Buscapé

Nosso sistema detectou que você está usando um navegador desatualizado

Para uma melhor experiência usando o Buscapé, aconselhamos que atualize o seu navegador para a versão mais recente.
Agradecemos desde já sua compreensão.

Smartphone Motorola Razr D3 XT920info

  • Chips: Dual Chip
  • Câmera Traseira: 8.0 Megapixels
  • Tamanho da Tela: 4.0 polegadas
  • Nota: 9/10 Baseado em 653 avaliações
Adicione à lista
    Me avise quando o preço cair

    Razr D3 é mais um acerto da Motorola no mercado brasileiro

    Smartphone intermediário tem ótimo conjunto, sendo uma boa alternativa para quem não quer investir alto num aparelho de ponta.

    por em 9/6/2013

    Prós:

    • - Ótima relação entre custo e benefício; - Boas câmeras para um modelo intermediário; - Bom desempenho em sua categoria; - Bateria suporta um dia inteiro de uso contínuo; - É dual-chip quadriband;

    Contras:

    • - Som do alto-falante e do fone decepcionam; - Não permite armazenamento de apps na memória externa.
    Se você possui um smartphone simples e deseja dar um upgrade, sem gastar muito por isso, conheça o Razr D3. Ele é um modelo intermediário com ótimo desempenho e muitos recursos, e vem com a última versão do Android, boas câmeras e tela diferenciada na categoria. Mas seu som fica aquém do esperado, por isso veja tudo sobre o modelo em nossa análise antes de comprar o seu.

    Não surpreende, mas não decepciona

    O D3 não traz acabamento diferenciado como os Razr da linha "i". Em vez do alumínio e tampa traseira em Kevlar, ele é todo feito em plástico preto, sem rebarbas ou partes mal encaixadas. A parte traseira é fixa (não é possível remover a tampa e a bateria) e vem com aquela textura característica da linha Razr, que ajuda aumentando o atrito e evita eventuais quedas. Seu desenho é simples, todo quadrado com pequenas curvas nas extremidades, e ele mantém os parafusos aparentes nas laterais. No geral, o D3 é robusto, e não quebrará com facilidade. Ainda proporciona ótima pegada e traz dimensões enxutas, com 6 cm de largura, 11,9 cm de altura e 1 cm de espessura, pesando 120 gramas. O modelo traz as entradas para os cartões SIM (ele é dual chip, do tipo normal) e micro SD na lateral esquerda, que são protegidos por uma tampa. Ainda nessa lateral está sua entrada micro USB. Na lateral direita ficam os botões físicos para controle de volume e o liga/desliga. Acima está o conector P2 para fone de ouvido, e a saída de som frontal fica abaixo do logo da Motorola. Ao seu lado estão o sensor de luz ambiente, a Luz LED de aviso e a câmera frontal. Em toda a extensão frontal não há mais nenhum botão físico, e assim as funções Home, Voltar e Multitarefas fica a cargo do Android na tela do aparelho. E falando no display, o D3 traz tela de 4 polegadas multitoque TFT, com resolução de 480 x pixels (densidade de 233 PPI) e que conta com tratamento contra riscos. Se tratando de um modelo intermediário, o smartphone possui uma boa tela, que é bastante sensível ao toque e proporciona boa visualização a conteúdos diversos como vídeos e fotos, e também textos. A transição das páginas e o toque são bastante suaves, e com tamanho de 4 polegadas a digitação no teclado virtual QWERTY é bem tranquila, já que as teclas ficam espaçadas. Ele possui boa taxa de brilho e contraste razoável, sendo possível ver qualquer conteúdo mesmo sob luz intensa.

    Rápido e conta com muitos recursos

    O Razr D3 tem um conjunto de hardware muito bom para um modelo intermediário. Ele traz processador ARM Cortex-A9 dual-core de 1,2GHz, 1GB de RAM DDR2 e GPU PowerVR SGX531. Assim, seu desempenho para multitarefa é ótimo, permitindo abrir 10 aplicativos ou mais sem engasgar, e roda grande parte dos jogos pesados e apps sem esforço. A memória interna de apenas 4GB desagrada, sendo possível expandir sua capacidade a até 32GB via cartão. Mas, fique atento, pois não é possível (de maneira simples e sem quebrar a cabeça) mover aplicativos para a memória externa. O smartphone vem de fábrica com o Android 4.1.2 (Jelly Bean), e já está pronto para a próxima atualização do sistema. Assim como todos os aparelhos da linha Razr, ele vem com uma leve customização apenas, e traz algumas configurações pré-programadas se o usuário desejar mudar seu aparelho. Ele traz poucos apps instalados e o que estranhamos foi a falta de um player de mídia vir junto - nada que não possa ser sanado com um download na Play Store, claro. Já falamos anteriormente que o D3 é dual SIM, e aceita cartões do tipo normal (vem com uma chavinha plástica para auxiliar o processo de instalação) e possui configuração bem fácil e prática para controlar os dois cartões. E por ser quadriband, funciona com qualquer operadora nacional. Em recursos, o aparelho disponibiliza conexão Wi-Fi (com direct), 3G, Bluetooth 4.0 e NFC (que permite, de maneira simples, a troca de dados e conexão entre dispositivos próximos compatíveis), além de GPS (seu AGPS é rápido e tem ótima resposta). Além destes, conta também com os já convencionais recursos de bússola, acelerômetro e proximidade. A câmera traseira do D3 tem 8MP e resolução de 3264 x 2488 pixels, conta com flash de LED, autofoco e detector de face, e zoom digital de 4x. Não é nenhuma maravilha, mas faz boas fotos caseiras e proporciona imagens com baixa taxa de granulados, com cores vivas. Ela grava vídeos em HD (1280 x 720 pixels) a 30 quadros por segundo. Sua câmera frontal tem 1,2MP e resolução de 1280 x 960 pixels, dando conta de videochamadas com boa qualidade. O ponto fraco é seu alto-falante traseiro e sua captação de áudio, que ficaram aquém do esperado. O som é abafado e o áudio captado nos vídeos fica distorcido. A reprodução do conteúdo multimídia segue a mesma da linha Razr, suportando vídeos nos formatos MP4, H.264, H.263 e WMV, e áudio em MP3, WAV, WMA e AAC+.

    Bateria, acessórios e caixa

    A Motorola deu uma caprichada na bateria do D3, incorporando uma de 2000 mAh. Em nossos testes, o aparelho foi capaz de rodar vídeos, executar programas e jogos, e ficar conectado à internet via Wi-Fi por 10 horas seguidas, e ainda restou 15% de bateria. Para conversação o modelo suporta 7 horas. Ele se conecta ao computador via USB para troca de arquivos. Ao comprar o Razr D3 XT920, na caixa estará o aparelho com bateria, carregador bivolt, cabo USB, 1 fone de ouvido, manual do usuário, uma chave de plástico para inserção dos cartões SIM, e certificado de garantia de 1 ano. O proprietário pode adquirir separadamente um case ou capa para proteção, película de tela e outros acessórios, como fone de ouvido, headset e etc.

    Conclusão

    Apesar do D3 ter acabamento simples, todo plástico, ele não é um smartphone fraquinho que se quebrará num simples queda. Além disso, vem com tela resistente a riscos, com bom tamanho, bastante sensível e que proporciona visualização agradável. Sua câmera traseira faz boas fotos e vídeos, assim como a dianteira, que proporciona videoconferências com qualidade. Ele tem ótimo desempenho para um aparelho intermediário graças ao processador competente e boa quantidade de memória RAM. O ponto fraco deste Razr é seu áudio: o alto-falante traseiro tem som abafado, assim como o fone de ouvido. Sua captação também deixa a desejar. Entretanto, seu custo é bastante atraente e ele excede as expectativas de um smartphone em sua categoria, sendo uma excelente escolha para quem deseja um aparelho competente e não quer gastar muito por isso.

    Avaliações dos Consumidores ( 653 )

    Samuel Morais
    deu a nota:
         2 de 10
    Não recomendo este produto

    Péssimo SmartPhone

    O telefone é péssimo, reinicia sozinho constantemente, esquenta muito, não vale a pena, com certeza encontra-se outros aparelhos do mesmo preço com mais recursos e mais estável.

    Positivo5Negativo1
    RAIMUNDO NONATO DE REZENDE
    deu a nota:
         1 de 10
    Não recomendo este produto

    De todos aparelhos que eu já tive, esse foi o pior

    Péssimo produto, trava o tempo todo, tenho que desligar várias vezes para fazer uma ligação simples, além de travar muito, bateria super ruim não dura nada e demora muito para carregar, não compraria de novo esse celular, a unica coisa que eu gostei de verdade foi a câmera, realmente para um celular nesse preço ela é boa, mas o resto fraco demais...

    Positivo3Negativo1
    Alberto
    deu a nota:
         3 de 10
    Não recomendo este produto

    Motorola promete atualização e não atualiza!

    Há pouco menos de 1 ano comprei dois aparelhos desbloqueados, um pra mim e outro para minha esposa. Atualmente nenhum dos dois está mais em uso...
    O da minha esposa, depois de ter que fazer um reset de fábrica ficou inutilizado pois não reconhecia mais os cartões SIM e o SAC da Motorola foi incapaz de auxiliar.
    O meu apesar de continuar funcionando até agora não recebeu a prometida atualização da Motorola para o Android mais recente (Kit Kat). Estão enrolando e depois de não sair no 1º semestre agora prometem para "ainda este ano"...
    Pensem duas vezes antes de comprar este aparelho.

    Positivo1Negativo1
    moacir
    deu a nota:
         1 de 10
    Não recomendo este produto

    Uma ***

    celular com 2 meses de uso ja deu problema no alto falante, mandei para assistência volto travando o touch, quando ia digitar ele trava na letra "u" e nao deixava escrever!

    Positivo1Negativo1
    e-bit
    deu a nota:
         3 de 10
    Não recomendo este produto
    Comprador verificado

    Teclado digital minúsculo; manual confuso.

    Não recomendo pelas razões expostas

    Positivo3Negativo0

    Histórico de Preço

    R$

    Bom momento para comprar

    Preço AtualR$
    Histórico registrado:30 dias
    Menor preço registrado:R$
    Menor preço hoje:R$