Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Como montar e decorar o quarto do bebê sem gastar muito

Veja dicas essenciais de como montar e decorar o quarto do bebê com pouco orçamento

  • Por: Raquel MeloRaquel Melo02/05/2016
  • 02/05/2016

Para quem está esperando a chegada de mais um membro na família, todo detalhe é importante e fica difícil conter a ansiedade para ver tudo pronto. Por isso, o quarto do bebê é uma das primeiras coisas que deve ser planejada, ainda nos primeiros meses da gestação. Mais que beleza, ele precisa ter segurança. E para ter um quartinho bonito e seguro, não precisa gastar rios de dinheiro. Confira abaixo dicas essenciais para montar um quarto de bebê sem gastar muito.

Pesquise muito antes de comprar

A saída para quem quer gastar pouco é pesquisar tudo o que for comprar. No Buscapé é possível acompanhar a variação de preços de várias lojas e decidir em qual vai comprar e pelo melhor preço. Dá pra fazer um alerta e quando o produto que você estiver procurando atingir o valor desejado, o Buscapé te avisa. E para quem ainda tem receio de fazer compras pela internet, pode ficar sossegado. Basta se cadastrar no site e navegar logado enquanto faz a compra, no caso de o produto não chegar, o Buscapé te reembolsa o valor em até R$5 mil reais. Nada de prejuízos por aqui. Agora é só pegar a listinha e ir às compras.

Escolha o melhor ambiente

No geral, as mamães gostam de deixar o bebê no quarto ao lado dos pais, mas o importante é que o ambiente seja seguro, calmo e arejado. Lá é o lugar que as mães passarão a maior parte do tempo com o filho, então é interessante que seja um local gostoso de estar. Após escolher o quartinho, a primeira coisa a fazer é tirar todas as medidas do ambiente, incluindo portas e janelas. Atente-se quanto à data de entrega dos móveis para não correr o risco de o bebê nascer e não ter berço, ou ainda, dormir no quarto com cheiro de cola ou tinta. Um item muito querido por mães é a poltrona de amamentação, e se no seu caso for necessário comprar uma (embora dê para usar qualquer poltrona de casa, cadeira, etc) não deixe de testar antes a altura das costas e o apoio para braços do modelo desejado, para ter certeza que está adaptado ao seu tamanho e confortável o suficiente para passar horas dando de mamar. E para contribuir na hora da limpeza, opte por acabamentos com tecido fácil de limpar, como couro sintético ou ecológico.

Ao escolher os móveis e decoração, não caia na tentação de querer montar o quarto do bebê com tudo o que enxergar pela frente, é imprescindível que haja um bom espaço para circulação. Portanto, nada de exageros.

Faça você mesmo

A decoração é, sem dúvida, a parte mais gostosa ao montar o quartinho do bebê. Tudo é lindo e salta aos olhos, mas é preciso ir com calma para não gastar mais que o planejado com os detalhes. Para começar, busque inspirações em revistas de decoração e artesanato, elas irão ajudar muito a encontrar os melhores objetos para deixar o ambiente com a cara que você quiser.

As paredes são a maior fonte de destaque e acabam recebendo maior atenção na decoração. Os papeis de parede são alterativas para quem não quer pintar ou fazer texturas com grafiato, porém, custam caro e pode pesar no bolso de quem está procurando economizar. A opção, então, é usar adesivos para decorar abusando da criatividade. Esqueça gastos extras com mão-de-obra, pegue um domingo ensolarado e reúna toda a família para pintar ou decorar paredes, montar os móveis e mudar a cara do ambiente. Além de poupar dinheiro, será um bom momento para descontrair. Então, bote a família para trabalhar.

Se tiver interesse em colocar tapetes no quarto, escolha os de EVA, além de serem mais baratos, eles são mais seguros para o seu filho em fase de engatinhar e acumulam menos pó. É comum bebês terem irritação ou alergia devido à poeira, logo, quanto menos objetos que acumulam pó, melhor.

Para diminuir gastos com decoração, inclua itens que achar conveniente na lista de chá de bebê, como o móbile, por exemplo.

Confira mais ofertas no link abaixo:

http://www.buscape.com.br/enfeite-decoracao-para-quarto-do-bebe

Não se esqueça do Inmetro

Um assunto muito importante e que não pode ficar de fora é segurança. O berço é o local onde o bebê dormirá por um certo tempo e, por isso, precisa seguir à risca algumas normas estabelecidas pelo Inmetro, são elas:

- Para não ocorrer de alguma parte do bebê ficar presa entre as grades, é preciso que exista uma distância de no mínimo 4,5 cm e máximo 6,5 cm entre elas.

- No caso de o berço conter rodinhas, é necessário que ao menos duas delas fiquem fixas ou possuam travas.

- O espaço entre o estrado e a lateral do não pode passar de 2,5 cm, assim como, entre suas ripas não deve conter mais que 6 cm. Essas medidas de segurança servem para evitar que braços e pernas fiquem presos e causem acidentes.

- Se o berço tiver telas, os furinhos precisam ter no máximo 7mm, para evitar que os dedinhos do bebê passem por eles e fiquem presos.

Em 2016 o Inmetro proibiu grades laterais móveis em berço, porém, modelos com essa característica ainda podem ser encontrados. Eles oferecem um alto risco de acidentes, portanto, passe longe deles. Caso o seu bebê sofra com refluxo, existem berços com estrados que mudam de posição conforme o crescimento da criança e permanecem inclinados, evitando engasgamentos ou sufocamentos.

O colchão deve ter uma densidade apropriada para crianças pequenas; nem muito duro e nem macio demais. Alguns berços já vêm com colchão, em caso de compra, certifique-se com o vendedor se a venda é conjunta. Outros, porém, se transformam em mini camas e podem ser usado até a idade de 4 ou 5 anos, dependendo do tamanho do seu filho.

Pense em quantas fraldas você vai trocar do seu bebê. Muitas, não é mesmo? Agora imagine o quanto é importante que você esteja confortável e não prejudique suas costas toda vez que for limpar o seu filho. É por isso que o trocador de fraldas é um item indispensável. As cômodas apresentam dupla funcionalidade, na altura certa, ela pode ser usada como trocador e, claro, para guardar as roupinhas do novo membro. Dê preferência ao móvel que não tenha quinas pontudas, para evitar acidentes quando a criança já estiver maiorzinha.

Veja os preços

Henn Arco Íris Comum

  • Funções: Rodinhas, Trava de Segurança
  • Itens Inclusos: Armação para Mosqueteiro

Novos a partir de:

R$ 242,00
  • #Quarto do bebê
  • #berço barato
  • #decoração bebê
  • #como montar quarto de bebê