Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

O que é o HDR nas novas televisões?

Você já viu essa sigla na hora de comprar uma nova TV? Saiba o que significa

  • Por: João Henrique Furtado SilvaJoão Henrique Furtado Silva02/09/2016
  • 02/09/2016

Para quem está acompanhando as últimas gerações da smartphones, o termo HDR pode parecer similar. Mas não se engane, a tecnologia a que estamos nos referindo não é bem a mesma encontrada nos celulares mais novos. O HDR visto nas especificações de algumas TVs é uma das novidades para quem busca melhor qualidade de imagens na hora de assistir a filmes e séries. Confira tudo sobre ela nos parágrafos a seguir.

O que é HDR?

Em linhas gerais, o HDR é a sigla dada à tecnologia High Dynamic Range (ou grande alcance dinâmico, em português) e se refere a uma espécie de processamento de imagens que busca trazer cores mais vivas e uma melhor taxa de contraste.

No geral, uma TV dotada de HDR é capaz de reproduzir conteúdos com uma palheta de cores mais diversificada do que as TVs tradicionais, o que proporciona cores mais ricas e uma sensação de realidade ainda maior. Além disso, pelo fato de ter acesso a tonalidades diversas, sua taxa de contraste é também melhorada. Em outras palavras, os níveis gradativos entre o branco e o preto absolutos também são mais diversificados em TVs com HDR, o que faz com que as imagens fiquem mais vibrantes do que em televisores convencionais.

O que eu preciso ter para assistir a conteúdos em HDR?

Bom, para ter acesso a esse tipo de conteúdo, é necessário ter em mãos dois fatores. O primeiro é contar com uma TV que dê suporte a essa tecnologia. No Brasil, marcas famosas como a Samsung e a LG já trazem televisores em seu portfólio com a nova tecnologia. Em seguida, é necessário que você tenha acesso ao conteúdo em HDR propriamente dito, já que é necessário que os próprios filmes e vídeos sejam gravados com essa tecnologia para serem exibidos com as melhorias.

Mas há algumas ressalvas quanto a esses dois fatores. Atualmente, o HDR está presente, em sua grande maioria, em televisores mais de ponta, o que não torna a tecnologia tão acessível assim. Além disso, há duas fontes básicas para ter acesso a esse conteúdo em HDR: via players de Blu-Ray com resolução 4K ou por streaming, como o Netflix.

A primeira opção ainda não está disponível no Brasil, já que os Blu-Ray players para resolução 4K ainda não estão à venda por aqui. Já na segunda, encontramos algumas produções via Netflix, que recomenda uma conexão à Internet com velocidade de, no mínimo, 25 MB/s. Os títulos produzidos com essa tecnologia ainda não são os mais diversificados, mas a tendência é que mais filmes e séries sejam lançados com essa qualidade.

HDR10 e Dolby Vision

Hoje, no mercado, estão disponíveis duas tecnologias que fazem esse papel do HDR - o HDR10 e o Dolby Vision. Na prática, ainda é um pouco difícil distinguir qual das duas é a melhor, mas pode-se dizer que elas trazem resultados bem parecidos, com bom nível de contraste e cores mais vivas. Mas a grande distinção entre ambas está no fato de que algumas marcas trazem apenas uma delas em suas TVs, enquanto outras trazem suporte para ambas. Algumas fabricantes, como a Samsung e a Sony, dão destaque para o HDR10, enquanto a LG consegue transmitir conteúdos com ambas as tecnologias. Ah, e se você procurar uma TV que tenha o selo HDR como um de seus destaques, provavelmente estaremos falando sobre o HDR10, já que o Dolby Vision normalmente é veiculado com seu próprio nome.

É também importante ressaltar que uma grande parte de conteúdos está disponível no formato HDR10, mas há canais de streaming, como o Netflix, que oferecem suporte para ambos as tecnologias.

Considerações finais

Até agora, o HDR é uma tecnologia que ainda está amadurecendo no mercado. Apesar disso, é uma novidade que realmente traz um horizonte interessante para os usuários. Ao contrário da resolução 4K ou das TVs curvas - que trouxeram muitas controvérsias quanto à melhoria de imagens -, o HDR parece ser uma tecnologia com avanços mais claros. Não é um salto de qualidade que vai te deixar de boca aberta, mas é um recurso que vai te trazer uma sensação de imersão bem mais interessante do que as últimas novidades do mercado de televisores.

  • #HDR
  • #High dynamic range
  • #TVs

Mat�rias Relacionadas