Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

HP Pavilion Mini 300-202 Intel Core i5-5200U 2.2 GHz 8192 MB 1024 GB
Ícone de Favorito

2/10 (Baseado em 1 avaliação)

Produto Indisponível

Avise-me quando chegar
Informações Básicas
MarcaHP
ModeloPavilion Mini 300-202
Tela e Vídeo
Placa de vídeoIntel HD Graphics 5500
Processador e Memória
ProcessadorIntel Core i5-5200U
Velocidade do Processador2.2 GHz
Memória RAM8192 MB
Tecnologia da MemóriaDDR3L
Máximo de Memória16 GB
Armazenamento e Sistema
Capacidade1024 GB
Velocidade do HD5400 rpm
Sistema OperacionalWindows 10
Licença do Sistema OperacionalHome
Conexões e Bateria
EntradasFone de Ouvido, HDMI, Microfone, RJ-45
Entrada USB4 Porta(s)
Dimensões e Peso
Largura145 mm
Altura54 mm
Profundidade145 mm
Peso0,6 Kg
Por Colaborador em 04/08/2016
HP Pavilion mini é um PC compacto, mas com bom desempenho

Modelo 300-202BR esbanja conexões, oferece boa performance para o dia-a-dia e possui visual moderno

Prós
  • Bom desempenho para tarefas cotidianas

  • Conexões de sobra

  • Design compacto

Contras
  • Posição do P2 é incômoda

  • Setas não são destacadas e tecla Enter é pequena

Estamos na era da portabilidade, até porque tudo fica mais fácil se pudermos carregar de um lugar para outro sem causar dor de cabeça (ou ter o mínimo possível dela), certo? E para quem procura um novo PC para ser sua estação de trabalho ou, até mesmo, multimídia, um pequeno computador passou por nossas mãos e foi devidamente avaliado. Estamos falando o HP Pavilion mini (300-202BR), um modelo compacto que pode tanto ser plugado a um monitor, quanto a um televisor na sala de estar. Confira todos os detalhes no review a seguir.

Estamos na era da portabilidade, até porque tudo fica mais fácil se pudermos carregar de um lugar para outro sem causar dor de cabeça (ou ter o mínimo possível dela), certo? E para quem procura um novo PC para ser sua estação de trabalho ou, até mesmo, multimídia, um pequeno computador passou por nossas mãos e foi devidamente avaliado. Estamos falando o HP Pavilion mini (300-202BR), um modelo compacto que pode tanto ser plugado a um monitor, quanto a um televisor na sala de estar. Confira todos os detalhes no review a seguir.

Design

Pequeno e elegante. Esse é o HP Pavilion mini. No formato, podemos dizer que ele é uma mistura de uma forma redonda e quadrada. Suas bordas são arredondadas, o que traz um charme a mais para o aparelho. Totalmente construído em plástico, mas de boa qualidade, a robustez é outra marca evidente neste pequenino computador da HP.

Na parte superior, o logo da fabricante está posicionado centralizado na cor prateada sobre um acabamento em cinza. Ao redor, predomina a cor branca. Na parte inferior, zapatas emborrachadas impedem o dispositivo sambar sobre a superfície plana.

Para você ter noção como esse aparelho não vai ocupar espaço onde quer que esteja, são apenas 660 gramas, 5,4 centímetros de altura, 14,5 cm de largura e profundidade. Seja para colocar ao lado da TV ou no escritório, as dimensões são excelentes (até mesmo para carregar na mochila).

Pequeno e elegante. Esse é o HP Pavilion mini. No formato, podemos dizer que ele é uma mistura de uma forma redonda e quadrada. Suas bordas são arredondadas, o que traz um charme a mais para o aparelho. Totalmente construído em plástico, mas de boa qualidade, a robustez é outra marca evidente neste pequenino computador da HP.

Na parte superior, o logo da fabricante está posicionado centralizado na cor prateada sobre um acabamento em cinza. Ao redor, predomina a cor branca. Na parte inferior, zapatas emborrachadas impedem o dispositivo sambar sobre a superfície plana.

Para você ter noção como esse aparelho não vai ocupar espaço onde quer que esteja, são apenas 660 gramas, 5,4 centímetros de altura, 14,5 cm de largura e profundidade. Seja para colocar ao lado da TV ou no escritório, as dimensões são excelentes (até mesmo para carregar na mochila).

Conectividade, teclado e mouse

Mas se você acha que por ser pequeno, isso significa ter que cortar algumas coisas, se enganou. A começar pelas conexões, que são muitas. Acompanhe conosco: 4 USBs 3.0 (duas frontais e duas traseiras), leitor para cartões (lateral), HDMI (para plugar TV, monitor, projetor, etc.), DisplayPort (plugar monitores compatíveis), interface de rede Gigabit Ethernet, Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e P2 para headset (todos na traseira). Ou seja, nesse ponto não falta nada. Mas seria mais agradável se o P2 estivesse na parte frontal, o que facilitaria plugar fones de ouvido.

Outros acessórios que acompanham o mini PC da HP são teclado e mouse. Ambos não utilizam fios e se conectam via dongle, que se encontra dentro do mouse e deve ser plugado em um dos USBs. A vantagem para se usar com um televisor já começa aí, pois basta conectar via HDMI na TV, colocar o teclado no colo e usar o braço do sofá como mousepad.

Claro que estamos utilizando o teclado para digitar esse review e a experiência foi bastante confortável. Além de contar com um teclado numérico, ele ainda traz comandos multimídia e de volume. As teclas são macias e silenciosas. O pequeno problema fica por conta da posição de alguns botões. As setas ficam ao lado do teclado numérico e errar é mais comum do que se imagina. Outro porém é o Enter, que possui um tamanho reduzido e também proporciona alguns erros.

Já o mouse, no início se mostrou um pouco desconfortável, mas no decorrer fomos nos acostumando. Ele já é mais barulhento graças aos cliques. O teclado e o mouse funcionam com pilhas pequenas (AA).

Mas se você acha que por ser pequeno, isso significa ter que cortar algumas coisas, se enganou. A começar pelas conexões, que são muitas. Acompanhe conosco: 4 USBs 3.0 (duas frontais e duas traseiras), leitor para cartões (lateral), HDMI (para plugar TV, monitor, projetor, etc.), DisplayPort (plugar monitores compatíveis), interface de rede Gigabit Ethernet, Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e P2 para headset (todos na traseira). Ou seja, nesse ponto não falta nada. Mas seria mais agradável se o P2 estivesse na parte frontal, o que facilitaria plugar fones de ouvido.

Outros acessórios que acompanham o mini PC da HP são teclado e mouse. Ambos não utilizam fios e se conectam via dongle, que se encontra dentro do mouse e deve ser plugado em um dos USBs. A vantagem para se usar com um televisor já começa aí, pois basta conectar via HDMI na TV, colocar o teclado no colo e usar o braço do sofá como mousepad.

Claro que estamos utilizando o teclado para digitar esse review e a experiência foi bastante confortável. Além de contar com um teclado numérico, ele ainda traz comandos multimídia e de volume. As teclas são macias e silenciosas. O pequeno problema fica por conta da posição de alguns botões. As setas ficam ao lado do teclado numérico e errar é mais comum do que se imagina. Outro porém é o Enter, que possui um tamanho reduzido e também proporciona alguns erros.

Já o mouse, no início se mostrou um pouco desconfortável, mas no decorrer fomos nos acostumando. Ele já é mais barulhento graças aos cliques. O teclado e o mouse funcionam com pilhas pequenas (AA).

Configuração e desempenho

Antes de falar do desempenho, temos que citar suas configurações. Dentro do pequeno corpo, o HP Pavilion mini traz um processador Intel Core i5-5200U Dual Core de 2,2 GHz com Turbo Max de até 2,7 GHz, 8 GB de memória RAM padrão DDR3L (com expansão até 16 GB) e disco rígido de 1 TB. O chip gráfico integrado é um Intel HD Graphics 5500 e a placa de som (também integrada) é da B&O (Bang & Olufsen). O sistema operacional é o Windows 10.

Como o foco desse aparelho não é a jogatina, deixamos os testes com games de lado. Mas, além de digitar todo esse texto utilizando o HP mini, deixamos várias abas do navegador aberta, curtimos vídeos no YouTube, ouvimos música pelo aplicativo do Spotify, assistimos alguns filmes no Netflix e até brincamos com o Adobe Premiere para editar um pequeno vídeo.

Um dos fatores para o bom desempenho multitarefa do pequeno computador são os 8 GB de RAM, permitindo deixar aberto diversos programas e transitar entre eles a qualquer momento. Os engasgos foram poucos e não atrapalham a experiência.

E mesmo não sendo um modelo indicado para edição de vídeos, realizamos um pequeno teste para exportar um clipe de 1 minuto em resolução HD para o YouTube. É bom deixar claro que, para essa comparação, utilizamos duas máquinas voltadas para a edição de imagens:

 

  • Mac Pro (final de 2010): Processador 2 x 2,4 GHz Quad-Core Intel Xeon, 16 GB de RAM DDR3 1066 MHz e GPU ATI Radeon HD 5770 com 1 GB GDDR5.
  • Mac Pro (meio de 2013): Processador Intel Xeon E5 6 core de 3,5 GHz, 16 GB de RAM DDR3 1866 MHz e duas GPUs AMD FirePro D500 com 3 GB GDDR5 cada uma.

 

Enquanto o HP Pavilion mini levou 1m47seg para exportar o trecho, o Mac Pro 2010 foi 30 segundos mais veloz. Já o Mac Pro 2013 precisou de apenas 41 segundos. Fica bem claro que o HP mini não foi feito para isso e a diferença teria sido ainda maior se o projeto tivesse muitos efeitos, cortes, legendas, por exemplo. Mas para quem gosta de brincar com isso, saiba que será possível, mesmo não tendo um desempenho esplendoroso.

Antes de falar do desempenho, temos que citar suas configurações. Dentro do pequeno corpo, o HP Pavilion mini traz um processador Intel Core i5-5200U Dual Core de 2,2 GHz com Turbo Max de até 2,7 GHz, 8 GB de memória RAM padrão DDR3L (com expansão até 16 GB) e disco rígido de 1 TB. O chip gráfico integrado é um Intel HD Graphics 5500 e a placa de som (também integrada) é da B&O (Bang & Olufsen). O sistema operacional é o Windows 10.

Como o foco desse aparelho não é a jogatina, deixamos os testes com games de lado. Mas, além de digitar todo esse texto utilizando o HP mini, deixamos várias abas do navegador aberta, curtimos vídeos no YouTube, ouvimos música pelo aplicativo do Spotify, assistimos alguns filmes no Netflix e até brincamos com o Adobe Premiere para editar um pequeno vídeo.

Um dos fatores para o bom desempenho multitarefa do pequeno computador são os 8 GB de RAM, permitindo deixar aberto diversos programas e transitar entre eles a qualquer momento. Os engasgos foram poucos e não atrapalham a experiência.

E mesmo não sendo um modelo indicado para edição de vídeos, realizamos um pequeno teste para exportar um clipe de 1 minuto em resolução HD para o YouTube. É bom deixar claro que, para essa comparação, utilizamos duas máquinas voltadas para a edição de imagens:

 

 

Enquanto o HP Pavilion mini levou 1m47seg para exportar o trecho, o Mac Pro 2010 foi 30 segundos mais veloz. Já o Mac Pro 2013 precisou de apenas 41 segundos. Fica bem claro que o HP mini não foi feito para isso e a diferença teria sido ainda maior se o projeto tivesse muitos efeitos, cortes, legendas, por exemplo. Mas para quem gosta de brincar com isso, saiba que será possível, mesmo não tendo um desempenho esplendoroso.

Conclusão

Se você não tem muito espaço em sua mesa, seja em casa ou no escritório, mas busca um bom computador para as tarefas do dia-a-dia, o HP Pavilion mini (300-202BR) é uma ótima opção. O pequeno PC é ideal para usar com diversas aplicações simples, como o pacote Office, navegação, programas de música, vídeos e redes sociais.

Com um design minimalista, mas elegante, o Pavilion mini também se destaca pela boa quantidade de conexões (são 4 USBs 3.0, HDMI e DisplayPort). Com a praticidade de ser pequeno, é possível levar na bolsa numa boa e até plugar na TV. Mouse e teclado não possuem fios e aumentam ainda mais com esse conceito de portabilidade.

Os problemas são, assim como o PC, bem pequenos. Um deles é a posição da entrada P2 para headset. Bem que ela poderia estar localizada na parte frontal. Outro é a posição e o tamanho de alguns botões no teclado. As setas não estão destacadas e o Enter é pequeno, o que confunde, às vezes, na hora da digitação.

Matérias Relacionadas
2/10 Não recomendo este produto
Avaliação Geral0%Recomendam a compra
2/10Baseado em 1 avaliações
Aspectos Negativos
  • Desempenho
Enviar sua Avaliação