Smartphone Motorola Moto Z XT1650 Style Edition
Ícone de Favorito

7/10 (Baseado em 22 avaliações)
Avaliação do Especialista
Prós
  • Muito espaço interno

  • Aparelho extremamente fino

  • Desempenho de sobra

  • Android limpo

Ler a avaliação completa
  • Ordenar por:
  • Smartphone Motorola Moto Z Style Edition XT1650 - 03 64GB Branco 4G Tela 5.5 ´ Câmera 13MP Android 6.0.1 8643431

    Smartphone Motorola Moto Z Style Edition XT1650 - 03 64GB Branco 4G Tela 5.5 ´ Câmera 13MP Android 6.0.1 8643431

  • Smartphone Motorola Moto Z Style Edition XT1650, Quad Core, Android 6, Tela 5,5 ´ 64GB, 13MP, 4G Dual Chip - Desbloqueado - Branco / Dourado

    Smartphone Motorola Moto Z Style Edition XT1650, Quad Core, Android 6, Tela 5,5 ´ 64GB, 13MP, 4G Dual Chip - Desbloqueado - Branco / Dourado

  • Smartphone Motorola Moto Z Style Edition Dourado com 64GB, Tela de 5.5 ´ ´, Dual Chip, Câmera 13MP, 4G, Android 6.0, Processador Quad - Core e 4GB de RAM

    Smartphone Motorola Moto Z Style Edition Dourado com 64GB, Tela de 5.5 ´ ´, Dual Chip, Câmera 13MP, 4G, Android 6.0, Processador Quad - Core e 4GB de RAM

  • Smartphone Motorola Moto Z Style Edition Dual Chip Grafite 5.5 ´ Android™6.0.1 Câm 13Mp, 64Gb

    Smartphone Motorola Moto Z Style Edition Dual Chip Grafite 5.5 ´ Android™6.0.1 Câm 13Mp, 64Gb

  • Smartphone Motorola Moto Z Style Edition Dual Chip Dourado 5.5 ´ Android™6.0.1 Câm 13Mp, 64Gb

    Smartphone Motorola Moto Z Style Edition Dual Chip Dourado 5.5 ´ Android™6.0.1 Câm 13Mp, 64Gb

    • Ver histórico:
    Achou caro?
    Crie um alerta de preço que a gente avisa você!
    Maior preço registrado:R$ 2.899,00
    Menor preço registrado:R$ 1.679,00
    Me avise quando o preço chegar em:
    0%
    0%
    100%
    Arraste a barra para controlar o valor do pedido
    Tela
    Tipo de TelaSUPER AMOLED
    Tamanho da Tela5.5
    Resolução2560 x 1440 Pixels
    Informações Básicas
    LinhaMoto Z
    ModeloXT1650 Style Edition
    TipoSmartphone
    MarcaMotorola
    ChipsDual Chip
    Câmera
    Funções da CâmeraFoco Automático a Laser
    Câmera Traseira13.0 Megapixels
    Funções Câmera FrontalModo Noturno
    Câmera Frontal5.0 Megapixels Frontal
    Software
    VersãoMarshmallow
    Sistema OperacionalAndroid
    Hardware
    EntradasMicroSD
    Memória RAM4 GB RAM
    Velocidade do Processador1.8 GHz
    Memória Interna64 GB
    NúcleosQuad-Core (4 Núcleos)
    ProcessadorQualcomm Snapdragon 820
    Características e Conectividade
    ProteçãoNanorrevestimento resistente a Respingos D'Água
    Internet4G
    RecursosNFC
    Dimensões
    Peso136 g
    Altura153,3 mm
    Profundidade5,1 mm
    Largura75,3 mm
    Bateria
    Bateria2600 mAh
    Por Colaborador em 21/12/2016
    O Moto Z já é um ótimo smartphone, mas ele ainda tem mais e isso recebe o nome de Moto Snaps.

    Os Moto Snaps são a cereja do bolo do Moto Z, que já é bom por si só. Ele vem com processador Snapdragon 820 e 64 GB de memória interna, além de ser extremamente fino e elegante.

    Prós
    • Muito espaço interno

    • Aparelho extremamente fino

    • Desempenho de sobra

    • Android limpo

    Contras
    • Câmera não é melhor do que de seus principais concorrentes

    • Bateria tem pouca autonomia

    • Sem entrada para fone de ouvido

    A Motorola trouxe o que há de melhor no Android para seu modelo topo de linha, o Moto Z. Ele vem com processador Snapdragon 820, é extremamente fino, conta com 64 GB de memória interna e ainda é compatível com vários Moto Snaps, que aumentam as capacidades do aparelho. Confira, nesta análise, se ele pode ser seu próximo smartphone topo de linha, ou não.

    A Motorola trouxe o que há de melhor no Android para seu modelo topo de linha, o Moto Z. Ele vem com processador Snapdragon 820, é extremamente fino, conta com 64 GB de memória interna e ainda é compatível com vários Moto Snaps, que aumentam as capacidades do aparelho. Confira, nesta análise, se ele pode ser seu próximo smartphone topo de linha, ou não.

    Acabamento e parte externa

    A Motorola colocou muita beleza neste modelo, principalmente por sua espessura extremamente fina. Seus números são de 15,3 centímetros de altura, por 7,5 centímetros de largura e apenas 0,5 centímetro de espessura. Tudo isso somado aos 136 gramas de peso total. Ele ocupa pouco espaço em um bolso mais apertado e marca pouco a calça. A pegada é confortável, mesmo para um smartphone tão grande.

    Na frente você encontra uma tela AMOLED de 5.5 polegadas, com resolução de 2560 x 1440 pixels, que preenche aproximadamente 72% da frente do aparelho e que exibe muito bem as cores e detalhes, mesmo em grandes ângulos e em locais mais ensolarados. Ainda por aqui você encontra a câmera frontal de 5 megapixels, sensor de luz, proximidade e um leitor de impressões digitais bastante veloz - que parece um botão, mas não é. Os botões de controle de volume e liga/desliga ficam de um lado, enquanto na parte inferior fica apenas uma entrada USB-C. O local onde vão os dois chips e a entrada para cartões microSD de até 256 GB, está localizado na parte de cima, junto do microfone secundário para isolamento de ruídos.

    A traseira é feita em metal e tem uma câmera muito saltada (problema que é solucionado ao utilizar a capa Style Shell, que já vem na caixa) e conta com 13 megapixels, mas que não tira fotos tão incríveis quanto o que você consegue com o Galaxy S7, por exemplo. Ainda por aqui estão os dois LED e os conectores que conversam com os Moto Snaps. A bateria está logo atrás e sofre muito com a escolha da Motorola em ter um smartphone extremamente fino: a autonomia é a menor de todos os concorrentes. Com 2.600mAh, o smartphone sofre para conseguir finalizar o dia com alguma energia.

    O teclado virtual tira bom proveito da tela, exibindo teclas bem espaçadas e que garantem uma digitação confortável, além de veloz.

    A Motorola colocou muita beleza neste modelo, principalmente por sua espessura extremamente fina. Seus números são de 15,3 centímetros de altura, por 7,5 centímetros de largura e apenas 0,5 centímetro de espessura. Tudo isso somado aos 136 gramas de peso total. Ele ocupa pouco espaço em um bolso mais apertado e marca pouco a calça. A pegada é confortável, mesmo para um smartphone tão grande.

    Na frente você encontra uma tela AMOLED de 5.5 polegadas, com resolução de 2560 x 1440 pixels, que preenche aproximadamente 72% da frente do aparelho e que exibe muito bem as cores e detalhes, mesmo em grandes ângulos e em locais mais ensolarados. Ainda por aqui você encontra a câmera frontal de 5 megapixels, sensor de luz, proximidade e um leitor de impressões digitais bastante veloz - que parece um botão, mas não é. Os botões de controle de volume e liga/desliga ficam de um lado, enquanto na parte inferior fica apenas uma entrada USB-C. O local onde vão os dois chips e a entrada para cartões microSD de até 256 GB, está localizado na parte de cima, junto do microfone secundário para isolamento de ruídos.

    A traseira é feita em metal e tem uma câmera muito saltada (problema que é solucionado ao utilizar a capa Style Shell, que já vem na caixa) e conta com 13 megapixels, mas que não tira fotos tão incríveis quanto o que você consegue com o Galaxy S7, por exemplo. Ainda por aqui estão os dois LED e os conectores que conversam com os Moto Snaps. A bateria está logo atrás e sofre muito com a escolha da Motorola em ter um smartphone extremamente fino: a autonomia é a menor de todos os concorrentes. Com 2.600mAh, o smartphone sofre para conseguir finalizar o dia com alguma energia.

    O teclado virtual tira bom proveito da tela, exibindo teclas bem espaçadas e que garantem uma digitação confortável, além de veloz.

    Desempenho e sistema operacional

    Por dentro você tem um Qualcomm MSM8996 Snapdragon 820, que roda quatro núcleos em até 2.15 GHz, acompanhado de 4 GB de memória RAM, 64 GB de espaço interno e uma GPU Adreno 530 - se você quiser, dá pra aumentar a memória interna com um microSD de até 256 GB, totalizando 320 GB de memória. É mais do que o suficiente para rodar qualquer aplicativo da Play Store, mesmo que com vários apps abertos no fundo. Em nossos testes, colocamos mais de dez apps abertos e o Moto Z não travou e nem demonstrou queda no desempenho. Para jogos o mesmo ocorreu, com ótima taxa de quadros por segundo para games como Asphalt Xtreme e Mortal Kombat X.

    O Android que a Motorola escolheu para rodar aqui está na versão 6.0.1 e há garantia de atualização para a versão 7, Nougat. Ele, assim como em outros modelos da Motorola, chega quase que limpo e apenas com algumas funções bem bacanas adicionadas. A lista inclui gestos para acionar a câmera e a lanterna, ou mesmo a adição de um assistente para transferir dados de um smartphone mais antigo para o Moto Z. Em apps pré-instalados temos o Google Chrome, YouTube, Google Play Música, Play Filmes, Gmail, Google Maps, buscador do Google e visualizador de arquivos do Office e PDF. Nativamente o Moto Z é compatível com MP3, AAC+, WAV e Flac para músicas, enquanto que para vídeos há suporte para AVI, MP4 e 3GP em H.264 e de alta definição.

    Na parte de comunicações, você conta com Wi-Fi nos padrões a, b, g, n e ac, com dual-band, Wi-Fi Direct e roteador, Bluetooth 4.1 com A2DP e LE, GPS com A-GPS, GLONASS e NFC. Para entender o mundo ao seu redor, o Moto Z trabalha com giroscópio, acelerômetro, leitor de impressões digitais, sensor de proximidade e bússola digital. O smartphone é compatível com qualquer operadora do Brasil em 3G e 4G.

    Por dentro você tem um Qualcomm MSM8996 Snapdragon 820, que roda quatro núcleos em até 2.15 GHz, acompanhado de 4 GB de memória RAM, 64 GB de espaço interno e uma GPU Adreno 530 - se você quiser, dá pra aumentar a memória interna com um microSD de até 256 GB, totalizando 320 GB de memória. É mais do que o suficiente para rodar qualquer aplicativo da Play Store, mesmo que com vários apps abertos no fundo. Em nossos testes, colocamos mais de dez apps abertos e o Moto Z não travou e nem demonstrou queda no desempenho. Para jogos o mesmo ocorreu, com ótima taxa de quadros por segundo para games como Asphalt Xtreme e Mortal Kombat X.

    O Android que a Motorola escolheu para rodar aqui está na versão 6.0.1 e há garantia de atualização para a versão 7, Nougat. Ele, assim como em outros modelos da Motorola, chega quase que limpo e apenas com algumas funções bem bacanas adicionadas. A lista inclui gestos para acionar a câmera e a lanterna, ou mesmo a adição de um assistente para transferir dados de um smartphone mais antigo para o Moto Z. Em apps pré-instalados temos o Google Chrome, YouTube, Google Play Música, Play Filmes, Gmail, Google Maps, buscador do Google e visualizador de arquivos do Office e PDF. Nativamente o Moto Z é compatível com MP3, AAC+, WAV e Flac para músicas, enquanto que para vídeos há suporte para AVI, MP4 e 3GP em H.264 e de alta definição.

    Na parte de comunicações, você conta com Wi-Fi nos padrões a, b, g, n e ac, com dual-band, Wi-Fi Direct e roteador, Bluetooth 4.1 com A2DP e LE, GPS com A-GPS, GLONASS e NFC. Para entender o mundo ao seu redor, o Moto Z trabalha com giroscópio, acelerômetro, leitor de impressões digitais, sensor de proximidade e bússola digital. O smartphone é compatível com qualquer operadora do Brasil em 3G e 4G.

    Acessórios e o que há na caixa

    A lista de acessórios compatíveis com o Moto Z é grande, incluindo capas protetoras, películas para o vidro, cabos sobressalentes e uma infinidade de periféricos que conversam com o smartphone via Bluetooth. Na caixa temos o smartphone, carregador de tomada, adaptador de USB-C para fone de ouvido, um fone de ouvido, cabo de dados USB-C, ferramenta de remoção da gaveta do chip da operadora, uma capa Style Shell, bumper para proteção lateral e manual de instruções.

    A Motorola oferece 12 meses de garantia.

    A lista de acessórios compatíveis com o Moto Z é grande, incluindo capas protetoras, películas para o vidro, cabos sobressalentes e uma infinidade de periféricos que conversam com o smartphone via Bluetooth. Na caixa temos o smartphone, carregador de tomada, adaptador de USB-C para fone de ouvido, um fone de ouvido, cabo de dados USB-C, ferramenta de remoção da gaveta do chip da operadora, uma capa Style Shell, bumper para proteção lateral e manual de instruções.

    A Motorola oferece 12 meses de garantia.

    Conclusão

    O Moto Z é, de fato, um smartphone incrível. Se você está em 2016 e quer o melhor do Android que a Motorola pode fazer, o Moto Z entrega justamente isso. O smartphone vem com muito espaço interno, é fino e ainda tem a capacidade de conversar com vários acessórios da linha Moto Snaps. Ele, assim como outros aparelhos da Motorola, vem com o Android bastante limpo e tem poder de fogo de sobra. Seu único ponto negativo é que a câmera fica um pouco atrás de seus principais concorrentes, como o Galaxy S7 Edge e o Xperia XZ.

    Matérias Relacionadas
    10/10 Recomendo este produto
    6/10 Não recomendo este produto
    2/10 Não recomendo este produto
    10/10 Recomendo este produto
    Verificado
    8/10 Recomendo este produto
    Avaliação Geral68%Recomendam a compra
    7/10Baseado em 22 avaliações
    Aspectos Positivos
    • Design
    • Display
    • Facilidade de Uso
    • Câmera
    • Funções e Características
    Aspectos Negativos
    • Custo-Benefício
    • Durabilidade
    • Duração da Bateria
    • Desempenho
    Enviar sua Avaliação