MENORES PREÇOS DOS ÚLTIMOS PRODUTOS BUSCADOS

 

    MELHORES lojasMENORES preços ;)
    Buscapé

    Nosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

    Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
    Agradecemos desde já sua compreensão.

    Smartphone Motorola Razr D3 XT920info

    • Chips: Dual Chip
    • Câmera Traseira: 8.0 Megapixels
    • Tamanho da Tela: 4.0 polegadas
    • Nota: 9/10 Baseado em 653 avaliações
    Adicione à lista
      Me avise quando o preço cair
      Carregando...

        Avaliação do Especialista

        Razr D3 é mais um acerto da Motorola no mercado brasileiro

        Smartphone intermediário tem ótimo conjunto, sendo uma boa alternativa para quem não quer investir alto num aparelho de ponta.

        Informações Básicas

        • TipoSmartphone
        • MarcaMotorola
        • LinhaRazr
        • ModeloD3 XT920
        • ChipsDual Chip

        Câmera

        • Câmera Traseira8.0 Megapixels
        • Funções da CâmeraFlash, Foco Automático, HDR, Posição Geográfica
        • Câmera Frontal1.2 Megapixels Frontal

        Tela

        • Tamanho da Tela4.0 polegadas
        • Tipo de TelaTFT
        • Resolução480 x 800 Pixels

        Hardware

        • ProcessadorDual-Core
        • Velocidade do Processador1.2 GHz
        • Memória Interna4 GB
        • EntradasFone de Ouvido, USB

        Software

        • Sistema OperacionalAndroid
        • VersãoJelly Bean

        Características e Conectividade

        • InternetWi-Fi
        • RecursosBluetooth, MP3 Player, NFC, Rádio

        Bateria

        • Bateria2000 mAh

        Dimensões

        • Largura59.8 mm
        • Altura119,3 mm
        • Profundidade9,8 mm
        • Peso120 g
        Ver mais detalhes

        Razr D3 é mais um acerto da Motorola no mercado brasileiro

        Smartphone intermediário tem ótimo conjunto, sendo uma boa alternativa para quem não quer investir alto num aparelho de ponta.

        por em 9/6/2013

        Prós:

        • - Ótima relação entre custo e benefício; - Boas câmeras para um modelo intermediário; - Bom desempenho em sua categoria; - Bateria suporta um dia inteiro de uso contínuo; - É dual-chip quadriband;

        Contras:

        • - Som do alto-falante e do fone decepcionam; - Não permite armazenamento de apps na memória externa.
        Se você possui um smartphone simples e deseja dar um upgrade, sem gastar muito por isso, conheça o Razr D3. Ele é um modelo intermediário com ótimo desempenho e muitos recursos, e vem com a última versão do Android, boas câmeras e tela diferenciada na categoria. Mas seu som fica aquém do esperado, por isso veja tudo sobre o modelo em nossa análise antes de comprar o seu.

        Não surpreende, mas não decepciona

        O D3 não traz acabamento diferenciado como os Razr da linha "i". Em vez do alumínio e tampa traseira em Kevlar, ele é todo feito em plástico preto, sem rebarbas ou partes mal encaixadas. A parte traseira é fixa (não é possível remover a tampa e a bateria) e vem com aquela textura característica da linha Razr, que ajuda aumentando o atrito e evita eventuais quedas. Seu desenho é simples, todo quadrado com pequenas curvas nas extremidades, e ele mantém os parafusos aparentes nas laterais. No geral, o D3 é robusto, e não quebrará com facilidade. Ainda proporciona ótima pegada e traz dimensões enxutas, com 6 cm de largura, 11,9 cm de altura e 1 cm de espessura, pesando 120 gramas. O modelo traz as entradas para os cartões SIM (ele é dual chip, do tipo normal) e micro SD na lateral esquerda, que são protegidos por uma tampa. Ainda nessa lateral está sua entrada micro USB. Na lateral direita ficam os botões físicos para controle de volume e o liga/desliga. Acima está o conector P2 para fone de ouvido, e a saída de som frontal fica abaixo do logo da Motorola. Ao seu lado estão o sensor de luz ambiente, a Luz LED de aviso e a câmera frontal. Em toda a extensão frontal não há mais nenhum botão físico, e assim as funções Home, Voltar e Multitarefas fica a cargo do Android na tela do aparelho. E falando no display, o D3 traz tela de 4 polegadas multitoque TFT, com resolução de 480 x pixels (densidade de 233 PPI) e que conta com tratamento contra riscos. Se tratando de um modelo intermediário, o smartphone possui uma boa tela, que é bastante sensível ao toque e proporciona boa visualização a conteúdos diversos como vídeos e fotos, e também textos. A transição das páginas e o toque são bastante suaves, e com tamanho de 4 polegadas a digitação no teclado virtual QWERTY é bem tranquila, já que as teclas ficam espaçadas. Ele possui boa taxa de brilho e contraste razoável, sendo possível ver qualquer conteúdo mesmo sob luz intensa.

        Rápido e conta com muitos recursos

        O Razr D3 tem um conjunto de hardware muito bom para um modelo intermediário. Ele traz processador ARM Cortex-A9 dual-core de 1,2GHz, 1GB de RAM DDR2 e GPU PowerVR SGX531. Assim, seu desempenho para multitarefa é ótimo, permitindo abrir 10 aplicativos ou mais sem engasgar, e roda grande parte dos jogos pesados e apps sem esforço. A memória interna de apenas 4GB desagrada, sendo possível expandir sua capacidade a até 32GB via cartão. Mas, fique atento, pois não é possível (de maneira simples e sem quebrar a cabeça) mover aplicativos para a memória externa. O smartphone vem de fábrica com o Android 4.1.2 (Jelly Bean), e já está pronto para a próxima atualização do sistema. Assim como todos os aparelhos da linha Razr, ele vem com uma leve customização apenas, e traz algumas configurações pré-programadas se o usuário desejar mudar seu aparelho. Ele traz poucos apps instalados e o que estranhamos foi a falta de um player de mídia vir junto - nada que não possa ser sanado com um download na Play Store, claro. Já falamos anteriormente que o D3 é dual SIM, e aceita cartões do tipo normal (vem com uma chavinha plástica para auxiliar o processo de instalação) e possui configuração bem fácil e prática para controlar os dois cartões. E por ser quadriband, funciona com qualquer operadora nacional. Em recursos, o aparelho disponibiliza conexão Wi-Fi (com direct), 3G, Bluetooth 4.0 e NFC (que permite, de maneira simples, a troca de dados e conexão entre dispositivos próximos compatíveis), além de GPS (seu AGPS é rápido e tem ótima resposta). Além destes, conta também com os já convencionais recursos de bússola, acelerômetro e proximidade. A câmera traseira do D3 tem 8MP e resolução de 3264 x 2488 pixels, conta com flash de LED, autofoco e detector de face, e zoom digital de 4x. Não é nenhuma maravilha, mas faz boas fotos caseiras e proporciona imagens com baixa taxa de granulados, com cores vivas. Ela grava vídeos em HD (1280 x 720 pixels) a 30 quadros por segundo. Sua câmera frontal tem 1,2MP e resolução de 1280 x 960 pixels, dando conta de videochamadas com boa qualidade. O ponto fraco é seu alto-falante traseiro e sua captação de áudio, que ficaram aquém do esperado. O som é abafado e o áudio captado nos vídeos fica distorcido. A reprodução do conteúdo multimídia segue a mesma da linha Razr, suportando vídeos nos formatos MP4, H.264, H.263 e WMV, e áudio em MP3, WAV, WMA e AAC+.

        Bateria, acessórios e caixa

        A Motorola deu uma caprichada na bateria do D3, incorporando uma de 2000 mAh. Em nossos testes, o aparelho foi capaz de rodar vídeos, executar programas e jogos, e ficar conectado à internet via Wi-Fi por 10 horas seguidas, e ainda restou 15% de bateria. Para conversação o modelo suporta 7 horas. Ele se conecta ao computador via USB para troca de arquivos. Ao comprar o Razr D3 XT920, na caixa estará o aparelho com bateria, carregador bivolt, cabo USB, 1 fone de ouvido, manual do usuário, uma chave de plástico para inserção dos cartões SIM, e certificado de garantia de 1 ano. O proprietário pode adquirir separadamente um case ou capa para proteção, película de tela e outros acessórios, como fone de ouvido, headset e etc.

        Conclusão

        Apesar do D3 ter acabamento simples, todo plástico, ele não é um smartphone fraquinho que se quebrará num simples queda. Além disso, vem com tela resistente a riscos, com bom tamanho, bastante sensível e que proporciona visualização agradável. Sua câmera traseira faz boas fotos e vídeos, assim como a dianteira, que proporciona videoconferências com qualidade. Ele tem ótimo desempenho para um aparelho intermediário graças ao processador competente e boa quantidade de memória RAM. O ponto fraco deste Razr é seu áudio: o alto-falante traseiro tem som abafado, assim como o fone de ouvido. Sua captação também deixa a desejar. Entretanto, seu custo é bastante atraente e ele excede as expectativas de um smartphone em sua categoria, sendo uma excelente escolha para quem deseja um aparelho competente e não quer gastar muito por isso.

        Avaliações dos Consumidores ( 653 )

        Igor Ferreira
        deu a nota:
             5 de 10
        Recomendo este produto

        Melhor Custo-benefício da atualidade

        Ótimo celular, que já chegara as lojas provavelmente em abril, pelo preço de R$ 799,00 Dual-Chip e R$ 699,00 a versão Single-Chip que é Micro-sim. Já com o Android 4.1 JellyBean e com atualizações próximas do Android em vista, ele será utilizável por muito tempo. Tem um acabamento bem similar ao Razr I, porém com a tela menor de 4' que contem 480x854 pixels contra 4,3' do Razr I, a tela do aparelho é feita é Gorilla Glass, oque o deixa menos suscetivo a risco. Com um ótimo poder de processamento que é de 1.2Ghz Dual-Core e uma memória de 1GB deixa com que ele se saia bem desde simples tarefas como: abrir e fechar aplicativos, até jogos 3D que exigem alta-performance, a bateria de 2000mAh celular aguenta o tranco fácil até para usuários pesados. Ele também possui uma ótima câmera traseira de 8MP que filma em até 1280X720(HD) a 30FPS e tira fotos a uma resolução de 3264x2448, também contem uma câmera frontal com 1.2MP que também tira ótimas fotos e filma razoavelmente bem, ele também possui um flash e o modo de câmera HDR, que possibilita tirar fotos com melhor qualidade em lugares mais escuros. Como todos celulares da linha Razr, este aparelho vem com o Smart Actions, que é bem interessante, mais não acho muito útil (Opinião pessoal). O aparelho também conta com Bluetooth, WiFi, 3G, GPS, NFC Sensor de proximidade e de luz, acelerômetro e suporte a 32GB de cartão de memória. Como infelizmente nem tudo é perfeito, ele vem com 4GB de memória interna, sendo utilizáveis apenas 2GB.

        Positivo122Negativo44
        Fernando Carreiro Almeida Soares
        deu a nota:
             4 de 10
        Recomendo este produto

        Super android com preço atraente

        Processador dual-core, 1GB de memória, tela corning gorila class. Tudo isso em um smartphone é significado de preços lá no alto. Pois bem, a Motorola conseguiu um milagre ao lançar o Razr D3 por um preço inicial de R$ 799,00.
        E ainda mais, ele tem a opção de ser Dual Sim.
        Você que tem um smartphone low cost e quer dar um upgrade, certamente o D3 é pra você.

        Positivo169Negativo105
        Samuel Diogo
        deu a nota:
             5 de 10
        Recomendo este produto

        Otimo Aparelho. recomendo!

        é um ótimo aparelho mid term dual chip. vale o investimento de até 750 reais.
        é Dual Core 1.2Ghz e 1GB de memória interna. peca em ter apenas 2.6gb livres para instalação de aplicativos.
        A vantagem é que posso complementar com uma memória externa de 32GB.
        Android 4.1.2 porém já vi na internet que dá para colocar 4.2.2. e também haverá um update oficial para 4.2.2.

        Camêra boa para tirar fotos, mesmo sendo full HD, se filmagem nunca é boa em celular, salvo se você fixa ela em um lugar e não grave uma cena com muita movimentação.

        Não reclamo do processamento, pois é um aparelho mid term, e cumpre o que promete.

        Positivo59Negativo40
        imHicaro
        deu a nota:
             5 de 10
        Recomendo este produto

        O grande pequeno da família RAZR

        Um ótimo aparelho. Confesso que não aceitei logo de cara a idéia de abrir mão do meu iPhone, mas estou surpreso com o Android. Posso fazer simplesmente as mesmas coisas e muito mais. Percebo hoje o quanto eu era limitado, mas falando do D3 é quase perfeito. Minha única reclamação é com relação ao volume/vibração quanto às notificações. Confesso já ter perdido algumas ligações enquanto o aparelho estava no bolso, mas fora isso é perfeito. Quando à vista, as luzes de notificação (verde, azul e vermelha) facilitam muito a vida sobre qualquer atualização. SmartActions é um recurso a se destacar - é possível programar o aparelho pra um tipo de comportamento ou pra fazer algo ao chegar em um local específico, por exemplo; muito útil. Bluetooth 4.0 e NFC são um bônus (nem msm iDevices possuem NFC, até então). A câmera, de 8mp, com led é muito boa - faz excelentes fotos msm. Fãs de fotografia vão adorar o recurso HDR que funciona mt bem e gera ótimas fotos. Tamanho e peso perfeitos. A tela com mais de 220 pixels por polegada é ótima e funciona bem sob luz direta. Senti falta de uma GPU, mas ele consegue rodar jogos mais comuns e leves numa boa.

        Positivo21Negativo2
        Danielle
        deu a nota:
             1 de 10
        Não recomendo este produto

        Motorola D3 aberração virtual.

        Comprei esse smartphone com o intuito de utiliza-lo apenas para internet.
        Na verdade possuo dois telefones: um de conta fixa e um outro somente para uso da internet em que uso um cartão pré-pago pois na verdade utilizo normalmente com acesso wi-fi.
        Ocorre que com poucos meses de uso sem motivo algum o aparelho da motorola simplesmente NÃO acessa mais redes wi-fi. Simplesmente é como se tivesse sumido essa opção.
        No meu caso o celular ficou simplesmente fora de utilidade.
        Acessando por meio de buscas algumas reclamações sobre o aparelho descobri que esse mesmo FATO aconteceu com milhares de pessoas.
        É um absurdo a Motorola não ter feito ainda um RECALL para acerto ou o que quer que seja a respeito desse erro técnico da marca.
        Não indico esse celular para ninguém. Comprei o mesmo porque me falaram que ele era mais durável pois a bateria é acoplada sem ter como retira-la, entre outras coisas mas no mundo atual um celular que não consegue acesso via wi-fi chega a ser uma aberração.

        Positivo19Negativo8