Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Moto G 3ª geração x Moto G 4 Play: vale a pena o upgrade?

Com o lançamento da 4ª geração, será que vale investir ou é melhor continuar com o modelo mais velho?

  • Por: Renan FrizzoRenan Frizzo03/10/2016
  • 03/10/2016

É sempre assim: é só a empresa resolver lançar uma evolução de sua linha de smartphones, que os usuários que possuem o modelo atual ficam com uma pulga atrás da orelha. Será que vale a pena trocar pelo aparelho mais novo? Nessa análise, colocamos frente a frente a linha mais popular da Lenovo e seus dois aparelhos, o Moto G 3a geração e o Moto G 4 Play.

Só que você deve estar me criticando: pô, cara, você é muito burro. Tem que comparar com o G 4. Mas, amigão, eu estaria sendo muito injusto, pois o hardware é superior e ele ganharia fácil. Então, vamos fazer o comparativo com o G 4 Play, certo?

Desempenho

Uma dúvida, logo de cara. O mesmo processador, o Snapdragon 410, está equipando os dois aparelhos, mas o Play tem uma frequência um pouco menor (1,2 GHz contra 1,4 GHz). Só que em compensação, são 2 GB de RAM contra apenas 1 GB da 3 geração.

Na prática, nenhum dos dois teve problemas ao rodar aplicativos, sejam eles casuais ou jogos pesados, como Real Racing 3, com gráficos reduzidos para não prejudicar a jogabilidade. Só que no multitarefa, os 2 GB de RAM fazem diferença, já que com mais de 15 apps abertos em 2 plano, o Moto G 4 Play não sofreu. Já a 3 geração teve alguns probleminhas com muitos programas abertos ao mesmo tempo.

Armazenamento, conectividade e extras

Nestes dois quesitos, os dois telefones são bastante semelhantes. Ambos dual-chip com redes 4G, os modelos possuem Wi-Fi n, Bluetooth e GPS. Já no armazenamento, são 16 GB de espaço, mas o G 4 Play aceita microSD até 128 GB, enquanto no G3 apenas microSD de 32 GB.

Ambos os modelos contam com TV digital, mas o melhor cenário é no aparelho da 3 geração, pois conta com receptor com sinal HD, enquanto no G 4 Play a resolução é baixa. Na proteção contra água, o mais velho também se sai melhor, já que possui a certificação IPX7, garantindo imersão de até 1 metro por no máximo 30 minutos. Já o mais novo é resistente apenas a respingos.

O Moto Tela, com as notificações, e Moto Ações, para ativar lanterna e câmera, estão presentes nos dois.

Tela e design

Para quem já curtia a tela do G3, o padrão foi mantido no G 4 Play. Ambos os modelos oferecem um visor de 5 polegadas, resolução HD (1280 x 720 pixels) e tecnologia IPS. Isso é ótimo, pois oferece um bom ângulo de visão. A proteção Gorilla Glass está presente, mas reflexos podem incomodam em ambientes com muita luz.

Na parte do design, vai muito do gosto do usuário. Mas na 3 geração, são 155 gramas e a traseira curva e texturizada permite boa pegada, além do detalhe está localizada a logomarca da Moto. No G 4 Play, as bordas arredondadas e a traseira plana texturizada também oferecem melhor pegada e a câmera fica ligeiramente saltada para fora do corpo. No peso, são 137 gramas, um pouco mais leve que a geração anterior.

Câmeras

A disputa nesse quesito é bastante parelha, mas o Moto 3 geração se sai melhor e nesse caso é a melhor opção para o usuário que gosta de fotografar. Com 13 megapixels, as cores são mais equilibradas, principalmente em ambientes bem iluminados. Claro que se a luz faltar, o nível de ruídos irá aumentar.

Só que nesse caso, a presença de um flash duplo permite cores mais fiéis. Além disso, modos HDR e panorâmico estão presentes. Filmes gravados em full HD ficam bons também com boa iluminação.

Já o Moto G 4 Play traz 8 megapixels e oferece a mesma qualidade do seu irmão mais velho, seja com fotos ou vídeos. A diferença é que o flash é único, entregando menos naturalidade nas imagens.

Ambos tem frontais de 5 megapixels e só trabalham bem com boa iluminação.

Bateria

Agora, no quesito bateria, quem reina é o G 4 Play. São 2800 mAh que, ao final dos testes, ainda restavam 35%. Um pouco pior que o G3 que, com 2470 mAh, terminou a bateria com 40%. A diferença é que o G 4 Play possui a tecnologia de carregamento rápido. Em pouco mais de uma hora, o telefone atingiu os 100% de carga.

Considerações finais

Apesar de poucas diferenças significativas, é possível tecer um veredito se vale a pena ou não fazer o upgrade. Quem gosta de fotos, deve ficar com o Moto G 3 geração. Para quem procura um desempenho mais apurado, deve ir para o Moto G 4 Play, devido ao seus 2 GB de RAM e o sistema mais atualizado. O G3 ainda é resistente à água, mas o G 4 Play já possui carregamento rápido.

Mas para quem já possui o Moto G 3 geração, o investimento será melhor ao adquirir uma versão superior, como o Moto G 4 ou o Moto G 4 Plus.

Veja os preços

Smartphone Motorola Moto G 3ª Geração HDTV XT1544 16GB

  • Chips: Dual Chip
  • Câmera Traseira: 13.0 Megapixels
  • Tamanho da Tela: 5.0 polegadas

Novos a partir de:

R$ 995,00

Veja os preços

  • #moto g3
  • #moto g4 play
  • #lenovo
  • #vale a pena

Mat�rias Relacionadas