Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Battlefield 1 traz bom multiplayer e um modo história interessante

Desenvolvida pela DICE, jogo tem como pano de fundo a Primeira Guerra Mundial

  • Por: João Henrique Furtado SilvaJoão Henrique Furtado Silva14/12/2016
  • 14/12/2016

Stars shining bright above you/ Night breezes seem to whisper I love you / Birds singing in a sycamore tree / Dream a little dream of me. Os primeiros versões da canção Dream a little dream of me, cantados pela norte-americana Margot Bingham, embalam a primeira cena do modo história de Battlefield 1, na qual um soldado sonha que está dormindo silenciosamente, quando é interrompido por seus companheiros e trazido de volta à realidade. O cenário é a Primeira Guerra Mundial e, ao seu redor, são vistos diversos soldados, que, entre socos, tiros e coronhadas, duelam entre si. O jazz, ao fundo, dá toda um ar irônico para a cena e, é claro, isso acaba nos convidando e instigando para conhecer o rico modo histórico de Battlefield 1.

Modo história

O tom crítico em relação à guerra continua nos minutos seguintes, como a frase a guerra que acabará com todas as guerras. Porém não acabou com nenhuma, referindo-se ao grande combate que serve como pano de fundo do game. Nos primeiros momentos, você é colocado em uma linha de frente, onde não é esperado que você sobreviva. Em outras palavras, você tem as primeiras impressões da mecânica do game, com o simples objetivo de matar mais inimigos que puder, até morrer. É dessa forma que o jogo se inicia.

Mas o modo campanha vai além e traz uma série de narrativas particulares, todas, é claro, ambientadas na primeira grande guerra. Não só as histórias são muito bem contadas e envolventes como a jogabilidade que deriva delas é bem dinâmico e diversificado. Em uma delas, por exemplo, você pode controlar um tanque de guerra, ao passo que em outra você é o responsável pelo comando de uma aeronave. Tudo isso, no fim, contribui para que o jogo não fique chato. E o interessante é que todo esse dinamismo do modo campanha também auxilia quem está pouco ambientado ao game e deseja se aventurar pelo modo multiplayer do jogo.

Jogabilidade

Mas é claro que o modo multiplayer é a grande estrela quando se trata de jogos da franquia. E os resultados foram excelentes, bem divertidos e desafiadores. Os mapas, no geral, são bem abertos, o que torna o jogo, de certo ponto, mais estratégico e estudado. Além disso, a dificuldade imposta pelas armas é outro fator diferencial. Se você jogava Battlefield 4, provavelmente vai estranhar a jogabilidade do novo game da franquia. Isso porque, pelo fato de todo o arsenal ter sido baseado na Primeira Guerra Mundial, vai levar um tempo até você se acostumar com algumas características próprias de um equipamento bélico mais rústico. O coice das armas é maior, o tempo de recarga também e a precisão de alguns tiros está longe de armas mais modernas, por exemplo.

Agora, resta saber se Battlefield é o jogo indicado para você. Já que ele possui mapas grandes e armas rústicas, as jogadas, no geral, devem ser muito bem pensadas e fogem daqueles padrões em que você sai sozinho e acaba atirando em várias pessoas. A ideia aqui é que o time se comunique, pense em cada jogada para, dessa forma, achar a melhor forma de atacar a equipe adversária. E, para isso, são vários os fatores que podem contribuir para isso, como aeronaves, tanques de guerras e até cavalos. Nesse ponto, Battlefield 1 tem um ótimo desempenho ao reproduzir uma guerra.

Há algumas coisas um pouco discrepantes, mas que, digamos, são aceitáveis para tornar o jogo mais divertido. Claro que nem tudo é perfeito e algumas cenas chegam a ser engraçadas -- como seu personagem girando uma chave de rosca e isso salvando um tanque que está quase em chamas. Mas isso é uma espécie de licença poética do game, que não compromete o belíssimo visual do jogo e a parte física limitada que o armamento antigo possuía. Quanto à movimentação dos jogadores, tudo muito bem construído, com personagens se movendo de forma natural e sem bugs evidentes.

Conclusão

Battlefield 1 é, sem dúvidas, um excelente game. Agora, resta saber se ele é o jogo indicado para você ou não. Isso porque, pelo fato de ter sido ambientado na Primeira Guerra Mundial, o game traz algumas limitações que o armamento bélico da época inerentemente possuía. E isso não é um ponto negativo, mas que vai agradar mais aos fãs de simulação histórica do que propriamente quem está acostumado com os jogos de tiro mais atuais e dinâmicos -- como Overwatch e alguns games da série Call of Duty. De qualquer forma, o trabalho realizado pela EA e a DICE trouxe frutos riquíssimos, com cenários visualmente belíssimos e opções de jogabilidade muito interessantes, como são os casos dos tanques de guerra e das aeronaves.

  • #Battlefield 1
  • #PS4
  • #Xbox One

Mat�rias Relacionadas