Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Como escolher o notebook ideal?

Vamos explicar a família dos processadores Intel e entender o que significa aquele número enorme que acompanha o nome dos modelos

  • Por: Guilherme Maradei Dogo Guilherme Maradei Dogo 17/11/2017
  • 17/11/2017

Escolher um notebook não é tão simples quanto um smartphone. Há muitos modelos, nomenclaturas que não acabam mais e linhas diversas.

Tudo começa pelo nome dos modelos, que variam entre os processadores Intel Celeron, i3, i5, i7 e o Intel Core M. Mas o que são cada um deles? E o que eles mudam no meu notebook?

Como se não bastasse, além do modelo do processador, logo a frente do processador há um número enorme seguindo por uma letra, como 5005U, por exemplo. Por incrível que pareça, sim, isso também tem um significado bastante importante para saber exatamente que notebook você está interessado.

Vamos às explicações.

A família de processador i: i3, i5 e i7

Intel Core i3:

Os processadores da família i são os mais conhecidos do público, até por estarem na maioria dos notebooks do mercado brasileiro. Cada um deles se apresenta para um público especifico. Por exemplo, se você precisa editar vídeos e fotos, um i3 não será suficiente para rodar essas aplicações, será necessário um bom i5; para gamers geralmente o i7 é o mais recomendado.

Voltado para os usuários menos exigentes e que utilizam apenas aplicações básicas. Um i3 consegue editar documentos e planilhas muito bem, navegar na internet com conforto e rodar até alguns jogos bem leves.

Os modelos i3, geralmente, são os mais compactos dessa família de processadores em questão de tamanho, perfeitos para quem quer levá-los para qualquer canto, como o HP Pavillion X360.

Além disso, os aparelhos ainda trazem essas numerações estranhas, como 6100U. Mas calma, é fácil: o primeiro número significa o numero da geração do processador, ou seja, nesse caso é de sexta geração, a mais recente, outros podem começar com 5, 4 ou 3, por exemplo; já a letra no final tem um significado próprio e isolado. Por exemplo, o U, desde a segunda geração denota potência ultrabaixa, ou os notebooks que prezam pela duração de bateria ao desempenho.

Veja os preços

Dell Inspiron 15 Série 3000 Intel Core i3-4005U 1.7 GHz 4096 MB 1024 GB

  • Tela: 15.6 polegadas
  • Placa de vídeo: Intel HD Graphics
  • Sistema Operacional: Windows 10

Novos a partir de:

R$ Consulte

Intel Core i5:

Os i5, ao contrário dos i3, já atendem uma parcela muito maior do mercado, já que eles conseguem executar tarefas básicas com muita facilidade e até algumas mais densas, como edição de vídeo e fotos, ou até mesmo jogos razoáveis, como Counter Strike.

Alguns modelos que trazem os processadores i5 possuem a tecnologia Turbo Boost, que aumenta o giro do processador por alguns minutos, de acordo com o que a inteligência desse mecanismo identifica como fraqueza do processador. Por exemplo, se a temperatura do notebook está baixa e você precise de desempenho, o Turbo Boost irá notar essa necessidade e vai aumentar o giro do processador.

A letra U é bastante comum também nos processadores i5, mostrando que os notebooks desse porte prezam por bateria a desempenho. Contudo, outras letras também são comuns, como H, que significa gráficos de alto desempenho. Nesses H, a placa de vídeo é poderosa e desempenha um ótimo papel, principalmente para editores e gamers.

Há também os HQ, os mais recentes, que significa gráficos Quad Core de alto desempenho, ou seja, os gráficos da placa de vídeo são ainda melhores, aliados ao processador atualizadíssimo, por isso são os mais caros e estão em alguns notebooks gamers. A letra M também costuma aparecer para caracterizar os notebooks portáteis, aqueles que são leves e compactos, trazendo um bom processador.

Veja os preços

Samsung Style NP910S3K Intel Core i5-5200U 2.2 GHz 4096 MB 256 GB

  • Tela: 13.3 polegadas
  • Placa de vídeo: Intel HD Graphics
  • Sistema Operacional: Windows 8

Novos a partir de:

R$ Consulte

Intel Core i7:

Nesse caso não há muito o que falar, praticamente tudo roda num i7. Se o processador está aliado a uma placa de vídeo potente então, aí temos um notebook poderosíssimo - e dos mais caros.

Os recentes notebooks Alienware 15 e 17, que chegaram ao mercado brasileiro esse ano, trazer processadores i7 de sexta geração. Se você notar, alguns deles possuem a nomenclatura HQ, que, como explicamos no tópico anterior, serve ao alto desempenho de um notebook. As versões mais potentes, por sua vez, trazem outra nomenclatura, HK. Diferente da HQ, a HK é ainda mais potente , por isso ele está na maioria dos notebooks gamers do mercado.

Outras letras que aparecem em diversos notebooks é a U e a M, que já foram explicadas nos tópicos acima. MQ também se faz presente em alguns modelos de segunda e terceira geração, e faz jus ao modelos Quad-Core portáteis.

Veja os preços

Lenovo G50-80 Intel Core i7-5500U 2.4 GHz 8192 MB 1024 GB

  • Tela: 15.6 polegadas
  • Sistema Operacional: Windows 10
  • Entrada USB: 3 Porta(s)

Novos a partir de:

R$ Consulte

Processadores Celeron e os processadores Core M

Os processadores Celeron são voltados para notebooks exclusivamente compactos e portáteis. Sabe aqueles modelos para usar em sala de aula, escritório ou levar numa viagem? Então, o Intel Celeron combina exatamente com esse perfil de usuário já que o clock do processador é bem baixo e a maioria desses processadores possuem apenas um núcleo.

O i3, apesar de ser um processador de entrada, ainda consegue executar algumas tarefas mais densas, além de ser melhor em multitarefa, o que o Celeron acaba ficando para trás nesses quesitos. Inclusive, os notebooks com processadores Celeron travam bastante, mesmo em tarefas bastante simples, como abrir várias abas do navegador.

Já os notebooks com processador Intel Core M são um marco na informática, pois são fabricados com tecnologia de 14 nanômetros e dispensam o uso de ventoinhas pelo baixíssimo consumo de energia, mas são surpreendem pelo desempenho, que é mediano.

Esse processador atualmente integra notebooks ultrafinos , como o novo Macbook,mas eles também podem estar presentes em tablets daqui um tempo, por exemplo.

Veja os preços

Samsung Essentials E21 NP370E4K Intel Celeron 3205U 1.5 GHz 4096 MB 500 GB

  • Tela: 14.0 polegadas
  • Sistema Operacional: Windows 10
  • Entrada USB: 3 Porta(s)

Novos a partir de:

R$ Consulte
  • #notebook
  • #intel
  • #processadores

Mat�rias Relacionadas