Ative o Buscapé te Protege GRÁTIS. Suas compras protegidas em até R$ 5mil pelo Buscapé te Protege.

Google Chromecast
Ícone de Favorito

9/10 (Baseado em 167 avaliações)

Produto Indisponível

Avise-me quando chegar
Informações Básicas
MarcaGoogle
ModeloChromecast
Características
FunçõesAcesso à internet
Conexões1 HDMI, 1 USB
Controle RemotoNão
Dimensões
Altura35 mm
Profundidade12 mm
Largura72 mm
Peso0,03 Kg
Por Colaborador em 04/04/2016
Transforme seu televisor em Smart TV com o Chromecast

Dispositivo do Google faz streaming de filmes e músicas de principais serviços, como Netflix e YouTube, e tudo é controlado pelo smartphone ou tablet

Prós
  • Opção barata para transformar sua TV em uma Smart TV

  • Fácil instalação e configuração

  • Apps mais populares estão presentes, como Netflix, YouTube, Spotify, Vevo, TuneIn Radio e o navegador Chrome

Contras
  • Lembre-se que todos os comandos são realizados via celular, tablet ou computador/notebook. Talvez isso irrite alguns usuários

A crise está atingindo todo mundo e não tá sobrando grana no fim do mês. Se esse é o seu caso e você ainda tem uma TV que não seja Smart, nem um videogame para servir de central multimídia, que tal fazer isso utilizando o Chromecast? Nesse review, vamos falar sobre a primeira versão, lançada em 2013.

A crise está atingindo todo mundo e não tá sobrando grana no fim do mês. Se esse é o seu caso e você ainda tem uma TV que não seja Smart, nem um videogame para servir de central multimídia, que tal fazer isso utilizando o Chromecast? Nesse review, vamos falar sobre a primeira versão, lançada em 2013.

Instalação

Ao abrir a embalagem, encontramos o próprio Chromecast (que, pelo design, lembra muito um pen drive), uma fonte de energia e um pequeno extensor HDMI, que auxilia a conexão principalmente em portas de difícil acesso (atrás da TV, por exemplo).

A configuração é bem simples: plugue o Chromecast em uma das entradas HDMI e conecte o cabo microUSB no dispositivo. Em seguida, coloque na tomada. Caso seu televisor já traga HDMI 1.4 ou superior, ele mesmo já gera a energia necessária para alimentar o dispositivo do Google.

Em seguida, acesse a Play Store ou a App Store e baixe o aplicativo do Chromecast. O pequeno dispositivo gera uma própria rede Wi-Fi, onde será necessária a conexão para essa primeira configuração. Isso feito, um código aparece na tela da TV, que deverá ser o mesmo que se apresenta na tela do dispositivo. Após confirmar, escolha um nome para o pequeno aparelho do Google e digite a senha da rede Wi-Fi da sua casa. A partir daí, o Chromecast sempre estará conectado a rede sem fio da sua residência. Em seguida, o sistema busca por atualizações. Se não houver nenhuma, pronto. Você já pode começar a utilizar o dispositivo.

Ao abrir a embalagem, encontramos o próprio Chromecast (que, pelo design, lembra muito um pen drive), uma fonte de energia e um pequeno extensor HDMI, que auxilia a conexão principalmente em portas de difícil acesso (atrás da TV, por exemplo).

A configuração é bem simples: plugue o Chromecast em uma das entradas HDMI e conecte o cabo microUSB no dispositivo. Em seguida, coloque na tomada. Caso seu televisor já traga HDMI 1.4 ou superior, ele mesmo já gera a energia necessária para alimentar o dispositivo do Google.

Em seguida, acesse a Play Store ou a App Store e baixe o aplicativo do Chromecast. O pequeno dispositivo gera uma própria rede Wi-Fi, onde será necessária a conexão para essa primeira configuração. Isso feito, um código aparece na tela da TV, que deverá ser o mesmo que se apresenta na tela do dispositivo. Após confirmar, escolha um nome para o pequeno aparelho do Google e digite a senha da rede Wi-Fi da sua casa. A partir daí, o Chromecast sempre estará conectado a rede sem fio da sua residência. Em seguida, o sistema busca por atualizações. Se não houver nenhuma, pronto. Você já pode começar a utilizar o dispositivo.

Aplicativos compatíveis

Com tudo configurado, agora é hora de saber quais aplicativos você pode usar em seu Chromecast. Mas que fique claro uma coisa: você não instala nada no aparelho do Google. Todos os aplicativos compatíveis estão no celular, tablet ou até no PC.

A lista traz nomes populares como YouTube, Netflix, Spotify, Vevo, TuneIn Radio e até o Chrome. Para conferir a lista completa, acesse chromecast.com/apps ou no próprio aplicativo do Chromecast, onde é já é possível baixar os programas para o dispositivo móvel.

E quando você não estiver utilizando nenhum programa, é possível ainda deixar belos fundo de telas com fotos de paisagens selecionadas pelo próprio Google.

Com tudo configurado, agora é hora de saber quais aplicativos você pode usar em seu Chromecast. Mas que fique claro uma coisa: você não instala nada no aparelho do Google. Todos os aplicativos compatíveis estão no celular, tablet ou até no PC.

A lista traz nomes populares como YouTube, Netflix, Spotify, Vevo, TuneIn Radio e até o Chrome. Para conferir a lista completa, acesse chromecast.com/apps ou no próprio aplicativo do Chromecast, onde é já é possível baixar os programas para o dispositivo móvel.

E quando você não estiver utilizando nenhum programa, é possível ainda deixar belos fundo de telas com fotos de paisagens selecionadas pelo próprio Google.

Experiência de uso

Em nossos testes, utilizamos um smartphone Android e um iPhone. E não tem muito segredo. No dispositivo móvel, abra o aplicativo desejado. Em seguida, clique no ícone que se assemelha a uma tela com sinal de Wi-Fi. Selecione o seu aparelho Chromecast. Agora é só escolher o conteúdo e ele é automaticamente reproduzido em sua TV.

Todos os comandos são feitos na tela do smartphone ou tablet, seja para avançar ou retroceder o vídeo ou música ou mudar idioma e legendas. Uma vantagem é que você pode encerrar a aplicação do aparelho móvel ou até mesmo desligá-lo, que o conteúdo reproduzido via streaming não será interrompido. Mas lembre-se que todos os comandos também ficarão inativos.

Ainda dá para espelhar uma aba do navegador Chrome utilizando a extensão Google Cast no seu computador. O procedimento é o mesmo dos aparelhos móveis e é necessário estar na mesma rede sem fio. O detalhe é que apenas uma aba será reproduzida em tempo real na tela da TV, e não todo o navegador. Mas você poderá mexer nas outras numa boa, sem afetar a reprodução que está no televisor.

Mas e o ‘delay’? Sim, aquele famoso atraso. No Netflix e YouTube demora cerca de 1 segundo para que o comando feito no dispositivo móvel seja realizado no Chromecast. Parece muito, mas isso não incomoda e com o tempo você nem percebe mais. Já no Browser, segue o mesmo padrão. Só vai incomodar se ficar utilizando por muito tempo o navegador.

Em nossos testes, utilizamos um smartphone Android e um iPhone. E não tem muito segredo. No dispositivo móvel, abra o aplicativo desejado. Em seguida, clique no ícone que se assemelha a uma tela com sinal de Wi-Fi. Selecione o seu aparelho Chromecast. Agora é só escolher o conteúdo e ele é automaticamente reproduzido em sua TV.

Todos os comandos são feitos na tela do smartphone ou tablet, seja para avançar ou retroceder o vídeo ou música ou mudar idioma e legendas. Uma vantagem é que você pode encerrar a aplicação do aparelho móvel ou até mesmo desligá-lo, que o conteúdo reproduzido via streaming não será interrompido. Mas lembre-se que todos os comandos também ficarão inativos.

Ainda dá para espelhar uma aba do navegador Chrome utilizando a extensão Google Cast no seu computador. O procedimento é o mesmo dos aparelhos móveis e é necessário estar na mesma rede sem fio. O detalhe é que apenas uma aba será reproduzida em tempo real na tela da TV, e não todo o navegador. Mas você poderá mexer nas outras numa boa, sem afetar a reprodução que está no televisor.

Mas e o ‘delay’? Sim, aquele famoso atraso. No Netflix e YouTube demora cerca de 1 segundo para que o comando feito no dispositivo móvel seja realizado no Chromecast. Parece muito, mas isso não incomoda e com o tempo você nem percebe mais. Já no Browser, segue o mesmo padrão. Só vai incomodar se ficar utilizando por muito tempo o navegador.

Conclusão

A proposta do Chromecast é bem simples: transformar seu televisor comum em uma Smart TV gastando pouco. Para quem não pode comprar um novo aparelho, o dispositivo do Google oferece o acesso aos serviços de streaming mais usados como Netflix e YouTube.

Com instalação e configuração bastante intuitiva e usabilidade simples, os conteúdos são enviados rapidamente e todos os controles ficam disponíveis nos apps dos dispositivos móveis.

Matérias Relacionadas
10/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
10/10 Recomendo este produto
8/10 Recomendo este produto
Verificado
10/10 Recomendo este produto
Avaliação Geral97%Recomendam a compra
9/10Baseado em 167 avaliações
Aspectos Positivos
  • Reprodução
  • Funções e Características
  • Conexões
  • Custo-Benefício
  • Desempenho
Pontos de Atenção
  • Facilidade de Uso
Enviar sua Avaliação