarecer qual dos atletas (nadador, ciclista ou corredor) tinha o melhor condicionamento físico.

As distâncias variam entre sprint (750 m de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida), o olímpico (1,5 km de natação, 40 km de ciclismo e 10 km de corrida) até o ironman (3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida), entre outras.

Um dos pontos para se levar em conta nos tênis de triathlon, além do conforto e amortecimento, é a facilidade para calçá-los, afinal, o triatleta deve ter agilidade para colocá-los (e tirá-los), assim não perde valiosos segundos nessa etapa da transição.

Outro aspecto é a facilidade em eliminar a água e o suor dos pés. Muitos triatletas não usam meias e, apesar de a natação não ser antecessora à corrida (e sim o ciclismo), é comum fazer treinos em que a pessoa sai da água diretamente para a corrida. Veja modelos:

Asics Noosa Tri

O modelo foi um dos primeiros lançados no mercado especificamente para o triathlon. É fácil de calçar, possui tecido que repele a água e é feito de material superleve para amortecimento, melhor propulsão e alta durabilidade.

Prós: conforto e beleza

Contra: NC

Mizuno Wave Ultima

Tecido de tramas abertas para melhor ventilação, garantindo conforto aos pés, mesmo sem meias. Traz uma nova tecnologia em seu EVA que foi desenvolvido numa composição de polímeros que oferecem muito mais maciez, leveza e maior durabilidade nas áreas de impacto.

Veja os preços

Nike Free Flyknit

Ele veste como uma meia (e não é necessário usá-las). A alça no colarinha facilita colocar e tirar o tênis. Apresenta um cabedal Flyknit de suporte, contornado e um padrão de entressola revolucionário que permite que o calçado se expanda, flexione e contraia com o seu pé a cada pisada.

Prós: facilidade de calçar

Contras: NC

Veja os preços

Nike Free Flyknit

  • Tecnologia: Flyknit
  • Sistema de Ajuste: Elástico
  • Solado: Borracha de Carbono

Novos a partir de:

R$ Consulte

Adidas CC Adizero Feather

Combina tecidos leves com a malha furadinha (mesh), formando canais de ventilação que afastam o calor e a umidade do seu corpo. É fácil de calçar, leve e com bom amortecimento.

Prós: leveza

Contra: NC

Puma Faas 300

Com a tecnologia Everride, que proporciona amortecimento independente do calcanhar até os dedos do pé. O tecido permite a respiração e ainda repele a água.

Prós: conforto

Contra: NC

Veja os preços

Puma Faas 300

  • Material: Mesh, Sintético
  • Sistema de Ajuste: Cadarço
  • Solado: Borracha

Novos a partir de:

R$ Consulte

Under Armour Speedform

Seu cabedal em material têxtil conta com microfuros para otimizar a ventilação e traz a tecnologia UA SpeedForm, que repele a água. A entressola possui rápida resposta para amortecimento eficiente de impactos.

  • #tênis para triathlon

Mat�rias Relacionadas