Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Review: SanDisk Extreme 500 é indicado para quem precisa transferir arquivos com rapidez

Com 240 GB de armazenamento, o dispositivo conta com uma boa taxa de transferências e medidas bem compactas

  • Por: João Henrique Furtado SilvaJoão Henrique Furtado Silva17/08/2017
  • 17/08/2017

O SSD é um personagem sempre bem-vindo quando o assunto é alto desempenho em computadores, certo? No mercado atual, eles são notáveis pela alta velocidade nas transferência de arquivos e, em alguns casos, são utilizados como uma forma de aumentar o desempenho do sistema operacional. Agora, um SSD também seria bem interessante para levar arquivos por aí e manter a boa performance, correto? Pensando nisso, a SanDisk traz ao mercado brasileiro o Extreme 500, um SSD de 240 GB com características portáteis. Confira mais detalhes a seguir.

Acabamento

Quando nós falamos de uma unidade de armazenamento externa, o fato de ela ser compacta é um dos pontos principais, certo? Afinal, ninguém quer andar por aí com um dispositivo enorme ocupando espaço na mochila. Pensando nisso, o SanDisk Extreme 500 é, de fato, um produto bastante compacto para o dia a dia. Ele mede pouco menos de 8 cm nas laterais e sua espessura é de apenas 1 centímetro. Quanto ao peso, ele possui 78,9 gramas. Nós até podemos dizer que ele se parece bastante com um chaveiro grande.

Em termos de design, ele é perfeito para quem gosta de aparelhos discretos. O dispositivo não chega a ser totalmente minimalista, já que conta com uma leve textura em sua superfície e também com bordas levemente curvadas. Mas, em sua totalidade, ele nem de longe possui uma estética chamativa. A ideia aqui é prezar pelo design compacto e prático para quem precisa carregá-lo no dia a dia. E isso a SanDisk idealizou com maestria.

Considerações

Bom, nós ressaltamos no começo do texto o fato de que ele se parece com um chaveiro grande, certo? E, de certa forma, você realmente pode carregá-lo por aí como tal. Isso porque o aparelho conta com um pequeno espaço em sua lateral para pendurar um cordão e, dessa forma, utilizá-lo como um chaveiro.

Ainda nas laterais, encontramos também a entrada USB 3.0 do aparelho. O cabo já vem incluso na caixa do aparelho - como é esperado -, mas aqui temos que ressaltar seu comprimento. Ele não é muito grande e, dependendo do computador ao qual você irá conectar o SSD, é possível que o dispositivo fique pendurado.

Um outro ponto pensado por nós fica por conta do transporte do dispositivo no dia a dia. Como dissemos, ele possui uma entrada para encaixar um cordão ou algo do tipo e utilizá-lo como chaveiro, certo? O problema é que, dessa forma, você também terá que se preocupar em carregar seu cabo USB separadamente. Afinal, seria bem desconfortável andar por aí com um fio pendurado no SSD da SanDisk. Se ele contasse com um cabo USB retrátil, por exemplo, esse ponto poderia ser resolvido. Isso não chega a ser um ponto positivo, mas é algo que poderia ter sido melhorado.

Velocidade de gravação e leitura

O nosso teste em relação à velocidade de gravação e leitura foi baseado no uso prático do aparelho. A grande vantagem de se ter um SSD portátil é que o desempenho em trabalhar com os arquivos inseridos nele é muito positivo. No nosso caso, utilizamos o dispositivo para editar alguns vídeos que estavam salvos na sua memória. O software conseguiu rodar tudo com boa fluidez e a velocidade do desempenho foi ótima. Ou seja, mesmo trabalhando com os vídeos diretamente inseridos no SSD, não houve perda de desempenho na edição.

Além disso, a grande vantagem de um SSD em relação aos HDs externos convencionais é a sua capacidade de transferir arquivos com alta taxa de velocidade. Isso acaba variando um pouco de computador para computador, o que realmente foi visto na prática em nossa redação. Mas, o que podemos dizer, é que o SSD da SanDisk ultrapassa os 50 MB por segundo com facilidade.

Conclusão

Em outras palavras, a análise é direta: se você possuir arquivos muito pesados para serem transferidos de um computador para outro, a opção por um SSD acaba sendo bastante interessante. Além de uma alta velocidade de transferência do dispositivo para o computador, você também terá um bom desempenho para trabalhar com os arquivos inseridos diretamente nele. Ou seja, um cenário bastante interessante para quem trabalha com vídeos, por exemplo.

Outro ponto positivo é o fato de ele ser um SSD realmente bastante portátil. Todo esse ótimo desempenho, portanto, vem acompanhado de um grande aliado, que é a possibilidade de levá-lo no dia a dia sem ocupar grande espaço na mochila ou na bolsa.

Veja os preços

Sandisk Extreme 500 240 GB

  • Conexões: USB 3.0
  • Plug e Play: Sim
  • Compatível com MAC: Sim

Novos a partir de:

R$ Consulte
  • #SanDisk
  • #SSD externo