Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Comparativo: Moto Z x LG G5 SE

Dois smartphones modulares duelam para saber quem é o melhor. E aí, quem leva essa disputa?

  • Por: Renan FrizzoRenan Frizzo20/10/2016
  • 20/10/2016

Esses dois modelos são os primeiros smartphones modulares a chegar ao Brasil. O Moto Z e o LG G5 SE brigam pela preferência dos usuários e trazem atrativos para tentar convencer os indecisos. Colocamos os celulares lado a lado e utilizamos 6 quesitos para definir o vencedor nesta disputa. Confira todos os detalhes nos parágrafos abaixo.

Desempenho

Vamos começar logo com uma polêmica. Nos EUA, Moto Z e G5 possuem processadores Snapdragon 820, topo de linha até o momento. Só que a LG resolveu não trazer a mesma versão para o Brasil com a justificativa de subir muito o preço do aparelho por aqui. Assim nasceu o G5 SE com um Snapdragon 652, que oferece um desempenho semelhante ao G4, lançado um ano antes. Já o Moto Z traz o 820 com um clock um pouco mais baixo, mas com um desempenho superior, principalmente no multitarefa, já que o Lenovo possui 4 GB de RAM, enquanto o coreano traz apenas 3 GB (sua versão gringa tem 4 GB de RAM). Mas é bom frisar que nenhum dos dois vai deixar você na mão, independente do que precisar.

Vencedor: Moto Z

Armazenamento

Com mais um ligeiro equilíbrio, os modulares Moto Z e G5 SE trazem espaço de sobra para armazenar seus arquivos. Só que mais uma vez daremos vitória para o telefone da Lenovo, já que ele conta com 64 GB contra 32 GB do LG. Ambos aceitam cartões microSD de até 2 TB para expansão da capacidade e o Moto Z ainda é dual-chip (mas com slot compartilhado - se usar os dois chips, não dá para usar o microSD).

Vencedor: Moto Z

Tela

5,3 polegadas do G5 SE contra 5,5 polegadas do Moto Z. Em tamanho, os dois smartphones são bastante parecidos. A resolução também é a mesma: Quad HD. A diferença aparece mesmo na tecnologia utilizada. Enquanto o Lenovo traz o Super AMOLED, o LG oferece o IPS LCD. Na qualidade, ambos oferecem ótima experiência, mas na prática o Moto Z tem melhor resultado, pois o AMOLED controla a iluminação de cada pixel individualmente, enquanto no G5 SE existe um painel acesso o tempo todo. Isso prejudica a autonomia da bateria e o contraste não é tão apurado quanto em seu rival. Nas cenas escuras, o preto fica mais preto do que no Lenovo.

Vencedor: Moto Z

Recursos

Aqui vamos tratar do principal atrativo dos dois smartphones: o quesito modular. O LG G5 SE foi o primeiro a chegar no Brasil e trouxe acessórios (não muito) interessantes. Um deles contava com controles manuais para a operar a câmera e outro oferecia um módulo de som Hi-Fi. O problema é que para trocar os módulos, era necessário desligar o telefone e retirar a bateria. Além deles, foi lançada uma câmera 360 (que também funciona com outros celulares) e um fone de ouvido.

O conceito modular foi melhor executado com o Moto Z e seus Moto Snaps. Trabalhando com imãs e conectores, é só encaixar na parte traseira e já sair usando. E as opções disponíveis são mais interessantes. O usuário conta com uma bateria, uma caixa de som JBL, um projetor e uma câmera com controles manuais e 10x de zoom óptico, além da capinha Style Shell. O kit básico que o usuário pode adquirir traz, além do celular, um bumper, uma capinha traseira e a bateria.

Vencedor: Moto Z

Câmera

Ufa, finalmente um critério onde o celular da LG sai vencedor. Além de continuar o bom trabalho visto no G4, o G5 SE trouxe uma segunda câmera traseira, essa grande angular, permitindo capturas com até 135 graus de amplitude, permitindo mais alcance. Todos os controles manuais, presentes na versão anterior, seguem por aqui. São 16 MP com abertura de f/1.8 na principal e estabilização óptica, 8 MP com f/2.4 na grande angular e 8 MP na frontal com f/2.0. Quanto menor esse número (da abertura), mais luz entra, gerando cliques mais estáveis.

O Moto Z também oferece controles manuais, estabilização óptica, flash duplo e boa qualidade de fotos e vídeos. A diferença fica para os 13 megapixels (mas também com f/1.8) na principal, mas 5 MP na frontal. Mas, no geral, o G5 SE se sai melhor que seu rival da Lenovo.

Vencedor: LG G5 SE

Bateria

Nativamente, nenhum dos dois oferece grandes capacidades em suas baterias. Enquanto o Moto Z traz 2600 mAh, o G5 SE possui 2800 mAh. Nos testes, o celular da LG terminou nossa puxada bateria com 25%, uma ótima marca. O smartphone da Lenovo dificilmente se sairia melhor que isso se não fosse o Snap que oferece mais 2220 mAh, totalizando 4820 mAh. Em nossos testes, a carga do Snap se esgotou mais ainda restavam 60% na fonte principal. Ou seja, daria para virar o dia com bateria ainda.

Vencedor: Moto Z

Considerações finais

Uma lavada. Como diria Galvão Bueno, virou passeio. Nos 6 quesitos, o placar final foi: Moto Z 5 x 1 LG G5 SE.

Em resumo, para quem procura um smartphone completo, desde módulos mais interessantes, passando por maior capacidade de armazenamento, desempenho apurado e uma bateria com alta autonomia, o Moto Z é a escolha certa.

Mas se você procura por qualidade nos cliques, se aproximando de fotografias mais profissionais, o LG G5 SE deve ser sua escolha, principalmente pelos controles manuais que oferecem e a câmera secundária com abertura de 135 graus.

Sobre desempenho e tela, nenhum dos dois deixa a desejar, mas o Moto Z leva uma ligeira vantagem. Mesmo assim, qualquer um dos dois aparelhos, dependendo da sua necessidade, será uma boa escolha.

Veja os preços

Smartphone LG G5 SE H840

  • Câmera Traseira: 16.0 Megapixels
  • Tamanho da Tela: 5.3 polegadas
  • Sistema Operacional: Android

Novos a partir de:

R$ 1.899,05
  • #comparativo
  • #moto
  • #lenovo
  • #lg

Mat�rias Relacionadas