Buscapé
BuscapéNosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Procurando cafeteira? Veja qual é o melhor modelo para você

Preparamos um guia prático para você encontrar a cafeteira ideal

  • Por: da Redação Buscapéda Redação Buscapé02/12/2016
  • 02/12/2016

O café é uma bebida indispensável no dia a dia dos brasileiros, desde a manhã até o fim do dia. Existem cafés para todos os gostos: fracos, fortes, suaves, cremosos, etc., mostrando que não há jeito certo ou errado para se consumir a bebida. E também existem diversas maneiras de prepará-lo em vários modelos de cafeteiras diferentes. Para escolher a melhor para você, é preciso conhecer os modelos e entender melhor suas diferenças. Confira:

Cápsulas e sachês

A principal vantagem dessas cafeteiras é que elas não se limitam a apenas um tipo de café. Nelas a água aquece e dobra de volume, fazendo uma troca de pressão que passa lentamente para o compartimento onde está o sachê ou a cápsula, liberando a bebida direto na xícara. No café em sachê, os grãos são moídos e acondicionados em filtros de papel, pesando aproximadamente 7 gramas. Já no café em cápsulas, o conteúdo varia de 5 e 8 gramas em recipientes de plástico ou alumínio, podendo ter um preço mais alto, pois são utilizadas apenas em máquinas específicas, diferentemente dos sachês.

Cafeteira de coador

Especialistas acreditam que a cafeteira de coador é uma das formas mais tradicionais de preparar a bebida. O processo é simples, tanto com o coador de pano, que deve ser lavado apenas com água e mantido seco até o uso, pois caso esteja úmido pode dificultar a passagem do café, quanto com o filtro de papel, que deve sempre se adequar ao tamanho do porta-filtro. O preparo do café nos dois coadores é o mesmo: coloque o pó uniformemente dentro do filtro ou coador, sem apertá-lo, e adicione a água assim que ela começar a soltar bolhas - antes de levantar fervura -lentamente sobre o pó de café.

O café coado é menos denso e mais suave em comparação ao expresso, pois mantém contato com a água por mais tempo. Você também pode utilizar as cafeteiras elétricas, que fazem todo o processo sozinhas, tornando o preparo ainda mais prático.

Cafeteira expresso

As cafeteiras expresso são muito encontradas nas cafeterias, pois fazem um copo de cada vez, tendo café quente preparado na hora. Elas funcionam com o grão moído colocado em um cachimbo, que é compactado a um equipamento próprio, exercendo uma altíssima pressão sobre o pó. Em seguida, a água aquecida a 90C passa pelo café lentamente, levando poucos segundos para chegar até a xícara. Especialistas explicam que, no preparo do expresso, não pode haver excessos: se o café cair muito rapidamente, ficará grosso e com um sabor ruim; se demorar mais de quatro segundos, ficará queimado e superextraído. Nesses cafés, o nível de cafeína é baixo, deixando-os mais intensos e encorpados.

Os modelos dessas cafeteiras são maiores, mais caros e complexos. Elas são encontradas no mercado divididas por categorias: expresso manual, expresso semiautomática e expresso superautomática. A diferença entre elas está na quantidade de trabalho que você terá para fazer seu café e na qualidade do aroma e sabor.

Veja os preços

Oster Primalatte 6601 Expresso

  • Reservatório de Água: 1500 ml
  • Capacidade de Xícaras: 1
  • Pastilha / Sachê: Sim

Novos a partir de:

R$ Consulte

Cafeteira italiana

Considerada uma das melhores e mais populares opções para se fazer café, essa cafeteira funciona como uma panela de pressão. A água fica em um compartimento embaixo e o café de moagem grossa - se o grão estiver muito fino, pode entupir a cafeteira e causar explosão - no meio. Quando colocada no fogo, a água ferve e a pressão faz com que ela suba até o compartimento principal, passando diretamente pelo pó de café. O resultado é um café consistente, semelhante ao expresso.

Cafeteira francesa

Conhecida também como French Pess ou Prensa Francesa, essa cafeteira faz um café saboroso e com cheiro forte e característico da bebida bem-feita. O processo não é simples, mas não há necessidade de tanta atenção como com a cafeteira italiana. Você deve esquentar a cafeteira utilizando água quente, em seguida retirar a água e forrar o recipiente com café de moagem grossa, depois colocar água quente e em 3 minutos empurrar o êmbolo que pressiona o café por um filtro, retirando apenas o líquido suave e com alta concentração de cafeína. É importante que a cafeteira não esfrie depois da retirada da água quente, para que não haja choque térmico.

  • #tipos de cafeteiras

Mat�rias Relacionadas