Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

A obra apresenta dados de 90 espécies, ordenadas a partir do "degradê" de suas cores, um dos aspectos sensoriais mais importantes da madeira para uso em design, decoração, arquitetura de interiores e marcenaria. O livro é acompanhado de um mostruário que apresenta cada uma das madeiras a partir de imagens em tamanho real das fases tangencial ou radial e em aumento de 10 vezes da fase transversal, permitindo que todas as espécies possam ser comparadas entre si. Esse aumento de visualização da face transversal é usado como técnica para a identificação das espécies por meio de seus elementos celulares. Já as imagens em tamanho real permitem o reconhecimento da espécie e sua visualização quanto à combinação ou substituição das madeiras. A intenção é apresentar ao leitor uma amostra de cada madeira da forma mais fiel possível em relação à realidade. Por vezes, foi difícil decidir sobre qual melhor imagem e, eventualmente, algumas delas poderão não representar fidedignamente uma amostra de madeira, tendo em vista a característica do material natural que pode apresentar diferenças dependendo da amostra, bem como a imprecisão cromática da impressão. Cada ficha do mostruário apresenta, também, os principais dados relativos às características e propriedades das espécies para uso em design, decoração, arquitetura de interiores e marcenaria. A escolha das 90 madeiras apresentadas no livro foi baseada em listas das 100 espécies nativas mais comercializadas no Brasil em 2008 e 2009, na disponibilidade de imagens e de dados técnicos, bem como na inclusão de madeiras extintas, proibidas de serem exploradas ou produzidas em plantios florestais. Este livro busca trazer informações para que o uso das diversas espécies de madeira possa ser feito de maneira ampla, seja em combinações de cores e texturas, seja na escolha de alternativas para substituições daquelas espécies menos abundantes, circunstância esta que pode ocorrer devido a fatores sazonais ou a ameaças de extinção.